Lésbicas Assediadoras

Eu estou indignada. Eu estou muito indignada. Aparentemente há uma orda de lésbicas sedentas atacando transeuntes heteros nas ruas.

As lésbicas estão atacando! As lésbicas estão atacando!

Hoje minha mãe veio me contar uma história no mínimo curiosa.

Minha madrinha, que é tia da minha mãe, estava andando inocentemente pelas ruas quando uma mulher a parou dizendo que gostaria de conversar. Minha madrinha estranhou, mas deixou a mulher falar:

Mulher-suspeita: O seu cabelo é permanente ou natural?

Madrinha: Natural.

Mulher-suspeita: Você só se relaciona com homens ou com mulheres também?

Seria legal eu poder dizer que minha madrinha respondeu “eu sou bi, gata” e foi com a mulher-suspeita, que provavelmente tinha alergia a permanente, para um motel logo em seguida, mas a realidade é um pouco diferente do que eu consideraria ideal.

Minha mãe sabe que eu sou lésbica, o que tornou essa conversa um pouco constrangedora para mim. Ela estava querendo insinuar alguma coisa me contando isso? Especulando se eu paro estranhas na rua com toda a minha promíscuidade lésbica natural?

Mas de início eu não acreditei muito na história da forma que ela foi contada.

“Ah, claro, mãe. Lésbicas ficam abordando mulheres nas ruas.”

Mãe: “Mas é verdade! Já aconteceu comigo também.”

Eu: “Como assim?”

Mãe: “Um dia eu estava na rua e uma mulher me parou para conversar. Eu até achei que fosse uma assaltante, mas a próxima coisa que ela disse é que me achou muito bonita.”

Nessas horas eu já estava com todo o caminho mentalmente traçado para desviar de mamis e chegar sã e salva no meu forte quarto.

Mãe: “Uma mulher esquisita…”

Eu: “Bonita pelo menos?” (maldita curiosidade…)

Mãe com tom meio-deboche-meio-chocada: “Por quê? O que você faria?”

Eu: “Depende do quão bonita ela seja. Nada.”

Depois que eu consegui escapar da minha mãe eu tive tempo para pensar no caso e ficar completamente indignada.

Lésbicas dando em cima de mulheres assim na rua? Onde já se viu? Isso só prejudica nosssa imagem perante a sociedade. Se uma lésbica dá em cima de uma mulher assim, essa mulher vai achar que todas as lésbicas são promíscuas. Blablabla visibilidade blablabla.

Nunca uma lésbica me assediou na rua!

Que absurdo! Qual o problema com essas lésbicas assediadoras? Minha madrinha foi assediada, minha mãe foi e eu não fui? Eu que sou a ovelha colorida da família? É para ficar revoltada! É para sair chutando tudo, queimando ônibus e jogando lixo reciclável em lixeira de orgânico.

Então eu comecei a pensar em hipóteses que explicassem por que uma lésbica nunca deu em cima de mim na rua mesmo com milhares de heteros sendo assediadas diariamente:

1- Eu quase nunca estou na rua.

1- Gaydar absurdamente ruim das assediadoras. Não basta estar errado, ele precisa estar completamente invertido: só apita para heterossexuais.

Quando eu contei a história da minha madrinha para uma amiga lésbica de outra cidade choramingando por ser excluída, ela me fez o favor de contar que na última semana ela foi assediada 4 vezes por 4 mulheres diferentes na rua. Ah, sim, obrigada pela informação!

Então, a não ser que o problema de gaydar seja com assediadoras da minha região, essa hipótese está descartada. Sobra só mais uma:

2- Essas ditas assediadoras na verdade são evangélicas radicais disfarçadas de lésbicas que estão tentando criar uma má imagem dando em cima de heteros por aí. Como elas têm medo que uma mulher dê corda para o flerte, elas não abordam lésbicas. Tudo se encaixa!

“Bom dia,senhora. Sou lésbica e gostaria de dizer que a senhora é muito gostosa. E meu amigo gay gostaria de ter uma palavrinha com o seu marido.”

Então vocês já sabem: quando suas conhecidas heteros vierem com alguma história sobre fanchas as assediando nas ruas, faça um favor para a boa reputação lésbica e esclareça para elas que são evangélicas radicais disfarçadas.

E se você for uma lésbica assediadora de verdade, faça o favor de assediar as pessoas certas!

E se você é a lésbica que deu em cima da minha mãe, é melhor você desparecer da face da Terra antes que eu te encontre. Brincadeirinha… Mais ou menos.


FacebookGrupo do Flexões no FaceTwitterInstagram


Lista de Posts do Blog

Obrigada por compartilhar e comentar! É o que me incentiva a continuar postando =)
error

40 respostas para “Lésbicas Assediadoras”

  1. AHAHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHHA…
    Tu ta é com dor d cotoveloooo rsrsrs
    Continua escrevendo, dindinha
    Ai d ti se parar..

  2. Qr q a mulherada te pare na rua é Dona Jac?
    Avisa pra lesbicas assediadora q deu em cima da sua mae que vc parece com ela…
    Parece???
    rsrsrs
    Otimo post…

  3. HAUHAUHAUHAUAHUAHUAH
    Acho que nao eh soh na sua regiao nao pq eu tambem nunca fui assediada aqui ç.ç
    tem dias que ateh pulseirinha colorida eu uso e nao da em nada hauhauhauhau
    Obrigada por me informar sobre isso! se por acaso alguma mulher vier me abordando na rua eu jah estou preparada 😛
    Adoro seu blog ;D

    Beeijo :*

  4. Gente ri muito, aqui sozinha, eu e meu micro. Ha!ha! Aqui na minha cidade as lésbicas são acanhadas, reservadas, nenhuma se aventura!! Na verdade fico aqui, cá com meu botões, imaginando e desejando, se uma prostituta lésbica , tipo CHLOE, me assediasse na rua, me abordasse e ficasse assim meio atração fatal, tipo assim “O PREÇO DA TRAIÇÃO”, ai com eu queria!! Mas tinha que ser tipo assim Amanda Seyfried. Bem acho que estou viajando na maionese e, maionese não é bom pro colesterol!

  5. peraí isso é uma confusão danada mamãe essa foi boa
    bom ser eu sou homem mas se um gay vier me assediar deog pra ele assim Ò ei mas galera ses vc tão pensando que eu sou gay n pensem isson ta legal masi se vier um gay me assedirar eu digo assim ò:ei sr.gay se os enhor que me assediar eu pergunto que cai fora meu mas se seu pênis for grande eu aceito ashuashuashuashu hehe ei galera essa foi boa nou n foi se alguem gostar me fale que eu invento outra ok

  6. Nossa!! Ri muito! Na minha época de hetero-curiosa fui muito assediada!! Hoje, que estou namorando, eu tambem sou muito assediada!! (Não corte os pulsos, tah? rsrsrs) Mas isso acontece mesmo!! A última vez foi na faculdade, estava pegando uma materia chata em outra turma quando uma menina parou na minha frente e começou a conversar e falou tantas coisas que eu fiquei desconcertada a sala inteira percebeu! E eu pensando que eu disfarçava… rsrs

  7. Cara, muito engraçadooooo!!!! Morri de rir!!!! kkkkkk Descobri seu blog há uns dias, ia permanecer anônima, mas não tem como… Te achei por causa do “The Real L Word”.

  8. chorei !!!! vdd essa coisa de lesbicas assediarem as heteros…minha prima e minha tia vivem sendo assediadas…pela depiladora,pela cabeleireira,por algumas vendedorasss e eu nada…
    Acho que as assediadoras querem pegar as mais velhas 🙂 safadinhas….buáááá nunca me assediaram……
    bjaum jack muito bom 🙂
    quantos anos vc tem?(curiosidade só…depende….talvez eu seja uma lesbika assediadora..;) bjus

      1. opaa se existe hahaha…a depiladora da minha prima vive assediando ela ..ai a minha tia foi nela tbmm pra ver se ela gostava da minha prima…ela deu em cima da minha tia tbm!!!
        bom quando for pra sp vou me depilar nela 🙂

  9. Gente, o legal de você ir numa depiladora lésbia é que de repente depois da dor pode vir o prazer… depende da criatividade dela, ok?

  10. Ah eu assedio na rua se preciso sim, tem uma garota hétero que eu toh afim e não me da bola e eu nem tenha que pro ela contra a parede e beijar(beijar é onde?) a força eu pego essa mulher! O pior é que ela é do tipo intelectual sabe? Mas eu nem quero saber meu cérebro fica em outro lugar nessas horas

  11. kkkkkkkkkk ri muitooo
    E não são só as lésbicas da sua região não… aqui é a mesma coisa ¬¬’ uhauhahuauh

      1. Depende, costumamos responder rápido, mas caso eu e a Jac tenhamos muito trabalho durante a semana, nos finais de semana tamos aqui. Pode perguntar.

  12. As lésbicas só me assediam quando eu tô na rua com minha mãe. Assediam descarado. Direto, vendedora de loja de roupa, médica, cobradora, gerente de banco…Agora eu sozinha, só homem me canta. Comolidar?

  13. hahahaha perfeito esse post.

    Poxa vida! não to me sentindo mais só no mundo! to encontrando várias situações que eu me identifico. Obrigada por existir e escrever esse blog JAC!

    PS: NUNNCAA nenhuma lésbica deu em cima de mim na rua. Sou extremamente frustrada com isso.

  14. Ja fui assediada sim. Em uma loja de roupas, pela vendedora.Loja de shopping! Abriu o provador 3 minutos depois que entrei…eu ja tava de calcinha e ele disse que tava lá pra me ajudar.Me secou.Quase babando. Ela até que valia a pena…mas eu sou fiel..kkkkkkkk

  15. Na rua eu nao vi.
    Mas já vi na faculdade, no trabalho e no esporte.
    Alguns assédio bem discretos. Outros muito invasivos.
    Pra mim pouco importa se vc é hetero L, G, B, T, Y, Z…
    Trato todas as pessoas com muito respeito.
    Só não respeito a hipocrisia e, por conssequência, os hipócritas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *