Homossexual: nascença ou escolha? – Parte 2

Já sabemos que homossexualidade não é escolha, então o que é?


Nós nascemos assim?

A maioria das pessoas não homofóbicas afirma que homossexuais nasceram assim. Mas eu, mesmo sem ter lá grandes conhecimentos científicos, acredito que essa tese é furada.

Primeiramente isso implicaria em afirmar que ser homossexual é algo genético. Bem, não sei vocês, mas meus pais, avós e bisavós são heterossexuais. Claro que muito mais por imposição social de anos atrás do que por livre escolha.

Supondo que o “gene homossexual” seja recessivo (eu não acredito que eu estou falando isso) sua mãe e seu pai obrigatoriamente seriam “meio gays”. Aliás, todos seus acendentes  seriam “meio gays” e você só teve a sorte de nascer de um “meio gay” com uma “meio lésbica” e dar uma lésbica completa.

Não faz muito sentido para mim definir a sexualidade de uma pessoa que nem consegue pronunciar a palavra sexualidade.

Bullshit. Apostaria R$1,23 que os homossexuais que falam “eu nasci gay/lésbica” estão querendo na verdade dizer “eu não sei por que eu sou gay/lésbica, mas não foi uma escolha”.

Mas o pior dessa teoria não é culpar seus antepassados por você ser gay. É você dar a impressão que ser homossexual é quase como nascer com uma doença.

"Opa meu neném parece ser hetero, ufa!"

Esse negócio de “eu nasci gay” dá a impressão que nós homossexuais somos um grupo fechado que sempre soube ou sentia que era gay. Como se não existisse pessoas que se descobriram gays/lésbicas depois de um casamento hetero com filhos. Como se não existisse ex-lésbicas, ex-gays (ok, esse é um assunto bem polêmico que merece um post próprio). Como se não existisse bissexuais.

Se você se considera hetero agora, pronto. Você nunca na sua vida vai se descobrir outra coisa. Você nasceu assim, cresceu assim, é mesmo assim, vai ser sempre assim Gabrieeela
e ponto.

"Deol$, obrigada por nao me fazer nascer homossexual nem asmática."

Uma outra questão que eu sinto que está totalmente mascarada em estudos biológicos sobre a homossexualidade é o objetivo de no futuro nós evitarmos filhos gays. Olha só! Podemos usar técnicas de reprodução seletiva para assegurar que homossexuais sejam extinguidos da face da Terra! Eugenia, oi?

Se bobear os políticos homofóbicos podem até tirar investimentos de pesquisas genéticas para repassar para pesquisas sobre a origem da homossexualidade.

"Para que investir na prevenção e punição da homofobia se nós podemos usar os recursos para descobrir as causas dessa doença e evitá-la?"

Ok, vocês devem estar achando que essa é minha tese de Doutorado na Teoria da Conspiração, mas vejam bem, por que a sociedade se empenha em descobrir as causas da homossexualidade? Quando pessoas fazem pesquisas elas não tem por objetivo a simples descoberta, elas querem aplicar essas descoberta em algo prático no futuro. É por isso que até hoje eu nunca vi uma pesquisa explicando o impacto do ciclo de ovulação de uma stripper sobre as gorjetas que ela recebe. (Ops!)

Para que serve uma pesquisa para se descobrir a causa de algum evento que não seja reproduzir ou evitar esse evento?

E mais uma questão interessante:

Outras teorias?

Devem existir outras teorias por aí para explicar as causas da homossexualidade. Por exemplo, o famoso cientista Evo Morales afirma que transgênicos e frangos com hormônio aumentaram o número de gays no mundo.  Faz muito sentido, afinal não existem gays/lésbicas vegetarianos e nenhum hetero come frango.

Ou então pesquisas que associam a presença de mercúrio com a homossexualidade de aves. Indiretamente estão dizendo que pessoas gays são gays pelo excesso de poluentes e toxinas encontradas no nosso meio. Por que obviamente gays só compram alimentos de supermercados gays e só tomam água vindo de fontes comprovadamente gays.

"Querido, você colocou na lista 3 latas de ervilhas gays e 4 macarrões lésbicos?"

Mas obviamente eu tenho minha própria teoria (como sempre), a estonteante…

Eu gosto de comparar gostar de um homem ou de uma mulher com gostar de uma cor ou outra. No exemplo, azul e amarelo.

– Existe explicação para uma pessoa gostar mais de amarelo do que azul? Não.

– Uma pessoa já nasce gostando de amarelo? Não sabemos.

-Uma pessoa gosta de amarelo devido a influências na sua infância (como sua mãe enfeitar o seu quarto de bebê todo de amarelo)? Não sabemos.

-Uma pessoa escolhe gostar de amarelo ou de azul? Não, ela simplesmente gosta.

-É realmente importante saber por que umas pessoas gostam de amarelo e outras de azul? Não.

-Uma pessoa pode se vestir só de azul apesar de gostar de amarelo? Sim.  (Uma pessoa pode viver uma vida hetero infeliz, mesmo sendo gay).

-Uma pessoa pode gostar tanto de amarelo quanto azul? Sim.

-Uma pessoa que goste de azul tem direito a espancar uma que goste de amarelo? Não.

Viu, simples assim.

Ps. O Gonçalo me deu uma ótima idéia aqui nos comentários. Vou fazer um post sobre fatos que indicavam sua homossexualidade na infância. Madem e-mail para flexoeslesbicas@gmail.com contando causos da sua infância – de preferencia com fotos para ilustrar. Não precisa se identificar com nome e tal =) (*me sentindo a Marcia Goldshimit pedindo histórias*)

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Identidade, Reflexões e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

30 respostas para Homossexual: nascença ou escolha? – Parte 2

  1. Gonçalo Cholant disse:

    leio teu blog com uma certa frequencia e acho interessante o modo que pões as coisas. dá uma olhada nesse blog aqui http://borngaybornthisway.blogspot.com/ onde pessoas enviam suas histórias de infancia onde já conseguiam sentir que nao eram parte da maioria hetero que as cercava. acho q combina com a tematica do post.

    🙂

    • Jac disse:

      Eu super quero fazer um post do tipo “sinais na infância de que eu era lésbica” hahahahaha Sim, eu tenho minhas histórias (com provas) xD

      Aliás, gostei da idéia. Façam assim, mandem histórias (com fotos de preferencia) que aí eu agilizo e faço um post =) Mas me mandem mesmo!

      (vou colocar um PS neste post)

  2. Gabriela disse:

    Hm. Achei bem interessante essa história das cores. Próxima vez que entrar no assunto com a minha mãe, vou argumentar com essa tua teoria tbm, baby =DD
    E vou pedir pra minha irmã localizar uma foto aih então… HAHAHA
    Beijooo ^_^

  3. Elis disse:

    Mas vc vai postar alguma das fotos que lhe mandarem ou é só pra inspirar o post mesmo?

    • Jac disse:

      Ó, eu tava pensando em usar as fotos para ilustrar o post. Por ser de criança e tal não identifica muito, mas ó, se não quiser que eu poste eu não posto. Se quiser eu uso pseudonimos tbm.

      Não quero “expor” ninguém – só vou postar o que a pessoa quiser =)

      • Elis disse:

        Então, por mim tudo bem.
        É que poderia ter algumas que não quisessem e tal.
        Mas acho que elas avisam no email neh =D

  4. >=P disse:

    Adorei a teoria. E como uma pessoa que gosta tanto do azul qnto do amarelo, sofro com as cabeças estreitas, tanto azuis, qnto amarelas, q nao sabem aceitar SEM PRECONCEITO (como costumam exigir) e rotulam logo de fase, ou mal resolvida, enrustida… E variáveis. Viva o arco-íris. ;D

  5. Bel disse:

    Adorei a teoria das cores migá… E pelo q vi na da brecha pra discussões!

    Qdo minha avó pergunta, vou flar: “Vó, eu gosto de mulher, como gosto de vermelho”.

    xD

  6. Sol disse:

    Bi asmática… “condenada” duas vezes, aliás, três porque ser bi é ser considerada mais canalha ainda. É, muitas vezes, ser uma vergonha para os mundos hetero e gay. Mais do que nunca duvidam de nossas escolhas: “Essa aí não sabe o que quer!”. Tipo assim, dúvida é pior que a certeza de qualquer coisa (acredito nisso, mas não para este caso pois não se trata de não saber o que quer). Já repararam que em todas as categorias sempre se escolhem os marginais?

    Bjs

  7. STOP disse:

    Essa da teoria das cores eu não conhecia, :p
    muito interessante! 😀

  8. Letícia M disse:

    Vc não acredita que homossexualidade tem origem genética, mas acredita que ninguém escolhe ser um homossexual, vc não acredita na história de “genes gays” “genes meios gays” “pai e mãe heterossexuais com genes meio gays” (isso é totalmente infundado) mas acredita q o individuo já nasce gay ou lésbica,e qndo chega na adolescência começa a descobrir q algo de errado acontece com ele, (detalhe.. grande parte das características relacionadas a personalidade de origem genética, começam a se manifestar na fase juvenil tendo seu ápice na face adulta).

    Essa teoria pra mim, não é tão ruim e explica muita coisa… não é que vc culpe seus antepassados por ser gay, mas querendo ou não tudo que vc é descende deles, ou seja desde a sua cor de cabelo até a espessura da cera existente no seu ouvido é herdado de seus descendentes, fato’!
    Vc nasceu lésbica pq sua combinação cromossômica (herdada de seus antepassados), te fez nascer homossexual, da mesma forma que te fez nascer de pele clara, com cabelos ruivos e olhos claros. Isso implica que seus antepassados eram “meio gays ou tinham genes meio gays”? NÃO! Não existe isso de gene meio gay… o fato de vc ter nascido gay pode ter explicação desde o tipo de alimentação da sua mãe qndo gestante, causa hormonal, até a um possível erro causado pela junção dos cromossomos de seus pais! Se houve um erro, ou se foi causado por um fator ambiental, então parece sim ser uma doença?! Não… eu nasci super saudável, até hoje nunca tive problemas graves de saúde e sou lésbica ^^!
    Há casos de homossexualidade na Grécia Antiga, a mais de mil anos atrás… ou seja, sempre existiu gays por ai, não somos um grupo fechado de pessoas, apenas ficamos no armário pra não sofrer descriminação.. Se todos os gay do planeta resolvessem se assumir, concerteza a sociedade olharia com outros olhos p nós..

    Outra coisa.. eu acredito que os seres humanos no alge de sua prepotência e falsa superioridade perante os outros indivíduos habitantes do planeta Terra, só estudam aquilo que ela não conseguem entender… “não entendemos a homossexualidade, logo iremos estudar – la pra simplesmente ter respostas que ainda não temos, pois somos seres Racionais, logo seres superiores!”

    Acredito nessa teoria pq atraves dos meus estudos pude ver q ela realmente faz sentido, mas não explica tudo.

    Se seres humanos descendem de primatas, há provas de homossexualidade entre primatas, isso é normal no mundo animal.. e ai?? A homossexualidade já existe desde antes do surgimento do Homem, é justamente por isso que ão vejo a homossexualidade como algo anormal ou algum tipo de doença, acredito q a sociedade impôs esse “rotulo” nos homossexuais.. como é possível ser algum tipo de doença se o homossexualismo existe desde antes do surgimento dos seres humanos???

    Enfim… essa é a minha teoria,falar de genética e evolução é sempre uma viagem pra mim, kkk mas gostei muito da sua teoria das cores, tbm acho que faz muito sentido!
    bjus

    • Jac disse:

      Uh, adoro comentários gigantes =D

      Deixando claro minha posição (ui), eu não acredito que uma pessoa nasça homossexual. Acredito muito menos ainda que seja escolha (pelo menos eu não escolhi). Posso acreditar que seja de repente uma questão de ferormônios contribua, mas não que uma pessoa saia do útero da mãe fadada a ser homossexual.

      Nossas características físicas descendem dos nossos ancestrais e questões temperamentais, mas nossa personalidade é formada também por experiências e pelo que a nossa sociedade nos ensina (insira aqui todos os preconceitos que você conhece).

      Uma pessoa preconceituosa, por exemplo, pode ter suas atitudes incentivadas por uma característica genética que aumente sua agressividade (como excesso de testosterona), mas para ele se tornar preconceituoso precisa de vivências que justifiquem seu comportamento (seus pai ensinavam que negros são inferiores? Seus amigos praticavam atos discriminatórios contra gays?).

      Não usei a expressão “genes meio gays”, me referi a pessoas “meio gays” por conterem um SUPOSTO gene gay recessivo (com um gene hetero dominante). Mas só estou fazendo suposições em cima de algo que eu não acredito.

      “o fato de vc ter nascido gay pode ter explicação desde o tipo de alimentação da sua mãe qndo gestante, causa hormonal, até a um possível erro causado pela junção dos cromossomos de seus pais! Se houve um erro, ou se foi causado por um fator ambiental, então parece sim ser uma doença?! Não…”

      Veja, assumindo uma teoria genética e sendo a maioria da sociedade hetero, então a homossexualidade é causada por uma anormalia. Uma anormalia genética, ou uma anormalia ambiental, ou uma anormalia hormonal (não colocando anormalia de forma pejorativa).

      Sim, homossexualidade existe há mais tempo do que a instituição do casamento cristão (olha aí uma ótima argumentação contra homofóbicos tradicionalistas) – e, quiça, da própria idéia de casamento. Mas não disse o exemplo do “grupo fechado de pessoas” como “frutos de uma única geração” mas como “grupo de pessoas da qual você jamais fará parte, nem de qual conhecerá ninguém – um grupo totalmente isolado”.

      Concordo com o penúltimo paragráfo e acho uma graça cada vez mais se comprovar que existe homossexualidade entre outros animais. Claro que o povo já dá um explicação como “contato com mercúrio” ou como “falta de fêmea/macho no habitat” ou como “eles estão num zoológico” (oi, alguém aí tá fazendo big brother com a vida sexual em habitat natural de animais em número suficiente para ser relevante?), mas ainda acho um tremenda tapa na cara de quem afirma que homossexualidade não é natural xD

  9. Letícia M disse:

    olha só o legal de toda essa história…
    já sabemos que no mundo animal, principalmente no casos dos primatas, a homossexualidade é mais doq normal e a bissexualidade tbm, pois os primatas fazem parte de um grupo pequeno de animais que sentem prazer na cópula…
    Cientificamente há evidencia de q a evolução dos primatas deu origem ao “homem”… ou seja, descendemos dos macacos, Fato!
    Se descendemos dos primatas e já sabemos q os casos de homoxessualidade entre macacos que vivem livres na natureza, e tbm aqueles que vivem em cativeiro, é algo normal… podemos concluir que, não existe diferenciação entre heterossexualidade e homossexualidade, não existe o “Normal” e o “Anormal”, se olharmos por este lado meio evolucionista, chegamos a conclusão de que homossexuais não são diferentes, não são anormais!
    Se tudo que somos, vem de uma herença genética dos nossos ancestrais, então herdamos a homossexualidade e a bissexualidade, assim como a heterossexualidade dos nossos ancestrais macacos, sendo assim, logo não somos diferentes dos heterossexuais! hahaha (é por isso q eu adoro evolução, a explicação de tudo está no evolucionismos.. kkkk)
    E uma curiosidade… no mundo animal, não existe nenhum tipo de repressão pelo bando, à dois primatas machos (por exemplo) que copulem um com o outro… E aí está a diferença, no mundo animal não existe preconceito, não existe diferenciação e muito menos discriminação… no mundo animal um individuo cuida do outro dentro de um bando e todos vivem felizes tentando sobreviver, oq não acontece com os seres humanos! (e depois, nós é que somos animais racionais.. irônico isso!rs)

    Enfim… Me desviei um pouco do foco principal, mas era esse o meu ponto de vista que queria expor pra vc no primeiro comentário, mas q não consegui… ^^
    Me desculpe se de alguma forma demonstrei algum tipo de crítica à sua opinião, não foi essa a minha intenção… respeito e aceito as opiniões diferentes das minhas!
    Gostei de “debater” esse assunto contigo, vc é uma pessoa de boa argumentação… hehehe
    Esse blog é muito interessante, tem ótimos conteúdos e concerteza o visitarei com mais freqüência! ^^

    =D

    • Jac disse:

      “E uma curiosidade… no mundo animal, não existe nenhum tipo de repressão pelo bando, à dois primatas machos (por exemplo) que copulem um com o outro…”

      Total não sabia disso, mas sempre tive curiosidade. Partindo-se então desse pressuposto, o que não é natural é o preconceito =) (lembrarei desse argumento na próxima discussão com um homofóbico)

      Pode expor sempre seu ponto de vista aqui no blog. As vezes eu respondo para deixar meu ponto de vista mais claro (dificilmente eu consigo colocar num post exatamente e tudo o que eu estou pensando) e porque me sinto atraída a discutir (no sentido de conversa, não de briga) =) E você como estudante de biologia obviamente entende mais de genética e tem uma visão mais direcionada a isso do que eu, que flerto mais com psicologia e sociologia.

      xD

  10. Letícia M disse:

    O preconceito é algo criado pelos seres humanos… oq eu até hoje não consegui entender é o pq do surgimento dele!

    Mas enfim… Se não houver problemas, gostaria de indicar seu blog no meu programa de sexta feira na http://www.radioleszone.com.br (a primeira rádio online lésbica do Brasil), sempre to a procura de blogs lésbicos interessantes p indicar no programa “Sem Censura” e tenho certeza deq minhas ouvintes irão gostar bastante do conteúdo do seu blog…
    Claro que só poderei indicar seu blog com uma autorização do responsável pelo blog, no caso.. vc, hehehe

    ^^

    • Jac disse:

      OMG! Mas é claaaaaaro que pode indicar o blog *__* hahahahah Se quiser um e-mail mais formal eu mando de autorização. Só peço uma coisa: tem como você gravar o programa para eu ouvir depois? Vou estar na auto-escola (até 22:40 mimimi) sem chances de ouvir ao vivo =S

  11. Letícia M disse:

    Então… se vc puder me enviar o email autorizando até sexta de manhã eu vou super agradecer! ^^
    Eu vou gravar o programa e deixo aqui os links p vc baixar qndo puder, ok?
    =**

  12. alecky disse:

    É muito dificil definir, para mim acho que as pessoas ja nascem apesar de ver alguns virando, não sei se estão sendo verdadeiros ou não. Mas muita gente nasce mas não admite que seja homossexual, ou então adiam os sentimentos com o intuito de tentar mudar todo o seu ser. Tem gente por exemplo que prefere deixar o amor de lado para se dedicar ao trabalho ou estudo de modo que não sobfre tempo para pensar em questoes de amor. Claro que algumas vezes não funciona, por que nem todo mundo consegue viver sozinho sem nenhuma companhia. Nossa até me compliquei aqui kkk, vo pensar direito e volto a escrever mais kkk.

    http://meumundo-alecky.blogspot.com

  13. Olá querida! só passei pra dizer que gosto muito do seu blog. Acho muito bacana a forma como você escreve e as questões que você levanta! show de de Bola mesmo!
    foi imensa a minha surpresa quando vi que você tinha listado a gente aqui! Muito obrigada! a gente lá do Querido agradece! 🙂

  14. Sadie disse:

    Não pode espancar as pessoas que gostam de amarelo? Só as de amarelo?

    Droga!
    Beijo meu

  15. Ju disse:

    Só para constar, eu sempre pensei nessa sua teoria, mas com frutas! HAHAHA

    Pois, como explicar por que eu gosto de morangos e você não? realmente não nascemos gostando de morangos, ou bananas, ou melância, ou… ta, ta! E não nascemos mesmo e muito menos, até porque quando nasci não sabia o que era morango e suponho que enquanto na barriga da minha querida mãe não havia uma feira de hotifrutis. Sobre a escolha, também concordo contigo, eu não pensei em escolher o morango como fruta favorita, tipo “une dune tê, salemê minguê, o escolhido foi você!”

    Acho que como o própria nomenclatura já reconhece: HOMOSSEXUALIDADE está diretamente ligada a identidade do sujeito, é uma das muitas identidades que assumimos e que nos constituem (assim como a sua identidade profissional e qualquer outra que você pensar), e mais! Ela não é fixa, nem mesmo imutável. Isso explica o fato de pessoas com 60 anos de descobrirem gays, aí terá uns que dirão que ele saiu do armário. (pode até ser que ele nunca teve coragem de se assumir e que já havia se descoberto gay a muitos anos, mas também pode ser que não, como meu caso! PS: não tenho 60 anos!). Para mim a homossexualidade é uma construção social, como todas as coisas até como ser hétero, gostar de amarelo, azul e de morangos.

    Nada é natural gente, nem a heterossexualidade, tudo é construído histórica e socialmente.

    Beijos, adoro seu blog, sempre acompanho mais nunca postei.

    • Jac disse:

      Siiim, concordo plenamente. O que você disse sobre o exemplo da pessoa de 60 anos é o que eu estava tentando falar sobre pessoas que se descobrem depois de um casamento hetero (que não ficou tão claro quanto seu exemplo) =)

  16. Menininha disse:

    esse negocio de descriminar os gays e lesbicas é tudo coisa da igreja…na antiga grécia era normal …. e até mais frequente ..eu estou estudando isso na escola…os homens eram casados com as mulheres só para procriar.. mais nada…

    por isso eu nao vou na igreja hahah 🙂 lol

  17. Fernando Expedito disse:

    nuss…primeira vez q leio seu blog,eh mara!
    tmbm vou te mandar umas fotos e fatos….(da mnha vda eh claro)

  18. AH,quero tmbm dzer oq acho sobre a tal procura da “origem” homossexual!
    ja tentei dversas vezes analizar minha vida de tras para frente(pra ver se obitinha alguma resposta sobre eu ser gay)obviamente,não achei! alguns parentes meus,tentam demonstrar “amor ” por mim e dizem que eh NORMAL!mais oq eh normal?

  19. Ju disse:

    Normal é vc amar quem você quiser….

  20. disse:

    Olá Jac, e todas as leitoras,
    amei o post! A uns dias atrás estava pesquisando algumas coisas sobre pscicanálise na net, e me veio entre os resultados este site, http://providafamilia.org/doc.php?doc=doc16356 que me deixou absolutamente chocada e me fez refletir muito. A resposta a qual cheguei para mim mesma, de acordo com meu pouco conhecimento, foi muito parecida com a analogia das cores usada para simplificar a explicação do assunto em questão.
    Neste site, para quem não tem tempo de abrir o link, eles chegam a dar a explicação para negar o gene homossexual- o que também não acredito que exista- de uma forma absurda e pouco inteligível que compara a relação de gêmeos idênticos e suas opções sexuais divergentes- no caso de um deles ser homossexual- como a prova de que o gene homossexual não existe. Enquanto, em contra partida, uma explicação muito mais simples como vimos no post acima esclarece essa dúvida sem alienar o leitor. O meu pensamento em questão a esta explicação foi: ” mas se esta fosse a explicação para não haver o gene homossexual, não poderíamos explicar, por exemplo, os tais gêmeos identicos na grande maioria dos vezes, terem personalidades absolutamente diferentes uma da outra.
    Então, o que vemos é um desespero absurdo para provar que a homossexualidade é uma espécie de anomalia humana, e que- surpresa!- há cura para esse mal gente! Vamos todos nos tratar agora e estaremos livres de todo preconceito! Ah, peloamor viu, desculpem a acidez, mas uma coisa dessas me tira do sério. A explicação é simples: gosto! Algo muito bem colocado aqui. E para finalizar, meus parabéns querida!

  21. cleonice disse:

    para mim o homosexual nasce homossexual, o etero nasce etero, o bi nasce bi.
    e isso so vai descobrir na puberdade, pois os hormonios entran em erupção e ai
    nasce o desejo sexual, e vc vai sentir atração por certo individuo, e isso não é
    o ser humano que escolhe, isso esta dentro dele.
    a ciencia não esplica
    os pastores, padres não curam
    e dai os guei lesbicas e bi fazem o que
    no meu parecer
    curtam a vida com ordem e decencia
    comporten-se como seres que são
    sem escandalos, e sim com muito amor

  22. cleonice disse:

    o que não gosto é de bicha, como não gosto de biscate
    pois ambos são escandalosos e indecentes;
    ambos prostitutas indecentes;
    para ser homossexual não precisa ser puta.
    para ser mulhe não precisa ser puta;
    não acham tudo com ordem e dessencia;

  23. Ana disse:

    Eu posso mandar minha historia por aqui? Se sim entao la vai: NAO TEM. Tenho apenas 12 anos e ja sou assumida. Entaum aqui esta minha historia *__*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *