The Real L Word – s02e07

***Kacy & Cori***

Num momento claramente hey-vamos-mostrar-que-lésbicas-podem-ser-religiosas da edição, começamos com a butch vai na igreja rezar para a femme engravidar.

Vejam! Lésbicas não são satânicas, elas até vão na igreja – e não viram cinzas!

Depois, enquanto fazem algum tipo de festa, ficam torcendo pra a femme estar grávida. Mas no dia seguinte, a femme menstrua – e volta a fumar.

~FIM~

***Romi***

Romi e Kelsey estão aproveitando o dia ensolarado diferentemente de mim na maior alegria (not) quando Kelsey resolve cutucar o olho do tigre com vara curta:

Seguiu-se, obviamente, uma DR com Kelsey querendo beber alcool e com Romi querendo que Kelsey não beba. À noite, Romi se junta a Whitney (oh yeah) para fofocar sobre Claire (leiam depois a parte sobre Claire). É um super clássico: quando sua atual não está te apoiando sobre algum assunto, você sai com sua ex e, adivinha, ela se mostra super compreensiva!

Tá perdendo pontos, Kelsey!!!

Com o ego massageado, Romi volta a trabalhar (sim, algumas lésbicas trabalham) na sua linha. Ela e sua sócia prepararam um catálogo para mostrar prum tal de Udi, que por mero acaso do destino criou os acessórios para The L Word (longe de mim insinuar que edição andou mexendo uns pauzinhos aí).

Mas se Udi aceitará ou não as peças de Romi e sua sócia, só saberemos no próximo episódio. Muito suspense até lá…

***Whitney***

Na verdade, Whitney ficou mais presente na histórias das outras personas do programa do que na dela mesmo. A única coisa que aconteceu no lado dela foi Rachel perdendo um emprego e desabando. Alyssa resumiu bem a questão: Rachel estava esperando que Whitney fosse um apoio pra ela, o que não é.

E pior que dá pra sentir o quanto Rachel está desconectada do mundo no programa…

***Sajdah***

Sajdah, como lésbica de primeira viagem que teve a primeira vez recentemente que é, está toda feliz e sem noção. Ela e Chanel foram na lavanderia e Sajdah pediu para a outra se mudar para a casa dela. Como se simplesmente isso não fosse pradrão comum entre lésbicas sem noção o suficiente, Sajdah começou a fazer um monte de demonstrações públicas de afeto tesão.

Chanel não estava gostando desse comportamento, mas Sajdah simplesmente ignorou os pedidos da namorada. Chanel tenta novamente conversar sobre a incoveniência de Sajdah, que só quer saber de sexo agora, mas tudo vira blablabla pra Sajdah.

Eu de certa forma tive quase o mesmo comportamento da Sajdah na minha 1ª vez, então ponto para o quesito realidade de TRLW!

Francine (não, ainda estamos na divisão da Sajdah aqui) convida azamigas para uma festa que, como Sajdah bem resumiu, é uma forma disfarçada de festa de fazer azamigas arrumarem o quintal dela .

Sajdah estava toda enturmada na galerë, mas Chanel, por não conhecer as garotas, acabou desconfortável (como eu ficaria), isolada (como eu ficaria) e mandando sms (como eu ficaria).

Outsider das outsiders.

Sajdah reparou que Chanel não estava V1D@ LoK@ como devia, e foi atrás dela encher o saco. Chanel ainda tentou pedir para Sajdah dar um tempo para ela ir aos poucos se sentindo mais a vontade porque é assim que ela funciona, mas Sajdah só escutou isso mesmo quando Romi falou a mesma coisa.

Na saída ainda rolou mais uma DR. Chanel fala claramente e Sajdah simplesmente não escuta e ainda fala que Chanel é quem escuta ela.

Em casa, mais DR. E enquanto Chanel é razovável, Sajdah age como se fosse a pessoa mais incrível do mundo pela qual todo mundo morreria:

BIIIIITCHHH!!! Sabe quando vai cair uma Chanel de volta no seu colo de novo? Nunca, nunca mais!!! Bitch, bitch, bitch!

E assim Sajdah termina o namoro (audácia!) e Chanel sai cantando pneus (lembra do efeito lésbica transtornada + carro?).

***Claire***

ÊÊÊÊ!!! Chegou a hora do barraco, do baixo nível, da estupidez e da falta de noção!!! Para começar temos o nonsense de Vivian chegando no aeroporto para ver Claire, que deixou bem claro que agora que Francine deu um pé nela vai considerar mais Vivian.


E começa minha teoria da conspiração: Vivian não é quem nos pensamos que ela é! Nesse episódio inteiro ela me parece como uma personagem extremamente complexa de filme cult japônes que nós não sabemos de que lado está e o que está pensando realmente.

Linguagem corporal falando.


Enquanto isso, Romi, Kelsey, Francine e a Japa-Cozinheira destilam veneno num barzinho. Francine conta para as outras que recebeu uma mensagem da Claire dizendo que “todo mundo é perderdor no programa, ninguém tem um emprego de verdade, todo mundo trabalha em vendas e fazendo maquiagem… isso não é trabalho de verdade”. Apesar de ela ter uma certa razão (ooohhhh)… oi? Falou a Srª Bem Empregada, né?

Francine também comenta que Claire pediu para ela ajudar no projeto (se é que podemos chamar uma idéia de projeto) tosco. E mais! Claire disse que tudo o que a Whitney faz na vida é festejar (tem uma certa razão) e que a Sara tem cara de cachorro (tem uma certa razão). Romi ficou putíssima da vida e repassou a fofoca adiante.

Enquanto isso, do outro lado da cidade, Whitney, R0S3 V!D@ L0K@ (sim, ela mesma!) e a  versão cigana da Whitney estavam fazendo sabe-se-lá-o-quê num quarto quando receberam as novidades de Romi.Obviamente todo mundo ficou mais puto do que já tava com Claire.

Enquanto isso, no lado tosco da cidade… Vivian está cozinhando pra Claire. Claire então se lembrou como era boa a vida dela ao lado da japa nova iorquina  e blablabla. Melhor parte da cena é quando Claire fala do bendito projeto dizendo que Vivian vai ser a estilista e Romi e Whitney irão posar.

Depois temos um pouquinho de cena de sexo…

Erm… Vivian, a etiqueta está pra fora!

A noite do fatídico encontro Vivian vs Francine chega. Pausa para eu comentar que Vivian está um arrazo no look 95%-femme-5%-butch.

Já a preparação da Claire é essa:

Na festa, Whitney decide aproveitar que a cigana fez o primeiro contato para chegar na Claire e ver se ela falou aquele monte de coisas.

Logo, Francine chegou e foi recebida de forma bem calorosa por Vivian enquanto Claire soltava as cachorras para uma desconhecida.

Whitney aproveitou para tirar a história a limpo com Francine que mostrou-lhe no celular tudo o que Claire tinha falado.

Depois disso, Francine vai conversar com Claire e acaba num delicioso barraco.

Ok, os diálogos foram levemente adaptados… Mas depois do barraco Vivian deu uma chegada na Francine que MEO DEOLS! Jurei que ela ia tascar um beijão.

#VivianPegaEu


Vivian supostamente estava dizendo pra Francine que sabia que ela não era uma mentirosa e dando apoio pra ela, antes que vocês comecem a imaginar coisas!

Depois de tudo isso só restou a Claire sentar e reclamar da própria idiotice…

Shhhhh!

Update:
07/09 – The Real L Word s02e08
11/09 – The Real L Word s02e09 – Final
17/09 – Outro post

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Mídia e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

13 respostas para The Real L Word – s02e07

  1. Gabriela disse:

    Sou super a favor de que a Francine e a Vivian se peguem u.u

    Ain baby, minha garganta começou a doer =( corpo fechado blahblahblah, eu sei =

    Ótimo post, as usual ^_^

    Beijo baby =*****

  2. ju disse:

    sabe, gostava mais quando vc postava sobre assuntos variados, agora seu blog é um resumo de TRLW :/

  3. Mari disse:

    Tambem prefiro as variedades, mas os resumos sao hilarios, ja assisti tudo mas venho aqui ler pra rir dos seus comentarios.
    Parabens pelo blog!

  4. Menina disse:

    Sinto falta dos outros assuntos também… olha só algumas das histórias que ja aconteceram comigo e com as amigas: (dá uma dica de como agir nesses casos), quandoa lésbica não assumida é pega em flagrante pela amiga da mãe ou quando a amiga da mãe diz: é seu filho? e a mãe: não, é minha filha, rs ou como agir na frente da familia da namorada… rs

  5. Menina disse:

    quando a avó mal informada compra um monte de coisas femininas pra neta butches rs
    Mas só pra constar, também gosto do seu resumo do trlw. beijos!!!

  6. larissa disse:

    Também não assisto o reality, só vi o primeiro episódio, mas mesmo assim leio os recaps. São hilários. As vezes eu até baixo um episódio só pra ver ao vivo uma cena que eu tenha achado particularmente engraçada no recap xD (A cena do “Não!! Eu não sou bottom de nada!” ainda me faz rir alto).
    Só uma dúvida, pode parecer meio idiota, mas eu vou preferir perguntar mesmo assim: é politicamente correto chamar Kacy & Cori de butch e femme para diferenciá-las? Não me leve a mal, eu também não sei dizer quem se chama Kacy e quem se chama Cori (nem lembrava como era o nome das duas, tive que olhar, já ia escrevendo “Cocy” rsrs).

    • Jac disse:

      Olha, eu não acho que seja politicamente incorreto porque eu não falei em tom pejorativo (daria para perceber melhor se desse para ouvir minha voz falando). Eu falo butch e femme como se estivesse falando “a de camisa vermelha, a de camisa azul”. E não acho que a palavra butch (sabemos que nos valores da sociedade ser feminina é um elogio) seja ofensiva, ou carregue uma ofensa por si – é o discurso da pessoa que pode tornar a palavra uma ofensa.

      Por isso também que eu sempre uso a palavra “lésbica” enquanto que algumas pessoas ficam meio chocadas com ela. Se não sou EU a dar o tom de naturalidade à palavra, como eu poderia cobrar que as pessoas agissem com naturalidade a quem eu sou?

      Mas pergunta bem interessante, certamente essa discussão renderá um post mais adiante =)
      Ma

  7. ju disse:

    nossa, me desculpe.. mas quando acaba afinal?

  8. Polly disse:

    kkkkkkk. Muito bom.
    Claire loser forever!
    Super acho as fofocas de Romi dignas de estilo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *