Homossexuais e Religião

Porque esse é um blog de família que segue a moral e bons-costumes.

Esses dias uma leitora fez um comentário que me deixou intrigada aqui. Aquela velha história de uma não-lésbica apaixonada por uma professora. Parabéns, você conseguiu juntar o plot “hetero apaixonada por mulher” com “relacionamento professora/aluna” de uma vez, passe na Associação Brasileira Lésbica buscar seu certificado de não-hetero.

O que difere da maioria das histórias de outras não-heteros por aí é que a moça tem a culpa católica.

Só q ela tem namorado(cara de muitaaaa sorte)e sei q ñ tenho chance nenhuma,1 pq sou AlunA delA,entenderam kk,2 pq sou Católica (é pecado,kk),outra pq éhh ruim dela gostar de mim(tadinha).

Mas Deus sabe,toda noite rezo pra qdo a ver Ñ SENTIR NADA POR ELA,NADA…

“Oh, pobrezinha, o que ensinaram para você?”

Primeiramente quero deixar claro que sou atéia. E não estou aqui para provar que Deus não existe (mesmo porque não tem como provar a inexistência de algo inexistente), ou tentar fazer você largar sua religiosidade ou coisa do gênero.

O que me preocupa não é a existência de um Deus, Deusa, Deuses, uma força sobrenatural, espíritos, karma ou no que você queira acreditar. O que me preocupa mesmo é o papel que a religão desempenha nas nossas vidas.

Vou usar a religião cristã, mais especificamente a Igreja Católica como exemplo, afinal é a religião predominante no Brasil.

Sobre a Bíblia

Sério, o que leva uma pessoa a achar que Deus odeia que você ame uma pessoa do mesmo sexo? Deus é preconceituoso? Então ele não é perfeito? Não faz sentido! O único argumento que um religioso pode dar para essa pergunta é: “está na bíblia“.

A bíblia não foi escrita por Deus, foi escrita por homens (por homens entenda seres do sexo masculino) de acordo com seus interesses. O mundo precisa de mais adultos para guerrear e cuidar das plantações? “Crescei e multiplicai-vos”. Ela existe há tanto tempo que fica impossível comprovar que ela é só um livro como outro qualquer.

“Aqui está um livro escrito uns 2.000 anos atrás com regras e normas as quais você deve seguir.”

Não entendo porque uma pessoa leva a sério a bíblia e não, sei lá, Harry Potter. Você tem provas de que o que está escrito em Harry Potter não é verdade, e que não há um mundo bruxo de verdade? Não, né? Mas ninguém com mais de 12 anos vai acreditar no livro porque ele nunca foi vendido como uma “verdade” e todo mundo sabe quem foi a autora, qual a real vida da autora, etc, etc.

“Aqui está um livro contando toda a verdade desse mundo. Prove o contrário.”

Mas se você é uma pessoa que realmente acredita que a bíblia é a palavra soberana de Deus, então deixa eu te lembrar de algumas coisinhas que você provavelmente deve ter ignorado por não se do seu interesse seguir essas palavras de Deus:

-Um homem pode vender sua filha como escrava (Êxodo 21:7);

-Você não pode ter contato com uma mulher no período de “impureza” menstrual (Levíticos 15:19-24);

-Você pode possuir escravos, contanto que sejam de nações vizinhas (Levíticos 25:44)

 

“Compre sua argentina aqui no Flexões Lésbicas e pague em 12x sem juros no cartão. Não aceitamos cheques.”

-Uma pessoa que trabalha no Sábado deveria ser morta (Êxodo 35:2). Sabe aquela vendedora do shopping que se recusou a trocar sua roupa com defeito? Está aí sua desculpa perfeita para matá-la.

-Comer moluscos é uma abominação (Levíticos 11:10) Logo, o tsunami no Japão deve ter sido castigo divino mesmo.

-Você não pode se aproximar do altar de Deus se tiver algum problema de visão (Levíticos 21:20).  Igreja: não trabalhamos com míopes.

 

“Sendo míope você até pode ser padre, mas não pode chegar perto do altar.”

-Se você for homem, está proibido de aparar a barba (Levíticos 19:27).

-Se você tem uma plantação, você está proibido de plantar dois tipos de vegetais no mesmo campo (Levíticos 19:19). Também está proibido de usar roupa com dois tipos de tecidos (Levíticos 19:19).

-Se você quer produzir um odor agradável a Deus, queime um touro no altar como sacrifício (Levíticos 1:9)

-Se você é mulher, está proibida ensinar ou ter domínio sobre um homem. Você tem que ficar calada. (1 Timóteo 2:12)

-Um casamento só deve ser considerado válido se a mulher for virgem (tudo bem o homem não ser, não é ele a propriedade usada), se ela não for deve ser apedrejada na rua até sua morte (Deuteronômio 22 13-21)

Então, a bíblia continua sensata para você? Ou você só quer seguir nela o que te convém? Como esse imbecil aqui na imagem que tatuou Levíticos 18:22 (“Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é”), mas ignorou (como se ele sequer tivesse lido a bíblia mesmo, para selecionar o que ele prefere ignorar) Levíticos 19:28 que proíbe tatuagens. Boa champs!

Deus Odeia Homossexuais?

Então, já tem alguma resposta para minha pergunta de por que Deus odeia homossexuais? Imagino que não, né?

Mas vamos supor que você leu todas as baboseiras bíblicas acima e me diga: “Mas tudo isso está no Velho Testamento, eu sigo o Novo Testamento.” Então me diga em que momento Jesus condenou homossexuais?

Apesar de não acreditar que Jesus tenha de fato existido, eu acho ele uma personagem pessoa super da hora. Ele não veio para esse mundo para condenar ninguém, ele só está interessado que as pessoas amem umas as outras e não façam mal a outras pessoas. Isso me parece uma filosofia legal a ser seguida.

Fora que Jesus também foi perseguido como nós homossexuais e os cristãos já foram uma minoria discrimida como nós homessexuais.

“Jesus saía com 12 caras e uma prostituta. Ele se parece mais comigo do que com você.”

E, bem, se Deus odiasse gays, por que a próstata seria interna? E por que o clitóris seria externo? E por que lésbicas são tão estilosas e gays são tão fofos?

E a Igreja?

Agora, não entendo como que a Igreja Católica consegue transformar um discurso de “ame seu próximo, faça o bem” em  “você não pode isso, não pode aquilo, você vai pro inferno se não fazer o que eu mando“.

A Igreja sempre está apoiando o conservadorismo até o ponto em que as mudanças sociais exigem uma mudança de postura por parte dela. Exemplos? A Igreja apoiava a escravidão de negros (eles não conseguiam catequizá-los como os índios) e era extremamente contra separações.

Oras, a idéia de escravidão é tão absurda que não teve como a Igreja não mudar de postura. E se a Igreja excomungasse todas as pessoas que se separaram (ou as mulheres que não casaram virgens ou todos os homens que fazem a barba), o catolicismo não teria números tão impressionantes para provar que ela é a maior religão/crença/whatever do Brasil (oi, eu sou oficialmente católica e não peço excomunhão por pura preguiça).

O movimento Gay ainda não chegou no estágio de reconhecimento que tem o movimento negro e o feminista (que na verdade é bem mal-falado), então a Igreja vai se aproveitando dessa brecha na sociedade para não mudar de postura e continuar pregando ódio e intolerância com pessoas que não fazem mal a ninguém – só querem viver uma vida em paz e com dignidade. E o curioso é que não consigo enxergar o que ela ganha com isso. Empatia de gente preconceituosa?

Enfim…

Já conheci gente que sofreu muito na vida por conflitos de sua religião com sua sexualidade. Muitos relacionamentos terminaram por isso. Muitas pessoas ainda sofrem da culpa católica. Então proponho que você faça umas flexões reflexões:

-O Deus no qual acredito é um Deus do amor e da bondade ou é um Deus do ódio, intolerante e preconceituoso?

-Será que Deus está mais preocupado que eu não faça mal para outras pessoas ou que eu ame alguém com o mesmo aparelho reprodutor que o meu?

-Será que Deus está mais preocupado com quem eu vou sair sexta a noite ou com as pessoas que passam verdadeira fome no mundo, que vivem em meio a uma guerra, que são torturadas ou que enfrentam doenças horríveis?

-Será que Deus ficaria menos zangado comigo por ser homossexual se eu queimasse um touro em sacrifício para exalar um cheiro agradável a Ele?

“Sério, não me envolva nessas crenças de humanos!”

Ps. Links atualizados.

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Identidade, Reflexões e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

109 respostas para Homossexuais e Religião

  1. eeervilha disse:

    acredito que o problema não é a religião em si (mas não retiro a pontinha de culpa dela haha), e sim as pessoas que não ponderam nada e acreditam cegamente em tudo o que pregam.
    eu não sou atéia, sou espírita. e a religião tá aí pra trazer algo bom pra quem acredita, e não fazer pessoas sofrerem ou se odiarem por serem ‘diferentes’. e nem trazer o direito de fazer outra pessoa sofrer.
    acho que é isso, :3

    • Wilba rocha disse:

      Acho que cada um deve fazer o que acha melhor desde que não esteja infligindo alguma lei. Isto é: cometendo algum tipo de crime. A questão do certo ou errado fica por conta do juízo final. Cada pessoa responderá pelo que fez, não diante de uma pessoa qualquer, mais diante da consciência suprema que é Deus.

  2. Nini disse:

    O problema esta em que a maioria da população mal informada aceita as coisas com vem pra elas….Tudo que o pastor/bispo/papa e derivados falam o povo aceita, nunca param pra se questionar. Acredito em Deus, em Jesus mas não creio nesses deuses que as igrejas inventam somente para seu proprio lucro…

    • Wilba rocha disse:

      Neste mundo globalizado ninguém está mal informado. Informação é o que não falta. O que pode faltar e a capacidade critica a respeito delas. Creio que as pessoas que aceitam o que um pastor, padre ou mesmo político fala depende da capacidade de persuadir de qualquer um deles. Incluindo ai aspectos culturais e tradicionais, é claro. Creio que aceitar argumentos sobre a sexualidade da forma como se vem enfatizando nestes últimos anos. Sem nenhuma capacidade critica se comporta da mesma forma. Também não deve aceitar tudo, sem que a pessoa, faça algum tipo de reflexão sobre o assunto estará com certeza, sendo fiel ao seu propagador e terá,portanto um comportamento semelhante aos daqueles que seguem como discípulos aquilo que lhe e transmitido por um pastor ou padre.

  3. Elis disse:

    Nossa, Jac, você leu mesmo a bíblia pra conseguir esses argumentos? oO
    Tenho mais um pra acrescentar, um amigo que eu tinha veio me falar que em um desses livros aí, um cara disse que o homem não podia tirar o pênis antes da ejaculação durante o coito, porque os espermatozóides são “[50% de] sementes” e isso seria “renegar a vida”. Veja só, não basta 7 bilhões de seres humanos acabando com tudo, a droga do livro sugere um caos significante nas taxas de fecundidade dos países.
    A bíblia é um livro antiquado, fato.
    Pessoas esquecem que foi escrito a milhares de anos, numa época com circunstâncias totalmente diferentes das atuais. É tudo tão démodé, tão sem sentido, tão repugnante. Acho uma sacanagem incluírem um cara tão sábio com Jesus numa religião tão hipócrita, contraditória e surreal. Só perde para o islamismo.
    Sou totalmente contra qualquer tipo de fanatismo, seja religioso, político, esportivo, musical, profissional, acadêmico. Esse comportamento só abre a guarda para a ignorância, não existem verdades absolutas e as pessoas realmente perdem a noção de limites.
    Sou ateia e não tenho nada contra as crenças/gostos/preferências das pessoas, desde que essas crenças as ajudem e que sejam pacíficas, respeito mútuo é a solução. o/

    • Jac disse:

      Não eu não li a bíblia para fazer o post (já cheguei a ler uma parte quando era menor) xD

      Minha base para as citações foi essa carta aqui (muito interessante por sinal) que eu esqueci de colocar no post como referência (isso que dá postar correndo):
      http://bobagento.com/a-biblia-da-dra-laura/
      (Sei que o blog não inspira muita confiança, mas fui conferindo os salmos ^^)

  4. Gra disse:

    Genial!!!

  5. Izabely disse:

    Acho que a religião é só um meio que o ser humano criou para chegar até Deus. E, como tudo que faz, o ser humano acaba fudendo tudo.
    Eu tenho vários amigos gays que sentem raiva de serem quem são por conta de um pastor qualquer (bando de ladrões) falar que é errado. Pra mim Deus ama todo mundo igualmente, e não é um pastor idiota que vai fazer eu acreditar no contrário.
    Eu sou espirita, e no espiritismo encontrei uma “religião” que realmente exclarece. Pratique a caridade e ame o próximo como a si mesmo (independente de sua condição sexual).
    Eu acho que homossexuais devam odiar Deus ou algo do tipo… Acho que eles deveriam odiar as religiões que digam que Deus não os ama.

    Primeira vez que eu posto no blog. Já acompanho há um tempo e todo fim de semana eu to aqui pra ver se tem post novo. Parabéns Autora. ;D

  6. Izabely disse:

    Corrigindo o meu comentário acima antes que eu seja apedrejada:
    “Eu NÃO acho que homossexuais devam odiar Deus ou algo do tipo… Acho que eles deveriam odiar as religiões que digam que Deus não os ama.”

  7. Eric disse:

    Jac, desculpe ser intrometido… mas já sendo! haha

    Eu conheci seu blog hoje através de uma indicação até na “brincadeira” por parte de um amigo, justamente porque você escreveu sobre a Angelina Jolie em alguns posts, e ele é assim… fanático, louco por ela! Whatever, eu simplesmente acessei e comecei a explorar o conteúdo do seu espaço. Adoreeeeeeeeeeei!

    Sei lá, eu posso estar parecendo um bobo qualquer que fica elogiando e bla bla bla, mas você realmente consegue desenvolver ótimos racicíonios, ÓTIMOS mesmo, sempre bem argumentados, objetivos, bem desenvolvidos, coesos… e ainda une isso tudo ao humor! Acho fantástico! *-*

    Quanto ao post… Você foi simplesmente sublime! Suas “teorias” opositoras a religião (e que serão muito úteis para mim em um futuro outing com minha mãe, que é toda trabalhada na religiosidade) são todas bem baseadas e mostram mesmo algumas questões onde a catolicismo se contradiz. Acho que você deveria desenvolver debates sobre o assunto, fóruns.. sei lá, algo do tipo. Te traria uma infinidade de ideias para outros assuntos! Minha humilde opinião…

    Bom, já chega, né?!

    Beijãoo! Desculpa se eu exagerei 🙁

    • Jac disse:

      Ah, sei quem é seu amigo =) Super obrigada pelos elogios xD

      Um outing religioso? hahahahaha Eu realmente não entendo pq as pessoas valorizam tanto a religião. Pq elas não se preocupam mais em se a pessoa tem moral (sim, o conceito de moral é mto discutivel), se ela não faz mal aos outros, enfim, se ela é uma pessoa boa?

  8. monicat disse:

    Muito bom esse post. Sério, obrigada. Como já dizia Karl Marx “A religião é o ópio do povo”. A religião Católica principalmente inspira medo, e o medo paralisa. Jesus é um cara muito maneiro (apesar de tbm achar que ele nunca existiu) mas “nós” estragamos tudo o que ele deveria representar, todas as mensagens de deus que ele deveria nos transmitir. Pra que? Pra manter o domínio sobre o povo e as aparências, que é o que a Igreja Católica, nessa tentativa desesperada e dinheirista de dominar o mundo inteiro, vem fazendo desde a Era Medieval.
    Portanto, eu acredito em DEUS e não na Igreja, nem na Bíblia, nem em padres pedófilos nem nessas beatas (minha vó) que acreditam nessa palhaçada toda.
    Beijos, adoro seu blog.

  9. L. disse:

    Outra parte da Biblia que podemos citar é os amigos Davi e Jonatas, onde Davi declara: “Teu amor me era MAIS precioso que o amor das mulheres”… e a Igreja afirma que era apenas amizade.
    Antigamente a Biblia não era acessivel a todo mundo, geralmente as missas eram em latim.. Hoje em dia, qualquer igreja, qualquer padre, qualquer pastor, geralmente quando querem passar uma mensagem para os fiéis, usam algumas passagens biblicas isoladas, mas não explicam em que contexto aquilo foi escrito e o motivo pelo qual foi. Por exemplo: antigamente, os padres casavam, até chegar um Papa e decretar que os próximos padres ordenados seriam celibatários. Não é pecado um Padre casar, apenas um decreto, baseado no fato de que os padres daquela época estavam deixando seus ofícios um pouco de lado. Mas a Igreja vai te contar essa história? Não. Ninguém fala essas coisas, os reais motivos. Eles querem apenas que as pessoas obedeçam e não questionem.

    • Jac disse:

      O que me deixa irritada é que os religiosos manipulam de forma irregular a bíblia. Se é um desses salmos absurdos, eles dizem que tem que ver o conceito de um povo de 4.000 anos atrás e tal, mas se é algo condenando homossexuais é ipsis literis.

      “Teu amor me era MAIS precioso que o amor das mulheres” – Opa, eram amigos.

      “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é” – Opa, não importa que sexo entre dois homens não é extameeeente igual ao sexo hetero [/finge que não existe sexo anal entre heteros]

  10. marcella disse:

    Perfeito!
    concordo plenamente com tudo!!! fui criada numa familia aonde 80% do povo é testemunha de jeová! imagina o drama!
    quando “sai do armário” aos 14 anos auhauhahua minha mãe surtou e chamou esses parentes para lerem a biblia pra mim, sobre sodoma e gomorra, e aquela velha história de que homossexuais não adentrarão no reino dos céus!
    Até naquela época eu acreditava em Deus e etc, mas isso me fez repensar muito, e me perguntar se eu acreditava porque tinham me dito ou porque era verdade… e conclusão, sou atéia hoje rsrs.
    Acredito que homossexuais tem todo direito de seguirem religioes, desde que estas não os ofenda, dizendo que são abominaçoes ou que estão com o diabo no corpo!!!
    E se algum dia provarem que realmente existe um deus, deuses, uma deusa (o que seria mais provavel rsrs) certeza que seja oq for que existe não irã se importar em duas pessoas se amarem, quererem o bem, e viverem juntas e adotarem uma criança, pelo contrário!
    O post foi sensasional mais uma vez =D

  11. marcella disse:

    ps: Harry Potter seria uma biblía mto mais legal pra se seguir rs

  12. Lívia disse:

    Sou católica e lésbica, então tenho certa propriedade para dizer que não há apenas a corrente oficial de pensamento dentro da Igreja.
    O “Vaticano” não é nossa única voz, e diversas posturas do Magistério estão sob revisão.
    Há vários padres, inclusive brasileiros, apoiando e incluindo em suas paróquias os LGBTs.
    Um destes grupos, acho que é pioneiro aqui no Brasil, é o Diversidade Católica, da PUC RJ.
    Além disso, foi criada semana passada em Sampa a Pastoral da Diversidade.
    Deus ama a todos os seus filhos, sem discriminação alguma. Afinal, ele nos fez assim e não comete erros.
    Aqui vai um link que fala a respeito desta nova postura de segmentos da Igreja Católica: http://diversidadecatolica.blogspot.com/2010/09/carlos-tufvesson-biblia-diz-assim.html
    Vale navegar no site, o conteúdo é maravilhoso. Indique à menina atormentada por sua sexualidade. rs Ela vai se acalmar.

    • Elis disse:

      Então, mas é isso o correto.
      Como qualquer instituição, a igreja precisa de fieis (clientes) para existir, ao longo da história, ela sempre foi se moldando às demandas da sociedade, como a Jac citou no post.
      Complicado é quando as pessoas pensam que têm que se transformar pela igreja, não o contrário. O que serviria para ajudá-las, acaba atrapalhando-as, como é o caso da leitora que inspirou o assunto da postagem.
      Penso que as coisas só tendem a melhorar em relação a isso, basta continuarmos a requerer os nossos direitos. =D

  13. Fer disse:

    Gostaria de encaminhar esse link pra algumas pessoas haha

  14. Bia disse:

    Oi Jac…. Até achei que tinha lido a Biblia…haha
    Falando em crenças… Eu acredito em Deus, sou católica (as vezes) toda aquela história de água em vinho, e blá blá blá… Acho o fim… Coisa sem sentido… Vou colocar umas coisinhas que eu sei… Sabiam que antes do Cristianismo a Europa o que prevalecia era a cultura Celta? Onde a mulher que era forte, mandava e desmandava?? Que elas eram guerreiras, mães, donas de casa, chefes de terras, matadoras e (o mais legal) eram temidas… Sim os homens eram apenas parte da sociedade mas a mulher é quem realmente mandava. Não hávia problema se houvesse união de pessoas do mesmo sexo, era normal. Mas como a Igreja Católica queria poder e os homens estavam se sentido “oprimidos” escreveram toda essa história de mulher não pode isso não pode aquilo… E o “causo” de não aceitarem a união de pessoas do mesmo sexo se deve ao fato de que não gerariam herdeiros, guerreiros, nem “piões” para trabalhar na Igreja arrencadando mais ouro, etc. Então vamos criar uma religião ai…. Bora fazer “uns dinheiros”….
    Sorry pelo comentário gigante….
    Fico otimo o post…
    Beijos

    • Lívia disse:

      A cultura é algo muito próprio de cada etnia ou comunidade, Bia.
      A sociedade patriarcal também passou longe de diversas etnias africanas por séculos, até que os europeus impuseram por lá também sua cultura, o que é um absurdo. Mas é parte de um processo histórico, sem chance de retorno.
      Como foi dito, a Igreja foi duramente perseguida no início. Quando os grandes reinos se dissiparam e o povão só contava com a “proteção” dos senhores feudais, o único elemento que unificava todos estes territórios distantes e politicamente independentes era a religião.
      Então, de perseguida a Igreja passou a ser perseguidora. E como toda classe dominante, mandava e desmandava.
      Considero absurda a inquisição, a hipocrisia que reinava nesta época. Mas os tempos são outros, e não devemos ser etnocentristas.
      Corremos o risco de ser tão preconceituosos quanto nossos algozes. Para quê se igualar no aspecto ruim?
      O importante é que a mensagem de Jesus foi de amor. Fazer o bem sem olhar a quem.
      E todos estamos incluídos nisso, independente de etnia, religião ou orientação sexual.
      O que vale mesmo é ser do bem.

    • Juliana Roam disse:

      Querida, so uma emenda no seu comentario. Na verdade, esta postura matriarcal nao era prevalecente em toda a Europa, mas sim na parte norte do que hoje chamamos de Reino Unido, inclui-se ai Escocia e Irlanda. Porem, segundo a divina Rose Marie Muraro, o mundo pre-civilizaçao mesopotamica apresentava, por maioria o modo de vida matriarcal, ocasiao em que o mundo viveu longos anos de paz e progressao interpessoal.
      Obrigada pela chance!
      Bj a todas.

  15. Nah disse:

    VC TEM RAZAO EM GRANDE PARTE JAC, NAO QUE AGORA EU VENHA COM A RAZAO. MAS VC, MAIS DO QUE EU DEVE SABER QUE JESUS REALMENTE EXISTIU E É COMPROVADO ISSO. GOSTEI DE TUDO QUE VC ESCREVEU COM EXCEÇÃO DA PARTE QUE VC DIZ: “uma ‘personagem’ pessoa…” EM RELAÇAO A JESUS. ESSE CARA REALMENTE É DA HORA, O MAIOR EXEMPLO DE PROVA DE AMOR! DE UMA MANDAMENTO GENIAMENTE IMPRESCINDIVEL “AMAI-VOS UNS AOS OUTROS” mas nao esqueça de uma coisa, igrejas, instituicoes, crenças, fé… vai da ncessidade de cada pessoa, e creio que devemos dar o respeito devido. seu blog é maravilhoso, aborda temas fundamentais. religião é um assunto delicado, mas cuidado na proxima. Sou independente de religiões, mas acredito em Deus, esse mesmo Deus que vc citou com as caracteristicas bondoso e compassivo. MAS EXISTE O LIVRE ARBÍTRIO, O QUE ACONTECE AQUI CORRE POR NOSSA CONTA. Somos santos e pecadores!

    • Jac disse:

      Nessa parte do texto eu fiz uma brincadeira com o fato de que eu não acredito que Jesus tenha existido, mas mesmo assim estivesse emitindo uma opinião sobre ele.

      E você não pode me provar que Jesus existiu da mesma forma que eu não posso te provar que ele não existiu.
      (Tecido com sangue e ossos podem ser de qualquer um…)

      =)

  16. Lih disse:

    Mto boum o Post *——*

    muito delicado o assunto mas vc soube transpassar cm muita clareza e bons argumentos,
    Parabéns

  17. Bruna disse:

    Como já foi dito diversas vezes, o homem deturpa a religião, seja ela qual for, em prol de benefícios pessoais e intolerância ao diferente dele, seja tentando “ameaçar” o “pecador” com um Deus punidor, seja por meio de intrjeção do sentimento de culpa por parte daquele que é diferente do que “Deus” queria.
    Acredito em Deus, como uma força superior, porém atualmente não sigo nenhuma religão 🙂

  18. Sol disse:

    Fiquei até tensa ler alguns depoimentos.

    Onassis, sujestão:
    Onde escreves “a Igreja vai se aproveitando dessa brecha na sociedade para não mudar de postura e continuar pregando ódio e intolerância com pessoas que não fazem mal a ninguém”…

    leia-se: “com pessoas iguais a qualquer outra, que não fazem mal a ninguém ou que podem fazer”. Não somos melhores que ninguém, nem tão pouco párias. Não queremos inversão da condição que temos, e sim mesmos direitos (de andar de mão dadas à parir/criar bebes).

    Uma vez eu eu minha senhora fomos interceptadas na rua e ouviu-se a seguinte frase ecoar naquela avenida engarrafada “só Deus salva”… Eu concordo plenamente… e há de salvar almas como estas que me disse isso sobre meu “pecado”. Não era uma velha (em idade) fanática, era jovem e isso significa que teremos mais uma geração carregada de preconceito.

    Assuntos como estes fazem o sangue ferver porque lida com ideologia… aquela que faz um cara vestir um colete de bombas e se explodir (matando outros de ideologia “contrária”), a mesma que faz um cara joga um avião com mais de 200 pessoas contra um prédio com outras milhares (de ideologia “contrária”), aquela que faz um grupo de torcedores de futebol balançarem um estádio de tanta alegria e inscita os mesmos a quebrarem o onibus do time adversário. Esse mesmo potencial ideologico que faz com que eu (Sol) e vc (Onassis) e mais uns milhares de outras pessoas defendam nossa opção/condição/orientação/determinação sexual… (ideologias distintas para um mesmo propósito).

    Isso passa… a religião já esteve acima da ciência… E este fato não quer dizer que a religião logo terá um fim… significa, antes de tudo, que as crenças mais arraigadas mudam com o tempo… não por que o tempo as transforma, mas porque nós, mulheres e homens (Oxalá mais mulheres, clarooooo), com nossas ideologias, tranformamos o tempo…

    prontofalei!

    bjsmeliga!

    • Jac disse:

      Ééééé, cada um é cada um e blablabla, mas quando eu quero dizer “pessoas que não fazem mal a ninguém” não é que todos os homossexuais são santos, mas que nós como grupo não promovemos mal a ninguém. Não incetivamos preconceitos, não incentivamos violência, etc etc (claro que há exceções individuais, mas não são incentivadas pelo grande grupo) diferentemente de outros grupos (skin heads, neonazista, pitboys [que é um grupo], etc etc etc) onde é da cultura do grupo promover algum tipo de mal.

      • sol disse:

        Respira Muié!!!!!!!
        1, 2, 3… vamo lá!

        Quando eu fiz a observação não foi uma crítica, achando que vc acha que todos nós somos santos (já deu pra notar como vc pensa e seu que não é assim). Fiz isso justamente porque basta haver um pouco tolerante para ler o que escreveu e entender toda a mensagem errada.

        Somos tão capazes de ser preconceituosos como todos os outros… basta vc mudar de classe, minha cara Onassim, para ver como as “bichas” phinas são preconceituosas em relação às “bichas pererecas (termos que eles mesmo usam). E você poder argumentar que esse preconceito não se traduz em violência física… mas a violência simbólica não machuca menos as pessoas. Já ouviste a frase: “o problema das pessoas é que elas são seres humanos”???????. Quem faz a religião são as pessoas, logo o problema também se localizam nelas. Já frequentei igueja católica, protestante (nemos q todas), terreiro, centro espírita (e ainda frequento, vez ou outra) … e em todas há homofóbicos e não homofóbicos… porque antes de serem crentes são, quem diria, justamente, seres humano.

        E digo mais, desce uma gelada ai que o papo ta bom…

        au revoir mon amour : )

      • Jac disse:

        Refleti, pensei, consultei as estrelas e ouvi meu coração e decidi que não vou alterar o post.

        Claro que eu sei que há gay que não gostam de trans, trans que nao gostam de lésbica, lésbica femininas que não gostam de butches, lésbicas que não gostam de bi, etc, etc. Mas esse não é um comportamento incentivado pela comunidade, até agora não vi gay que achasse que lésbicas não deveriam ser incluídas numa lei contra homofobia ou coisa do gênero.

        E quando eu fiz o blog (e escrevi o About sobre ele) já disse que não vou ficar repetindo toda santa hora que há exceções.

        “Lésbicas são bitches, mas existe lésbica boazinha”, “Ser homossexual não é escolha, mas tem exceções”, “Blablabla, mas tem exceções”.

        Não gosto de fazer isso porque eu não gosto de ler textos que toda hora tem que ficar “amenizando” o que disseram e fugindo no final de emitir uma opinião. Não é meu estilo.

        Se eu ainda estivesse ofendendo uma minoria eu de certo editaria (como já aconteceu por ignorancia), mas eu não estou ofendendo ninguém e não sinto que seja o caso de editar.

      • Juliana Roam disse:

        De tudo, adorei o Onassis! kkkkkk! Vou adota-lo para tratamento de minha nova “idala” aquariana como eu.
        Bj e aguardo demais as atualizaçoes.
        Ps. Meu pc e estrangeiro e ainda esta desconfigurado o teclado, desculpe-me os erros.

  19. Cacau disse:

    ahm, falando da minha experiência..
    bom até hoje eu só tive um namoro e ele acabou por conta de religião, minha namorada disse que não era correto duas meninas namorarem porque estava escrito na bíblia que não era correto, que ia contra o modo que ela havia sido criada e que todos os problemas (preconceito) que tinhamos, era porque nós iamos contra a natureza da vida e tudo.
    Bom, depois que terminamos, eu continuei católica e ela mais ainda. Tentei mostrar pra ela que não estava correto terminar uma relação de 11 meses, porque “Deus não queria”; concordo com você que Deus se preocupa muito mais com milhões de africanos que passam fome do que com duas pessoas do mesmo sexo que se amam.
    Acho que todo mundo tá aqui é pra fazer o bem e amar ao próximo mesmo.
    Excelente post :*

  20. Gabriela disse:

    Eu já vi relacionamentos acabarem por causa de religião… isso é uma bobagem. Tem que ver que ainda existe uma espécie de “lavagem cerebral” nas igrejas mais fervorosas, tipo evangélica. A pessoa é conduzida a pensar só de uma forma e reproduz aquilo como verdade absoluta, é óbvio.

    Acho assim. Tanto faz a religião que a pessoa tem. O que realmente falta é respeito. O que se chama “religião” deveria ser um conjunto de preceitos para auxiliar a pessoa a desenvolver o raciocínio, respeitar o próximo, buscar força nos momentos difíceis e nos não difíceis, algo pra promover a compreensão. É por isso que não se precisa de construção física para que isso aconteça.

    História é importante pq costuma se repetir quando os mesmos erros são cometidos. Uma coisa que sempre tenho em mente é que quanto pior for uma atitude, mais a consequência dela se estende ao longo do tempo. Sendo assim, chegamos a um ponto na vida em sociedade em que precisa ocorrer uma revisão de valores morais e éticos, sob pena de que, se não o fizermos, as coisas não entrarão mais no ritmo. Aí, sempre tem alguém tentando impôr a vontade através da força, da ameaça e de todo tipo de desrespeito e violência.

    A bíblia ou outros textos religiosos são fonte histórica, de orientação moral também. Mas é preciso ter um filtro né, claro. Todas as religiões têm preceitos que se considere bons… assim como preceitos considerados duvidosos.

    E vou concordar de novo: pq ficar enchendo o saco com quem só quer amar, só quer ser feliz e pronto? Tem tanta pouca coisa pra se preocupar né? Tá tudo certo: hospital em dia, comida pra todos, moradia, educação…

    As coisas sempre são dificultadas pq a grande maioria das pessoas não tem a capacidade de conseguir se pôr no lugar dos outros, nem pensa em imaginar pra ver o que acontece.

    Tenso. u.u

  21. josé silva disse:

    Em poucas palavras eu comento que o preconceito contra as pessoas, seja qualquer opção de vida, são os comportamentos que os referidos fazem. Escândalos, aparência exóticas tentando “aparecer” e muito mais coisas. Nada contra os gays e demais opções mas não precisa de mais leis para acabar com isso. Eu acho uma afronta esta forma de jogar os seres humanos uns contra os outros no que o governo acaba de lançar. Isso é uma tremenda DEMAGOGIA eleitoreira. Todos tenham calma e procurem fazer uma reflexão para não termos que assistir uma verdadeira desordem em nosso país. Deus salve o Brasil.

  22. Sol disse:

    … é engraçado como uma simples observação (de minha parte) sobre algo (que é um assunto tenso) pode causar tanto clima. Je t’adore mon amour e não quero que mude seu post em nenhuma vírgula, não pedi isso e acho que expressei que aquela era a minha opinião (e não uma norma). Prometo não mais fazer esse tipo de observação. Existe uma explicação por eu ter me detido naquele item e que tem relação com outra discussão também espinhosa: o de ser negro em uma sociedade hipócrita como a nossa, onde todos conhecem um racista/preconceituoso e ninguém, por seu turno, o é.

    Sou mulher, negra (pq parda e morena é papo furado), homossexual, pobre (com muito orgulho, pq faço parte da maioria), nordestina (e que vive no norte), socióloga (heheh) e, pra f… geral, professora! É só escolha o referencial e sua carga de estigma.

    Não defendo opiniões racista, xenófobas, extremistas (inclusive as religiosas) e tudo o mais que atente como o ser humano… sou pela vida, sempre!

    Diz se te ofendi. Se o fiz, adianto o pedido de desculpas… com todas as forças de minhas convicções! Como diz uma grande filósofa da internet – Cleycianne – tá amarrado 3x.

    Queria recomendar esse site (inclusive pra ti) que é bem engraçado, sobre esse negócio de religião x homossexualismo; http://www.cleycianne.com/.

    abraço

    • Jac disse:

      Ah, sim desculpe. Acho que interepretei mal teu comentário. Enfim, estou numa fase muito irritadiça ultimamente e, se serve de consolo, ninguém está escapando ileso disso ahhahahaha

      (E se eu não coloco emoticons no texto eu pareço 50x mais irritada que o normal ^^)

      • sol disse:

        uffaa… acho que fizemos as pazes!!!

        quanto à sua irritação, por conviver tão intimamente com uma mulher, já estou me acostumando (para o bem ou para o mal) com ataques de TPM extemporânea.

        bjsmeliga!

  23. cacau cardoso disse:

    Achei esse blog quando estava(e ainda estou) me descobrindo bissexual. O curioso é que até então eu tinha uma idéia sobre o que era homossexualidade- por ter dois primos homoafetivos na família- e depois que comecei a conhecer um pouco mais, descobri que é muito mais do que eu imaginava. E que é muito simples para quem é heterossexual, apontar os nossos supostos “erros”… Hoje, aos 20 anos de idade, e oito meses depois de beijar uma garota pela primeira vez, eu espero que possa ampliar minha visão sobre assunto, e claro, esse blog colabora bastante. Obrigada, Flexões Lésbicas! hahaha

  24. Gabriella disse:

    Vai lá no teu e-mail e responde lá a minha pergunta,pf
    gogaby123@gmail.com
    Eu deixei lá,responda pf,pf
    🙂

  25. Bi-living disse:

    Visitem meu blog (: :*

  26. kléoh disse:

    Nuss guria, cada dia o seu blog fica mais foda O/
    Um tema que gera muito papo e com direito a umas geladas [ como disse a outra guria lá] UHASUAHSAUHSU’

    Eu sou um dos poucos bi’/gay/lésbica que conheço que procura estudar/conhecer/filosofar/discutir esse tipo de assunto.
    Gostei de saber que você tem uma opinião a respeito [ e como sempre com um humor delicioso] :]

    De tanto curtir seu blog’ queria ser lésbica agora Ç________Ç
    UAHSUAHAHSUHAUHSHAUHS’

    Beijos e sucesso .-.

  27. Roberta disse:

    há pouco tempo fui procurar conteúdo sobre pq na minha família tenho fanáticos por religião….dai queria ter argumentos..sei lá, to nem ai pra eles..

    ja viu isso http://www.diversidadecatolica.com.br/pergunta3_0707.asp

    isso http://www.igrejacontemporanea.com.br/v3/index.php

    http://www.youtube.com/watch?v=m1C0WgjHYfo

    Enfim …agora o desabafo, teve uma época da minha vida que participei da RCC e confesso que sofri uma lavagem cerebral, tudo que eu pensava de errado, e esse errado era gostar de meninas estava influenciando diretamente em coisas ruins que estavam acontecendo na minha vida, perder emprego, brigas etccccc
    Minha vida era pedir perdão pra esse DEUS que eu não sabia onde tava…

    Estudei até o ensino médio na Escola Adventista pois era a melhor escola da cidade onde morava….enfim foi chumbo de todo lado em mim..e é isso, hj estou tranquila, não vou mais a igreja, pratico meditação, leio muito Osho ..mas nada paranóico, tudo bem tranquilo..

    Excelente post..bjs Jac

  28. Mayara disse:

    Outra questão que temos analisar e que pessoas ignoram muitas vezes, Jac, é a existencia apenas do Adão e Eva(e não Adão e Ivo, Adona-o gene mais velho da Madonna?- e Eva), um dos argumentos preferidos dos justificadores do preconceito contra nós.
    Eles tiveram filhos certo?
    Ok, mas acredito que nem Adão e nem Eva tinha tanto fogo pra fazer milhares de filhos, caso não tivesse rolado INCESTO entre os irmãos/pai/mae…. Mesmo se tivesse feito 100 filhos, tinha que rolar o tio com sobrinha, neto com Eva…
    Quer dizer que por essa lógica, por ter tido incesto, é porque Deus quis que tivesse e que é certo?
    E quem garante que o Adão não se “divertiu” com algum neto,já que eram tudo da mesma familia? Se fosse por isso nem poderia ta usando o PC and internet porque Deus não fez naquele momento, ok, exemplo meio patético, mas é o que tem pra hoje…

    Se fez apenas Eva e Adão, se eles fizeram amor, foi porque a unica opção era aquela, e que era essencial pra propagar a espécie.

    • Chis Trevizo disse:

      Adão é Eva é historinha, não critique eu mirabole sobre o que eles deixaram de fazer ou fizeram… O que podemos tirar desse trecho é a já latente concepção de que as relações sexuais se baseiam no “homem vs mulher”.
      Os judeus ignoravam nessa crença tudo o que ocorria no vasto Imp. Romano e na Grécia remanescente (homoafetividade era comum). E escreviam esses indiretinhas bíblicas…

      • Thiago disse:

        Chis, os Judeus escreviam essas indiretinhas por volta to Séc. XVIII a. C. nessa época tínhamos a migração dos povos que formam o que chamamos depois de Grécia e a monarquia romana so em 753 a. C.

  29. Marcelli disse:

    vc não vai continuar postando outras coisas ??! já deve ter umas 2 semanas q passo aki e não vejo novidades. Continue atualizando se possivel.
    bjusss

  30. Wendy disse:

    Embora não seja marxista, identifico em Marx um grande filosofo, um tanto utopico, mas nunca deixou de dizer grandes verdades! por isso faço, questão de citar uma frase genial deste!

    “A religião é ópio da sociedade” hahaha, não preciso nem fazer grandes comentários, esta tudo mais do q dito!

    E só para complementar, vamos citar a frase famosíssima de Rousseau “O homem nasce puro, é a sociedade que o corrompe”

    É evidente que durante toda nossa história, a religião foi empregado como uma forma de manipulação e que os conceitos morais de nossa sociedade ocidental, foram baseadas normas cristãs.

    O grande problema é que, por mais antigo que isto soe, esta enraizado em nossa sociedade, podemos não ser cristãos, mas a nossa forma de pensar é muito similar, principalmente no que diz o quesito moralidade. E porque? pq desde que nascemos nos foi dito q essa era a verdade, entretanto, nos não nascemos com esta moral, ela não vem em nosso DNA, então até que ponto é real ou não, esta moral? Será q não passa de manipulação?

    Bem, simplesmente quis fazer uma “flexão” em cima do assunto do teu post, hahah mas como sempre parabéns, vc é simplesmente genial!

  31. Carolynna disse:

    Oiee Jac, tudo bem?

    Passando só pra avisar que tem presentinho pra você lá no meu blog,
    quando puder passa lá pra pegar.
    Beijos

  32. Chis Trevizo disse:

    Muito bom!
    Não é preciso entrar no latim mais profundo, pra perceber que nunca existirá uma obra impessoal. Não é difícil perceber o que faz bem o organismo espiritual e o que faz mal. Basta sermos “humanos” e darmos breves olhadinhas ao nosso próprio umbigo.
    O pior problema não está na religião, e, sim, na alienação.
    Ótimo post.

  33. =X disse:

    Jac… Tenho uma sugestao de gaydar, parece q eh babado velho, mas fiquei sabendo recentemente. Sheilla castro e mari do volei. Eh amizade o bafon? O mais estranho p mim foi a ida p fernando de noronha. Se for verdade eh o casal mais bonito que eu ja vi.

  34. alecky disse:

    Sou catolica, e frequentemente vou a igreja. Sei extamente que a igreja é contra, mas nao permito que este tipo de disccriminacao onfluencie na minha fe. Se vao me aceitar ou nao depois do juizo, nem me importo, o que tenho de pensar e em estar bem comigo. A fe e uma ajuda, mas na pode fazer com que sejamos influenciados.

    OT http://meumundo-alecky.blogspot.com/

  35. luis carlos disse:

    Ai,o homem tem livre arbitrio pra ser o que quiser,mas aquilo que você planta você colhe,carta de Paulo aos romanos Cap 1-vs24,28 responde as duvidas de todo mundo ai em cima.Agora o camarada que deixa de ser homem,vou dizer uma coisa:È porque no passado ele não dava conta do recado,dai preferiu mudar de opção sexual.

    • Jac disse:

      Puta que pariu… Eu tinha até comentado recentemente que meu blog não tinha um comentário de gente imbecil, foi só eu falar e você apareceu.

      Um homem gay precisa dar muito mais conta do recado que um hetero, e eu tenho mais noção do que falo do que você.

    • Sheila disse:

      Estranho.. nunca vi gay ir em blog/site/whatever religioso pra ficar enchendo o saco do povo. Depois nós é que somos desrespeitosos ¬¬

    • Thiago disse:

      Educação ZERO hein Seu Luis, ta dando conta do recado voce?

  36. Sheila disse:

    As vezes (muuito raramente) encontramos alguns religiosos que não são estupidamente ignorantes. Fico muito feliz sempre que vejo uma coisa assim, como esse texto do Frei Betto http://amaivos.uol.com.br/amaivos09/noticia/noticia.asp?cod_noticia=18026&cod_canal=53 . Pra quem sente essa “culpa católica”, vale a pena ler.

  37. *Anônima* disse:

    Essa pessoa q escreveu,botou tudo errado pq eu fui na biblia e ñ tinha escrito oq ela botou!!!

    • Jac disse:

      Um homem pode vender sua filha como escrava (Êxodo 21:7);
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/2/21 – Veja o 7

      Comer moluscos é uma abominação (Levíticos 11:10)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/11/10+

      Você não pode se aproximar do altar de Deus se tiver algum problema de visão (Levíticos 21:20)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/21 (Dá umaolhada do 17 ao 23)

      Se você for homem, está proibido de aparar a barba (Levíticos 19:27)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/19 – Veja o 27

      Se você tem uma plantação, você está proibido de plantar dois tipos de vegetais no mesmo campo (Levíticos 19:19). Também está proibido de usar roupa com dois tipos de tecidos (Levíticos 19:19)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/19 – Veja o 19

      Se você quer produzir um odor agradável a Deus, queime um touro no altar como sacrifício (Levíticos 1:9)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/2 – Veja o 9 (aqui ele não fala exatamente em carne, mas também só proíbe fermentados e mel)

      Se você é mulher, está proibida ensinar ou ter domínio sobre um homem. Você tem que ficar calada. (1 Timóteo 2:12)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/1tm/2 – Veja o 12 – está bem claro aqui

      Um casamento só deve ser considerado válido se a mulher for virgem, se ela não for deve ser apedrejada na rua até sua morte (Deuteronômio 22 13-21)
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/dt/22 – Veja do 13-21 (se o homem falar que uma virgem não é virgem, ele paga multa. Se ela não for virgem, morre apedrejada)

      Como esse imbecil aqui na imagem que tatuou Levíticos 18:22 (“Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é”), mas ignorou Levíticos 19:28 que proíbe tatuagens
      http://www.bibliaonline.com.br/acf/lv/19 Veja 28 – “nem fareis marca alguma sobre vós”

      Vai ver então a bíblia online está toda errada… E nunca mais ouse insinuar que eu não averíguo as coisa antes de colocar no meu blog, bitch.

    • Thiago disse:

      Anônima, a gente precisa entender que mesmo que esteja escrito isso mesmo lá, isso foi escrito em um contexto muito diferente do nosso, cerca de 1400 a.C (antes de Cristo), assim como os primeiros códigos de lei, como o código de Hamurabi (cerca de 1700 a. C) e não se encaixam na nossa vida hoje, nem aqui, nem em Israel e nem no Iraque (lugar que Hamurabi reinou antes de se chamar Egito).

  38. Minerinha disse:

    Gostei do assunto, + religião é questão de respeito, afinal cada um pensa de 1 forma, cada pessoa tem a sua fé e crença. Sou católica, Lésbica a pouco tempo, vou a missa todos os finais de semana + ñ é por obrigação e sim pq é na igreja que eu encontrei força p passa a fase + difícil da minha vida, q foi o momento q contei p minha mãe q estava apaixonada por 1 amiga e ela me condenou, teve 1 reação oposta da q eu imaginava, é preconceituosa e ñ aceita nem a pau eu ser lésbica, e nesse longo ano de julho de 2010 até hj foi Deus q me deu força p aguenta essa tempestade….pq a amiga por quem me apaixonei simplesmente me deu as costas, ñ quis + fala comigo.
    E no final do ano passado na confissão individual c o padre eu contei p ele q sou lésbica pq queria v a reação dele, c ia me chinga, pq c chingasse ele iria ouvi ahhh + ia, e por incrível q pareça ele ñ me julgou, conversou comigo, disse q quem é ele p me julga, q ele é 1 homem cheio c defeitos e qualidades, + q ñ tem o direito de me julga, disse q foi 1 escolha minha, ai nessa hora eu disse, ñ ñ, eu ñ escolhi, pelo contrário fugi por anos desse sentimento, + eu decidi ser feliz e ñ fica em depressão como eu fiquei qdo me descobri lésbica, e ele me disse, DEUS AMA SEUS FILHOS INDEPENDENTE DE COR, SEXO, RELIGIÃO E “OPÇÃO SEXUAL”, Ñ É PQ VC É LÉSBICA Q ELE Ñ TE AMA, C FOR PECADO MESMO PESSOAS DO MESMO SEXO NAMORAR, CASA….QDO VC MORRE VC VAI SABE, EM NENHUM LUGAR DIZ Q DEUS Ñ AMA OS GAYS, LÉSBICAS. Em momento algum, desde q descobri q gosto de mulheres, eu me senti culpada em relação a religião, enfrenta a família é mil xxxxx pior do q culpa pq Deus ñ aceita, pq a igreja ñ permite, depois de ouvi isso q o padre disse vi, ele pensa dessa forma, + ñ são todos padres q pensam assim, é ai q entra a questão do respeito.
    Para as pessoas q ñ acreditam q exista 1 ser maior, Deus, eu respeito, + eu sei q ele existe e q ele tem coisas maiores a c preocupa do q c relacionamento de MxM ou HxH.
    E tem 1 q coisa q observei desde q me descobri lesbica, a igreja catolica pode ate ser preconceituosa, sim, + ela nunca obrigou nenhum catolico a deixa de ser gay/ lesbica p frequenta as missas ou grupos de oração, já as igrejas evangelicas obrigam os gays ou lesbicas “c libertarem da opção sexual”, qtas vezes eu já ñ ouvi q 1 gay deixou de ser gay p frequenta o culto, pelo menos “isso” ñ existe na igreja catolica, conheço muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito gays e lsbicas q frequentam a igreja sem precisarem abri mão da felicidade por 1 simples intolerância da igreja.
    Enfim, religião é 1 assunto q causa polemica….

  39. Thiago disse:

    Olá, belíssimos argumentos, porém TEXTO SEM CONTEXTO É PRETEXTO PARA HERESIA.
    Você precisa saber encaixar o texto com o contexto histórico da época, e aprender um pouco mais homilética e hermenêutica, para poder interpretar esses textos, eles foram escritos para povos diferentes em épocas diferentes, e como historiador e professor de história de várias escolas do Rio de Janeiro, posso afirmar com toda certeza, que você realmente precisa entender desses livros para falar deles, você não pode pegar um contexto histórico de de 1580 a. C. e encaixar hoje, tanto na história dos judeus como na nossa, isso não existe.
    Procura entender o porque do livro de levítico foi escrito, para quem e em que época, procura entender porque as mulheres não escreveram os livros e procura ver se em países como a Grécia, Fenícia, Persa ou Egito, dentre outros, existe relato de que mulheres escreviam.

    Parabenizo pelo pelo argumento, porém, quem tem um pouco que conhecimento histórico e filosófico entende que é papo pra boi dormir, porém, assim como eu disse, você tem todo o direito de afirmar tudo isso. Termino aqui com a celebre frase de Voltaire:

    ” Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”. Voltaire.
    Um forte abraço.

    • Jac disse:

      Só pelo uso da palavra HERESIA já dá pra perceber que você é religioso.

      E por que a ladainha de contexto histórico se aplica só quando é pra defender a religião? Por que nunca usam esse argumento para a condenação que fazem a homossexualidade?

      Enfim, tudo o que acontece no mundo está num “contexto histórico”. E se tudo fosse acatado pelo “contexto histórico” a humanidade nunca mudaria. E não é por estar num “contexto histórico” que não é uma merda (vide Nazismo, caso queira um exemplo inquestionável).

      E não fique usando sua formação acadêmica para tornar seus argumentos superiores porque isso é deselegante.

      • Thiago disse:

        Longe de mim mostrar o meu conhecimento acadêmico pra me tornar superior, porém se você assim entendeu, me desculpe mas não posso fazer nada.
        O seu conceito de religioso é muito diferente do meu, você parece ser uma pessoa extremamente religiosa, porque não entende o ponto de vista alheio e vive sempre da mesma forma, ISSO É SER RELIGIOSO.
        Quando me referi ao contexto histórico, eu so pedi para você encaixar o seu post ao contexto da época, se você criar um poste para falar da condenação da homossexualidade e com argumentos plausíveis, eu estou aqui pronto para te mostrar o que for preciso, não pra defender A ou B, mas pelo compromisso de com o tão lindo e maravilhoso CONTEXTO HISTÓRICO.
        E para os que são muto religiosos:
        “A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original”. Albert Einstein.

        Reconhecer, assim como eu reconheci seu belo argumento, faz bem à saúde.

        • Jac disse:

          Não houve objetivo nenhum no seu comentário falar que você é historiado plus professor de história a não ser validar seu discurso. Ou, em outras palavras, a carteirada: com quem você pensa que está discutindo? Eu sou historiador e você não é, logo minha opinião vale mais que a sua. Isso me deixa puta da vida – não me interessa se você é historiador, adevogado, médico, presidente, zelador ou whatever. Um bom argumento é um bom argumento vindo da boca de quem for.

          E o fato de eu não mudar de opinião com os seus argumentos está longe de te dar conhecimento sobre a minha pessoa a ponto de você falar “vive sempre da mesma forma”? Você me conhece? Sabe da minha vida? Sabe o que eu pensava 5 anos atrás e o que eu penso hoje? Sabe das minhas experiências de vida? Sabe meu “contexto histórico”? Não! Então calma lá com o lugar-comum antes de soltar um “metamorfose ambulante”. Eu mudo de opinião se EU achar que devo. E seus argumentos não me fizeram mudar de opinião, simples assim.

          E o que você quer? Eu reconheço que há um contexto histórico pra bíblia. Assim como há um contexto histórico no qual está inseridos todos os filmes produzidos. Assim como há um contexto histórico para a idolatração do Justin Bieber. TUDO nesse universo tem um contexto histórico. No meu texto, explicar qualquer contexto histórico da bíblia é DESNECESSÁRIO. Pelo simples fato de que no contexto histórico atual essas idéias são claramente obsoletas. E no meu texto, eu utilizei essas idéias CLARAMENTE obsoletas como forma de frisar que a ideia “homossexualidade é pecado” é tão obsoleta quanto os exemplos anteriores.

          Por eu entender que os exemplos bíblicos são tão OBVIAMENTE, CLARAMENTE, EXPLICITAMENTE inaplicáveis no contexto histórico atual, que eu julguei desnecessária qualquer explicação histórica (que utilidade teria no meu texto falar que era proibido comer frutos do mar porque, sei lá, muitas pessoas morriam por uma doença que se pegava comendo lagosta milhares de anos atrás?). O objetivo do meu texto claramente não é explicar a bíblia!

          E, por fim…

          “O contexto histórico atual não é mais aquele em que pessoas que citam frases de grandes pensadores da humanidade ganham mais credibilidade na internet”. William Shakespeare

          • Ana Raquel disse:

            Meu Deus, Jac….haja paciência pra ti gata. Eu achei teu post tão claro, mas eu estou sinceramente surpreendida com a frequência e intensidade que teve que explicar/ esclarecer o que você escreveu. E para pessoas supostamente *estudadas* o.ô

            Mas olha eu morri com a ultima de *Shakespeare*… lmao

            te cuida guria xoxo

    • Gabriela disse:

      Desculpa me intrometer, mas…
      Vc comentou em vários lugares dando uma aulinha aí então do que foi ou não foi. Já que vc acha que tudo o que foi escrito tá errado, que “texto sem contexto é pretexto para heresia”, então pq o senhorito não faz um favor e monta um texto excelente e blahblahblah em algum blog? Não pode mesmo encaixar algumas palavras no contexto atual… contudo, pense bem! Será que todas as pessoas já sacaram essa? Sinceramente. Tudo depende de quem é a parte interessada. Quando é para justificar atrocidades, muita gente se justifica com a bíblia/outros livros e afins. Agora, quando é para defender os homossexuais, por exemplo, eles dizem que não é bem assim, que é um erro de interpretação. E eu não sou atéia, antes que já me venha de mimimi.
      Bom… resumindo. Se vc quer /que algm te consulte para escrever textos, pq não tenta fazer o teu próprio blog?
      A primeira criatura que diz que o outro é inflexível e vive sempre da mesma forma geralmente é o cara mais cabeça dura e inflexível de todos… é o único que não enxerga.
      Resumindo -2: estou num dia bem cansativo, venho aqui dar uma lidinha bem de boa, e tem esse blahblahblah todo aí… que saco vc hein.

      • Minerinha disse:

        Nossa, esse bofe deu o q fala….sinceramente, vc q apenas chama atenção e mostra “como eu sou culto e tenho formação…”
        Querido, a grande maioria das girls aqui tb tem formação academica, sorry, e vc levou sua opinião totalmente fora do objetivo do post…
        E concordo com a Gabriela, vc que aparece….descola 1 blog p vc e para de enche o saco aqui.
        TRADUZINDO P SUA FORMAÇÃO ACADEMICA…(VAAAAAAAAAAAAAAZAAAAAA, FORA, XÔ)
        É PRECISO DESENHA?

        Obs: Jac, vc manda bem no português, gostei da sua pontuação. E constumo ser educada c as pessoas, + esse bofe ai já deu ne.
        Concordo q cada um tem sua opinião, ainda mais c tratando de religião….já disse q respeito, só q o q ele escreveu já ñ é + questão de opinião e sim aparece mesmo.

      • Paulinha disse:

        Olhá, eu entendi perfeitamente esse rapaz.
        Essa menina Jac, ela está induzindo muita gente ao erro, assim como o artigo do Frei Beto que falaram lá em cima.
        Parabéns aos dois, questionar sempre é bom, e faz crescer mesmo.
        Parabéns aos dois.

        Thiago, parabéns guri, concordo em tudo.

        • Jac disse:

          Seguinte… Vocês claramente caíram de para-quedas no meu blog e estão pouco se lixando para a questão de religião e homossexualidade, só estão implicando com as citações a bíblia. E eu posso apostar que vocês não pegaram a bíblia para procurar cada um dos versículos que eu citei aqui (como eu FIZ).

          Então quem acha que eu estou induzindo ao erro, PEGUE A BÍBLIA E CONFIRA CADA UM DOS VERSÍCULOS. Leia os que vem antes, os que vem depois (como eu FIZ). A única coisa que foi induzido foi o fato de a oferenda queimada com cheiro agradavel a Deus ser um touro (que não estava nos alimentos recomendados… mas tbm não nos proibidos). O resto está tudo lá.

          Caso a preguiça de pegar a bíblia seja muita, num dos comentários acima eu postei os links da bíblia online para TODOS os versículos. E uma última vez:

          ***********************PEGUE A BÍBLIA E CONFIRA CADA UM DOS VERSÍCULOS*****************

          antes de falar que eu invento coisas, ou induzo ao erro (sem especificar qual o erro e qual o certo)

        • Ana Raquel disse:

          Agora quem vai falar sou eu: (ta bom que o post está aqui há um tempinho, mas eu só li agora) Damn fucking shit! Vai falar merda sem fundamento na puta que pariu ¬¬
          Leia o post pelo menos umas duas ou três vezes antes falar crap. Escrotice…

  40. Thiago disse:

    corrigindo POST*

  41. Thiago disse:

    Meu objetivo de maneira alguma foi chamar a atenção de alguém e muito menos querer discutir com alguém, eu so quis expressar minha opinião e acho que tenho o direito da mesma forma que vocês.
    Agradeço desde já o espaço, e agradeço muito a vocês por me fazer refletir, entender, conhecer um pouco mais, porque nem sempre aqueles que concordam conosco nos fazem aprender, muito obrigado porque através de vocês minha mente jamais voltará ao tamanho que era antes.
    Agora, o que vocês pensam ou deixam de pensar não me interessa, e eu que o que eu penso também não te interessa, mas não é por isso que vou deixar de expressar minha opinião, eu acho que vocês devem abrir a mente de vocês pra novas idéias, ou pelo menos reconhecer, isso faz a gente crescer.

    E pode deixar eu to VAZANDOOOOO, mas to vazando muito feliz, porque sei que fiz vocês pensarem, argumentarem, e assim crescer mais, assim como eu.
    BEIJOOOOOOOOOOO MEUS AMORES.

  42. Paulinha disse:

    Você está muito enganada, eu não so li, como procurei estudar tudo que você colocou como referência, não so em na bíblia, como em livros e na internet.
    Eu estudei muitos antes e li tudo isso aqui.
    Foi só a minha opinião, talvez você não induza todo mundo, mas algumas pessoas são induzidas ao erro, SIM.

    Beijo.
    ADEUS.

  43. Brisa disse:

    Jac, peça pro seu pai congelar esperma, o mundo precisa de mais pessoas como você!

  44. Willy disse:

    A única coisa que concordo disso tudo é que realmente a religião distorce a visão de um Deus amoroso e sobrenatural e que não devemos sem preconceituosos com ninguém. Na bíblia fala que as coisas do espírito só se discernem pelo mesmo, o homem que vive na carne nunca entenderá. Realmente na bíblia não existe relatos de que Deus é “contra ou a favor” do homossexualismo, mais Deus deixa bem claro o que agrada e desagrada o seu coração. Se realmente Deus não existe, queria explicações para o surgimento do mundo, e não me venha falar sobre o big-bang porque isso te tornaria ridículo. O problema é que as pessoas se tornaram egoístas e só pensam nos seus prazeres e interesses, e não se preocupam com o que Deus está achando disso (até porque nem acreditam em Deus né?). Como se pode usar argumentos bíblicos sem nem nunca ter lido a bíblia? Não se pode discutir sobre uma coisa que não se tem conhecimento.
    Deus não faz distinção de pessoas Ele ama você do jeito que você é, mais isso não significa que Ele concordará com tudo o que você faz! E não é somente na questão de sexualidade, muitos cristãos vivem dentro da igreja de domingo a domingo e também desagradam muito o coração do Senhor, pois a natureza humana é podre, imunda e nojenta. Para Deus se você for homossexual ou roubar um big big é pecado da mesma forma. Mais mesmo assim Ele te ama incondicionalmente e tá esperando ansioso pelo momento de você entregar sua vida a Ele e reconhecer que Ele é o Senhor e criador do mundo.

    Para refletir:

    ” Que ninguém engane a si mesmo! Se algum de vocês pensa que é sábio conforme a sabedoria humana, então precisa se tornar louco para ser, de fato, sábio. Pois aquilo que neste mundo acha que é sabedoria Deus acha que é loucura. Como dizem as Escrituras Sagradas: ” Deus pega os sábios nas suas espertezas” . 1 Coríntios 3:18-19″

    ” Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu a vida do seu ÚNICO filho, para que todo aquele que Nele crer não morra mais tenha a vida eterna. ” João 3:16

    • Jac disse:

      Se você acredita que Deus criou o mundo você tem a mesma mentalidade de 1-Americanos e 2- Gregos de 3.000 anos atrás que explicavam coisas que eles não sabiam como aconteciam com crenças em entidades superiores.

      E claro, eu sou idiota por acreditar em uma criação do mundo baseado em explosões, reações químicas e física (e nós nunca tivemos provas que explosões e reações químicas existissem) ao invés de acreditar que uma entidade superior estava entediada e criou um universo para ficar concedendo benefícios a quem mais puxasse seu saco (e nós temos provas que Deus existe mesmo!)

      Mas enfim, se Deus existe, quem é você, reles mortal de cerne imundo e blablabla (se você se acha tão lixo assim, pode se matar – sério), para se pronunciar em nome Dele dizendo que Ele acha pecado uma pessoa amar alguém com a mesma genitália que ela? Deus te mandou um memorando? Deus desceu dos céus e te falou? Deus escreveu a bíblia? E quem seria Deus? Seria o TEU Deus ou o Deus dos mulçumanos? Ou outro dos 300 deuses que “existem” pelo planeta?

      • veronica disse:

        eu creio em Deus
        e te digo uma coisa jac
        que ouvi de um padre idoso numa missa de domingo
        ele falo nao sei se Deus existe se o capeta existe
        sei q existe bem e mal
        e pecado nao e vc nao cumprir os dez mandamentos
        pecado e vc fazer o mal para os outros , prejudicar
        portanto concluo
        é melhor ter uma namorada do mesmo sexo numa relacao q haja respeito
        q um casal hetero em q ha traicao , excesso de autoridade de uma das partes oque leva muitas vezes a violencia ( agressao entre outras coisas )
        Deus (força maior ou espiritos de luz enfim é aquilo q nos faz bem esta presente na nossa vida qdo praticamos o bem
        eu nao sou homossexual ( pelo menos ainda nao sou rs ) mas uma coisa eu tenho pra dizer as pessoas q mais me fizeram mal ate hj eram heteros rs
        isso nao faz os heteros maus
        nem os homo bons
        homo , hetero , bi seja pluralidade que for sao todas pessoas com sentimenos e problemas , iguaisssssssssssss
        Vc sabe porque pessoas como essas q entraram aqui para criticar em nome da igreja , da religiao de Deus e da a biblia estão dentro das igrejas se intiludando cristaos evangelicos ou sei la oque ??
        resposta
        pq para capeta ela sao mais uteis la dentro infernizando q vai reza
        essa pessoas nao creem em Deus elas creem em juizo de valor
        quem cre em Deus respeita
        pq Deus é amor e paz nao discriminação , preconceito , briga , ira , guerra
        mas isso e antigo se mata em nome da igreja desde a idade media
        em muitos paises ainda hj se mata em nome de uma fé louca
        isso nao existe
        aos fanaticos religiosos —->

        O olho aberto está sempre pronto a fazer a alma falir; o olho fechado, ao contrário, está sempre pronto a faze-la subir para Deus. Crede-me, meus bons e caros amigos, a cegueira dos olhos é, muitas vezes, a verdadeira luz do coração, ao passo que a visão é, por vezes, o anjo tenebroso, que conduz à morte.

        vejam a pessoas pelo q elas sao nao pelas suas opcoesss sexuais

      • Willy disse:

        Eu acredito sim em Deus, pois sei as grandes coisas que Ele tem feito em minha vida, e só quero que saibas que Ele te ama, tanto quanto me ama, sei que um dia você encontrará a verdade, e a verdade te libertará, não adianta entrar em debate contigo, e nem tentar explicar o que ainda não alcanças, a palavra do Senhor me ensina a amar ao meu próximo, me exorta também a não entrar em contendas, não sou eu e nem minhas concepções, nem meus ideais, nem a minha fé que vai fazer você mudar de opinião, mas creio que um dia você saberá e entenderá o que te falo hoje, só o Espírito Santo pode convencer o homem do seu mal, que a Paz de Cristo repouse sobre tua vida, e não esqueça JESUS CRISTO TE AMA, E EU TAMBÉM.(um dia vc saberá, o que isso significa)

      • Jac disse:

        Tá, tá bom.

    • Gabriela disse:

      A única pergunta que eu tenho nem é sobre religião. Religião, cor e amor não se discute e isso não torna ninguém melhor ou pior.
      Só gostaria de saber, pq Diabos vem esses caras/gurias, num blog escrachadamente lésbico pra ficar evangelizando.
      Se vc acha que é errado e a pqp então, meu amigo, deixa que nós arquemos com as hipotéticas consequências (in)existentes e faz favor, pare de ficar de renegando. Não sei vcs, mas se eu fosse hetero e estivesse numa boa com isso, não ia ficar entrando e, blog lésbico pra pentelhar.

      • veronica disse:

        e q esse cara ou guria ta entrando foi levado pra igreja pelo pai ou pela mae e foi exorcisado e ta em abestinencia agora ele q da o testemunho delle ahsuausa
        famoso ex viado

      • B. disse:

        Olha que já conheci ex viado que foi pra igreja, ficou todo sério, pregando a palavra e nananã e depois voltou atrás…
        E também já conheci menino de igreja, frequentador, batizado, todo as pampa dentro da igreja que foi embora pro exterior e tá casado com um cara gatérrimo, podre de chic.
        eu acho incrível a atitude “cristã” dessas pessoas de vir falar um monte sendo que a premissa da religião deles é o amor ao próximo seja quem for…Ou pelo menos deveria ser.
        Passei por isso com minha própria mãe, quando soube que eu era lésbica, ela, evangélica, quase me mata. Falou um moooooooonte, que eu tenho o demonio, vou pro inferno, não sei o que não sei o que, e até hoje não aceita a própria filha porque se não for ht e casar na igreja, não presta.
        Temos um relacionamento até normal, mas ela não admite que se toque no assunto, não aceita minha namorada nem metade da minha vida… Já me machucou, hoje eu to legal.
        Me desiludi muito com esses ditos cristãos que discriminam e te julgam por ser quem você é.

  45. Willy disse:

    Graças a Deus não julgo e não discrimino ninguém, até porque sou tão pecadora quanto você(s)!
    Que a graça e a misericórdia de Deus sejam abundantes na vida de vocês, orarei por suas vidas!

  46. Thiago disse:

    A Jac, não sabe escutar (ler)
    Essa é a realidade e não tente fugir disso, não sei se intenção das pessoas que aqui comentaram foi evangelizar, eu vejo como uma conversa aberta visando sempre aprender mais.

    Ah Gabriela, voce comentou que gostaria de saber “pq Diabos vem esses caras/gurias, num blog escrachadamente lésbico pra ficar evangelizando”. Como eu disse, não sei se vieram aqui com intenção de evangelizar, e eu sugiro outra pergunta: PORQUE UMA ATEIA, ESTÁ FAZENDO FALANDO MAL DE DEUS?
    Será que ela esqueceu que acredita que ele não existe????

    • Gabriela disse:

      Aham, senta lá Cláudia.

    • Ana Raquel disse:

      Se ela *estivesse* falando mal de Deus ela seria tipo um anti-cristo, não?? Sei lá, parece que você não sabe ler. Faça nos o favor e dispense seus comentários por aqui e nem vem com outros pseudônimos. Você já deu seu showzinho e sua opinião já virou figura repetida e não está nos acrescentando. Vai pagar de esclarecido para a Paulinha ali em cima e companhia, mas faça-o SOME PLACE ELSE.

      Good riddance.

      p.s. espero que eu consiga terminar de ler o restante dos comentários sem mais uma palavra sua ou de gente falando nonsense. Caso eu encontre, o jeito vai ser ignorar porque aí vou saber que o teu nível de *tapadice* realmente te impede de entender o recado. #frustranteedesgastante

  47. Jac disse:

    Tá, então tá bom.

  48. Naria de Lisieux disse:

    “Alaridos! Áspides! Calem-te! A sabedoria é silenciosa e sabe que nossos parcos olhos são tolos flamejantes num mar de gelo e vazio.”

    Aos néscios dogmáticos;
    Deus está para vossa condenação assim como a inspiração afetiva do ser está para o pecado.
    Tais tendências autoritárias, as quais reparo nestes tais seres, repletos de fátua vaidade, parecem-me remeter não aos ensinamentos do bondoso Jesus, mas à lança que fora lançada em seu coração.
    És passível de pensar em tal Cláusula?

    Obs: Sei bem que refletir talvez seja experiência dolorosa para vossas santidades, logo, recomendo uma deliciosa leitura de livro “Hausto Divino – As Pérfidas Flores Do Mau”. É de encantar-se! A página 69 diz:
    ” Quero deleitar-me em vossas ancas, o gemer da natureza em resguardo, como fes-te o criador? Por estrito! És sublime e bucólica, inefável glória, és ti o começo! Quero deleitar-me! Deita-te aqui! Conquanto não possamos frutífero pó germinar, toda vida majestosa geras tu nesta que em ti descortina, e não! Não multiplicaremo-nos, pois tornaremo-nos uma, e este é, minha doce, o milagre mais puro do Criador, pois de que vale o dever de que manda os corpos, quando mais intenso e necessário, é o amor?”

    Cordialmente

    • Jac disse:

      Tá… Valeu, Larissa.

      • =P disse:

        Poxa, meu textinho sofreu descaso…
        Vou deixar claro que minha intenção fora defender a não condenação dos gays. Exagerei propositalmente na linguagem, não é, quase greco, ou bíblica, no texto eu me dirigia aos religiosos que aqui vem pregar que ser homo é pecado.
        E sim, eu troco várias vezes de pseudônimos, não vou postar meu nome verdadeiro aqui, nem Larissa é.
        Adeus

  49. moreoneword disse:

    Como saberíamos sobre Deus se não existisse a Bíblia? A Bíblia é um livro inspirado por Deus escrito por homens certamente. E caso queira ler: 1 Coríntios 9-10 (…) nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
    Caso queira compreender melhor na linguagem atual:” Não se enganem, pois os imorais, os que adoram ídolos, os adúlteros, os homossexuais, os ladrões, os avarento, os bêbados, os caluniadores e os assaltantes não terão parte no Reino de Deus “.
    Isso não significa que Deus odeia homossexuais, mas acho que a Bíblia está bem clara quando diz que homossexuais não reinarão o Reino.

  50. moreoneword disse:

    Errei quando disse : Isso não significa que Deus odeia homossexuais, mas acho que a Bíblia está bem clara quando diz que homossexuais não reinarão o Reino.

    Os homossexuais não herdarão o Reino dos Céus

  51. moreoneword disse:

    Preconceito e não aceitar homossexuais são coisas distintas, só para constar

  52. Thiago disse:

    Ninguém veio aqui condenar ninguém, muito menos eu quis condenar os homossexuais, tenho muito amigos e sem problema nenhum, a minha vinda aqui foi comentar, repito comentar, o post, que fala sobre a biblia, só isso. Ô Larissa, não existe vaidade, existe opinião.

  53. Andhy disse:

    Parabéns pelo seu post. Foi uma verdade indiscutível.

  54. Catherinne disse:

    Terminei meu relacionamento por causa da minha “religião”. Na verdade, não considero o cristianismo uma religião, pois acredito que uma pessoa religiosa não agrada a Deus. A bíblia foi sim escrita pelo homem, mas conduzida pela mão de Deus. Somente os tolos (desculpem pela expressão) não conseguem ver que a palavra é a voz viva de Deus, ele confirma de todas as formas, somente busque-o, invoque-o, questione-o.. “Deus, me confirme se é realmente a tua voz que se executa na bíblia”. Tenho certeza absoluta que

  55. Catherinne disse:

    de alguma forma, ele vai te responder. Ele vai te provar que ele vive e que tudo o que na bíblia escrito está é a mais pura realidade de Deus para a humanidade.. De forma alguma tenho preconceito, mas pessoalmente, sigo a palavra de Jesus porque ela transformou literalmente a minha vida e pode transformar a sua.

    • Jac disse:

      Ahn… resumindo o que você falou:

      Em algum lugar da sua cabecinha você inventou que Deus não gosta de religião. Aí ao invés de você não ter nenhuma religião, você prefere dizer por aí que o cristianismo não é uma religião, apesar de o universo inteiro dizer o contrário (vai ver você considera cristianismo “verdade universal” e não religião falsa, como a muçulmana e hinduísmo). É, quem sabe você não consegue convencer seu Deus, né? Aí você pode ter algumas regalias no céu por não ter uma “religião”. Mas beleza… vou aguardar aqui a prova indiscutível de que Deus escreveu a bíblia e, logo, não gosta de homens com barbas (y)

  56. Li disse:

    Bom, eu sou católica (em partes, e isso significa q eu não concordo c td o q a Igreja prega, nem com tudo o q está escrito na bíblia). Mas sendo católica, eu msm li a bíblia p achar um argumento e ver q não estou “errada” em ser homossexual: resumindo, tem uma passagem, se não me engano, em João, q está escrito algo como: “Deus é amor! E só conhece a Deus aquele ama!”. Pronto! Tá aí o maior argumento (bíblico) p eu acreditar q o meu sentimento de amor deve ser seguido, independentemente se for p uma mulher, ou seja, a única coisa q precisamos é amar! (nossa! ficou lindo esse final!) Só isso! E é “a bíblia q tá falando”! ^^

  57. L disse:

    Gente que assunto polêmico…
    Existe muita contradição em relação as vontades de Deus que constam na bíblia!
    Deus é bom e só Ele sabe que nos fez assim. Independente do que está escrito na bíblia, acredito que o que vale é o que Jesus ensinou, que é amar e respeitar o próximo.
    Acho que á religião não leva ninguém a salvação, pelo contrário, desde sempre religiões só trouxe guerras, tragédias… é meio confuso, mas acredito em Deus, não na religião(igreja).
    Talvez a religião seja o mal da sociedade. Cada um tem direito a ter sua própria opinião, não concordo o fato de igrejas plantarem o ódio e a raiva. Eles se contradizem, enquanto leem a biblia dizendo amai vos uns aos outros. Por outro lado nos jogam na fogueira dizendo que não temos salvação. Note: “Deus repugna o pecado, mas ama o pecador”, é pecado amar? E querer está com quem amamos, é pecado?
    Regras de moral estabelecidas há 4000 anos sendo aplicadas no século 21, só na cabeça obtusa dos “crentes”. Você está usando roupas de mais de um tecido? Pecado mortal, segundo a bíblia. Já se masturbou? Pecado mortal punido com apedrejamento. Mas isso eles convenientemente esquecem, cade a coerência?
    Há indícios históricos que comprovam a veracidade de ALGUMAS passagens, mas acredito que nem tudo que há na bíblia foi escrito por homens inspirados por Deus, pois há muita contradição.
    Sou um pouquinho leiga, quando se trata da bíblia, pois há muito tempo não leio, e nem pretendo voltar…

    Creio que Deus é amor, e nos aceita exatamente como nós somos.
    Deus é simples – as religiões é que complicam tudo!

    • L disse:

      Fico indignada ao ver a ganância e ambição daqueles que se dizem servos de Deus, e de maneira covarde tiram o dinheiro dos mais carentes e ingênuos.
      Por isso não tenho religião, e não preciso dela.

  58. Suzy disse:

    deus é uma imaginação! um amigo(imposto) imaginário criado pela incapacidade de suportar o sentimentos!!!

  59. Ana Raquel disse:

    Consegui chegar ao fim dos comments… uffa!

    Jac, eu repito, particularmente adorei o post e achei que foi muito bem elaborado.

    Acho que eu devo ter citado em algum outro post que eu fui criada em lar cristão. Só depois de minha crise existencial aos 18 anos que aprendi a ser (às vezes mais e às vezes menos) feliz. Questionei o inquestionável 😮
    Todo o meu absoluto desmoronou e fiquei sem chão. Se foi o meu conceito de Deus, que hoje pra mim não existe. [blasfêmia…só de ouvir a palavra eu tremia na base, afinal é considerado o supremo pecado sem perdão, não? muito espertos em inventarem isso porque se vc nega a existência de Deus, você nega todos os etc. ligados a ele e aí não tem como religião/ igreja te manipular. Confesso, foi uma cartada esperta pra manter o *rebanho* com medo, ops, fiéis..] “Deus” simplesmente não faz mais sentido pra mim. Fase pós crise existencial: sentindo-me uma tonelada mais leve, ainda bem que não cometi o suicídio. Agora eu sou uma free lesbian.

    Droga…eu fiz um comentário grande novamente.
    Bom, força naperuca, assuntos polêmicos *causam* pra caraaaaaiiiiiiiiii O_O

    xoxo

  60. Sam disse:

    Fato é que a interpretação de que paulo no novo testamento iguala homossexuais aos piores bandidos (e tb levíticos no velho) validou a perseguição e assassimatos de gays e lésbicas mundo afora. A bíblia tem responsabilidade nisso sim. E que merda é essa de 2 que comentaram usarem o termo pejorativo/ofensivo “viado”, “ex viado”??? Esse blog é de defesa lgbt e não se deve usar os mesmos termos que os homofobicos usam. Essas duas são imbecis!!!

  61. S. disse:

    Mas é só falar de religião que os comentários se multiplicam, aparece gente do nada, que não sei porque motivos está nesse blog, mas tudo bem.
    O fato é que estudo na católica (PUC) e lá tem vários (por motivos óbvios) padres/pastores/filósofos/bisbos/freiras que trabalham/estudam e todos são muito inteligentes, competentes, mente abertas. A religião não é desculpa pra ninguem sair por aí citando passagem da biblia para justificar algo ou exemplificar algo.
    Uma das mulheres mais inteligentes que já conheci é uma pastora (lindíssima, muuuuito sexy, uui, e meio gay), e eu descobri essa “parte” da vida dela porque sou muito pentelha e curiosa, porque se não fosse o Google eu ia morrer achando que ela era atéia, devido aos assuntos e ao nível de conversa que ela tem com as pessoas.
    Ela já publicou um livro e váaarios artigos acadêmicos sobre (homo) sexualidade, feminismo, questionamentos sobre religião e patriarcado/machismo, e ela não é a única que eu conheço que se dedica a essas coisas, e ai ?
    Conclusão: RELIGIÃO NÃO É DESCULPA PARA MENTE FECHADA.
    (E estudar/se informar que é bom ninguém gosta. Só abre o facebook e compartilha fotos bonitinhas de luzes saíndo das nuvens parecendo o Divino Espírito Santo, e acha que isso é ser bom fiel. Por acaso Deus é importante na sua vida? Vá estudar Teologia, oras, até pelo Google dá pra estudar.)
    Ponto final.

  62. Darwin disse:

    meh.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *