MTV Luv – Alvo: Nayara

Como de vez em nunca nós temos um programa voltado para o público lésbico no Brasil, vamos a um recapitula do MTV Luv Versão Sapatão!

Luv é um daqueles programas cafoníssimos de várias-pessoas-disputando-uma-pessoa. E como a MTV gosta de se fazer de modernette quer se diferenciar da Record quer mostrar que é uma emissora a frente do seu tempo, ela fez dois programas especiais do Luv: versões Bicha e Sapatão. Caso você não tenha assistido o programa lésbico, clique aqui.

Primeiro a apresentação do prêmio alvo do dia: Nayara. Ela é baladeira blablabla extrovertida blablabla gosta de mulheres femininas e fiéis e blablabla quem não gosta?

Not bad… at all!

Aí nós descobrimos que ela joga futebol. Oh really, Nayara? Isso prova que é mais fácil eu pegar a Ana Paula Arósio do que encontrar uma mulher hetero que joga futebol, mas enfim… Vamos às participantes:

Mi: Professora de Educação Física, instrutora de rapel e escalada, adora fazer trilhas e luta judô. Você lê tudo isso e pode jurar que a guria é uma baita macha, butch, rainha das caminhoneiras, mas para surpresa da nação ela é assim:

Nada mal também! (Quer dizer... essa blusa aí...)

May: Estilo mais Geek (geek aonde, minha filha?), tímida e está a procura de alguém objetivos concretos de vida (pegar todas as lésbicas da cidade não seria um objetivo concreto?).

Gostei do cabelo e da roupa.

Tha: Boyzinho, ninguém informou a idade dela mas eu dou uns 16 anos, prefere jogar video-game a ir na balada como eu. Fico imaginando qual o nome dela: Thaís? Thábata? Adoro butch com nome de mulherzinha!

Eu tenho um problema com pessoas com "características faciais muito marcantes" então... no me gusta.

Lyn: Bem sem sal tranquila, faculdade de rádio e TV (segundo informações do povo no Facebook ela já participou do Beija Sapo – coisa assim – o que me leva a uma teoria conspiratória de que ela quer trabalhar na MTV), busca uma pessoa verdadeira (oh really?), mas que não seja tão parecida com ela (acho que ela tem suas razões). Nas horas vagas só quer a companhia dos amigos (então tá caçando mulher pra quê?).

O programa começa e eu pelo menos tive a impressão de que a Mi ia levar fácil essa afinal ela é que se assumiu baladeira e faz-e-acontece igual a Nayara. Nós descobrimos que ela nunca teve um namoro assumido. Me pergunto se a outra garota sabia que elas estavam namorando.

Se queimando com a Nayara.

Na vez sua vez, May aproveita as dicas da sua avó para pegar homens e diz que é ótima cozinheira que faz linguado (já estaria eliminada se fosse comigo) e qualquer tipo de doce que tenha álcool no meio [/alcoólica não tão anônima]

 Aí tem a Tha. Até o momento que ela fala eu não tinha nada contra, mas aquele papo de futebol + piadinha sobre sexo logo de cara + aparelho nos dentes não me agradou nem um pouco. Além do que, a Nayara não preferia uma garota mais feminina? E mesmo olhando o lado butch, eu não achei a Tha bonita. Really, sexta-feira eu vi uma menininha toda bofinho super linda na praça de alimentação no Shopping Mueller lendo (ponto positivo) e bebendo cerveja (ponto negativo).

Aí a Lyn acrescenta a importante informação de que ela é ingênua e que as pessoas se aproveitam dela.

Gata, esse ângulo não te favorece...

Gosto Musical

Prova para conhecer as músicas que as garotas gostam de ouvir quando estão em casa. Todas aqui sabemos o quanto o gosto musical é importante no meio lésbico, né?

Mi: Cantinho – Ana Carolina. Oh really, sapatão? Mas Nayara cantou um pouco então é sinal de que ela conhece a música.

May: Tendo a Lua – Paralamas do Sucesso. Nayara fala na bucha que não gosta muito de Paralamas e que prefere outras músicas.

Tha: My Happy Ending – Avril Tempo das Cavernas Lavigne. Fiquei chocada que a Nayara gostou porque, cá entre nós, lésbicas normalmente tem repúdio a música popular e de modinha, não?

Lyn: Acelera Aê – Ivete Sangalo. Aí Nayara informa que foi na micareta sábado passado, então ponto positivo. Não reconheço mais essas lésbicas de hoje em dia…

Varal

Varal é a prova de roupa do programa. Como eu não assisto MTV nunca tinha assitido o Luv, imaginei que seria uma prova em que as gurias iam mandar o casaco/calça/blusa mais descolado(a). Mas a real é que é a prova para mandar a roupa íntima…

Mi: Cuequinha Hugo Boss. Nayara fala na cara que não gostou. Achei uma pena imensa porque a Mi nem era tão butch assim. Era só uma butch de cabelo comprido e maquiagem…

May: Um sutiã vermelho sexy perfumado. No começo a Nayara faz a bitch e desdenha, mas quando ela dá uma conferida no tamanho fala que “tá no ponto” [/sapaton way of talk].

Tha: Uma calcinha para dias de menstruação.

Lyn: Um sutiã cor-de-rosa que a Ellen Jabour disse que é do tamanho dos peitos dela.

Sérião gente, que baixo nível mandar a calcinha… Sutiã ainda vá lá… Mas enfim, a Nayara gostou mais do sutiã XXL vermelho sexy da May.

E nós temos a primeira eliminada… Mi. Quem mandou trazer cueca prum programa lésbico, néam? E eu tinha achado no começo que elas eram super almas gêmeas.

Até a cara de tansa era igual...

Curiosidade

“Hora de descobrir os segredinhos das meninas” [/fala de apresentadora]. Hora de ver algo totalmente irrelevante sobre as gurias [/fala minha].

May: Por ser locutora estudante de curso técnico de locução, a May fez uma dedicatória de música para a Nayara. E nem foi lá grandes coisa, não. Será que ela trabalha na LesZone?

Tha: Fez um drink (i.e. qualquer coisa com álcool e leite condensado) para a Nayara (quem sabe o álcool não deixe a Tha mais bonita, não?). Óbvio que a jaguarice foi tamanha que ela deu uns goles na bebida antes.

Lyn: Aí eu esperando que alguém desse um presente decente para a Nayara e vem a Lyn com os dois primeiros CDs da Banda Eva e contando que ela ama a Ivetona desde 1993 (Xuxa vai entrar em contato contigo, sua sirigaita) e foi presidente de fã clube e blablabla.

PS: Nada contra a Ivetona, gosto muito das pernas músicas dela, mas ser presidente de fã clube de qualquer artista não é exatamente algo que se deva sair contando por aí. Sem contar que isso entrega sua idade, né?

Mas tinha um plus na curiosidade: os CDs eram autografados!!! E eu pensei: “Nossa!!! Que foda!!! Ela vai dar os dois primeiros CDs da Banda Eva autografados para a guria!!! Super presente!!!”

Brochada…

Quiz

Fizeram umas perguntas para as gurias e a Nayara tentará descobrir o que elas responderam.

Tha: Quando você sai a fim de pegação, você…
a) Canta todas as mulheres, mesmo as que não são gay para denigrir a imagem das lésbicas como seres sexualmente incontroláveis que pegam qualquer mulher que aparece no caminho;
b) Toma bastante cuidado para não dar bola fora (adoro a MTV super descolada com gírias como “bola fora”);
c) Nunca toma a iniciativa e espera alguém dar a deixa como 99% das lésbicas que estão se descobrindo e acham que estão na heterolândia;

Nayara apostou que Tha é passivona, mas na verdade Tha se revela uma verdadeira sniper!

E tem mais! Descobrimos que ela só levou dois foras na vida! Vou nem duvidar desse fato, porque dependendo do que nós considerarmos como “fora” eu posso dizer que só levei um fora na vida quando eu tinha 11 anos.

May: Qual casal gay na ficção mais te inspira?
a)Natalie Portman e Mila Imaginária Kunis em “Cisne Negro”;
b)Scarlett Johansson e Penélope Cruz em “Vicky Cristina Barcelona”;
c)Shane e Carmem, em The L Word;

Pode parar aí!

Caaaaalmaa lá, MTV! Vocês tem noção do que estão falando ou só pegaram os casais mais conhecidos do público hetero? Porque para mim essa lista saiu assim:

a)Natalie Portman e seu delírio sexual totalmente imaginário e sem função alguma na história dela além de promover o filme;
b)Scarlett Sem Sal Johansson e Penélope Cruz enquanto estavam num relacionamento com um homem;
c) Shane e Carmem, antes de Shane abandonar Carmem no altar;

Mas enfim, quem sou para questionar alguma coisa, né?

Nayara acredita que May acha mais inspirador ser abandonada no altar, mas May na verdade prefere se relacionar com um homem e dar uns selinhos em uma mulher.

Lyn: Toda lésbica pode ser mais ou menos masculina? Que tipo de pergunta é essa?
a) Pura questão estética, mas existente. Depende do dia, mas não ligo muito;
b) Creio que cada uma se porta e se veste conforme seu bem estar;
c) Não é que eu prefira masculina ou feminina, prefiro mulher. O que importa, é mesmo ser mulher. Já chego chavecando, cê sabe como é! Se é hetero não ligo, vou passando a mão. Às vezes é mini-lesbian atrás de diversão!

Vai, MTV! Deixa o menor-aprendiz escrever as perguntas que vai sair tudo com essa coerência esplêndida!

Anyway, ambas respondem a única resposta decente.

Bailinho

Enquanto que em todos os outros Luv nós temos a prova do Kama Sutra (inclusive no Gay), no Luv Lésbico nós temos uma dancinha. Sabe como é, né? Lésbicas não tem pênis, logo lésbicas não fazem sexo, logo lésbicas não tem posição para fazer….

Tha: Na hora de dançar, Tha mostra que é um perfeito piá de 16 anos com os hormônios a flor da pele e já sai passando a mão, mordendo, cheirando…


May: Como não era a primeira vez que May encostava numa mulher, ela preferiu conversar ao invés de se aproveitar do corpo de Nayara. Aí blablabla vim de Franca blablabla você é de Santos blablabla nada demais.

Aí quando a dança das duas termina, a Ellen Jabour faz questão de comentar que a May é “grande” e pergunta se a Nayara gosta mulheres “grandes”, igual ela…

Lyn: Fato que a conversa com a Lyn foi a mais interessante:

“Não é porque eu gosto de Ivete Sangalo que eu não goste de outra coisa. Gosto de tudo. Ivete só é um detalhe.” = A própria pessoa está reconhecendo que ser fã de Ivete é vergoinha-alheia.

“Meus avós moram em Santos.” = Uhul, vamos nos jogar em um relacionamento à distância! Já caí nessa, só que envolvendo tio em Curitiba…

Lyn: “Não sei, é muito estranho vir num programa para conhecer alguém.” = Não sei mais o que falar porque é muita vergonha alheia estar aqui.
Nayara: “É, eu também não tenho esse costume.Tipo, vim pel’azamigas… me falaram vai lá participar, acabei vindo.” = Química zero.

Aí para fechar a Lyn começa a falar que a Tha estava com ciúmes. Não que eu tenha experiência com programas de TV e não que eu não fosse falar um monte de bobagem, mas não fique falando de outra guria quando você está tentando pegar uma mulher! E nem precisou a apresentadora apartar as rachas que a Lyn já tava se despedindo.

Pergunta Indiscreta

Nayara perguntou para as menina “o que você não resiste em uma mulher?”. Porran, isso é pergunta indiscreta? Indiscreto é perguntar o salário, perguntar se já fez sexo com homem (e se gostou), perguntar se já teve uma DST e se está totalmente curada, essas coisas… Mas enfim…

May: “Um sorriso e um olhar provocante;”
Tha: “Reparo nos olhos e no sorriso. Um sorriso lindo me tira a respiração.”
Lyn: “O cabelo e um belo sorriso.”

"Aaaaaahhhhh.... sorrriso, sei! No meu tempo isso tinha outro nome!"

Jac: “O cabelo tem que ter um bom corte que não deixe ele super liso. Se for pintado, não pode ser nem mal pintado, nem com raíz aparecendo muito. E jamais deve ter aspecto de vassora de palha. O contorno do rosto deve ser bem definido, nada de papo ou rosto muito arredondado. Também não deve haver uma característica que destoe muito do resto, senão eu não tenho condições de olhar para qualquer outra coisa. A altura pode ser mediana para cima, mas se for baixinha então deve haver uma boa proporção para a perna não ser muito curta com relação ao tronco. E a pessoa precisa ter uma boa escrita, não se deixar levar por sensos comuns e postar coisas no Facebook como “eu escuto rock, sou muito melhor do que quem escuta funk”, estar aberta a possibilidade de criar filhos vegetarianos e, claro, ser inteligente, limpinha, educada, sincera, bem-resolvida, drama-free, amável e divertida.”

Bem, de qualquer forma, a Nayara não sentiu uma dedicação forte da Lyn (o rly?) e esta foi eliminada.

Moeda

Prova em que uma simula o primeiro encontro e outra simula uma DR. Prova que não serve para nada na verdade, né?

Tha: Ela tira primeiro encontro e simula que a Nayara é a chefe dela. Talvez desse mais certo se simulassem uma relação professora-aluna porque a conversa delas foi totalmente irrelevante.

Apesar da jaguarice toda, até esse momento era a Tha quem estava aparecendo mais no programa e quem estava com mais chances com a Nayara, mas então veio a DR e, sabe como é, lésbicas são ótimas em DRs…

May:

Case closed.

Segunda indireta do programa. Se colar, colou, né, Ellen?

Redes Sociais

É óbvio que no Luv Lésbico não podia faltar uma stalkeada no Facebook das candidatas.

May: “Alguém que faça massoterapia tá afim de uma cobaia? Me candidato! Por favor, entre em contato via Facebook ou Twitter :)”
Nada como uma piadinha inútil no Facebook…

Tha: “a moça aqui da loja falou uma coisa tão linda do namorado dela “ele não é meu primeiro namorado, mas é o que eu mais amo” own”
Güento não gente que não pontua pelo menos metade do texto que escreve…

Tortura

Finalmente uma prova legal…

May: Lambida no rosto. Desde de que eu vi Sex And The City eu não imaginava como uma lambida no rosto poderia virar algo sexy. Mas até que a May conseguiu com uma mordidinha, meus parabéns!

*me gusta*

Tha: Cheiro no cangote. Nada que não fosse esperado, mas parece que a Nayara gostou…

No report, Nayara diz que os dois foram bons, mas a Tha é “mais safadjenha” (ela fala com uma voz de traveco essa última parte – adorei). De qualquer forma ela deu 3 likes para a May e só 2 para a Tha.

A apresentadora mais atenciosa do Brasil!

Chaveco

Ai, vamos pular essa breguice…

Final

Nayara gostou mais do jeito “simpático e carismático” da…. May!

Terceiro fora na vida...

Ai meu deus, ela tá chorando! Que fofa! Ganhou meu coração (não estou sendo irônica)...

Mas ainda não acabou… As três candidatas eliminadas apareceram para ver se a Nayara ia trocar a May por uma delas… Eu confesso que fiquei com medinho porque já estava super contente com o resultado e nenhuma outra valia a pena tanto quanto a May.

Aí a Nayara demorou… demorou… e até agora não sei por quem diabos ela estava em dúvida, mas ela acaba escolhendo a May (lembrando que ela não tinha visto a May ainda)!

Considerações Finais

Simpatizei muito com a Nayara quando ela escolheu a May. Primeiro por não se deixar levar pelo óbvio e fácil (Tha) e depois por preferir seguir o que ela tinha escolhido ao invés de pegar uma bonitinha do grupo de candidatas.

Isso, inclusive, me deixa com orgulho de ser lésbica. Quando eu assisti o Luv Gay, o final foi tão decepcionante e tão ahn… putaria que acho que mais atrapalhou a imagem dos homossexuais do que ajudou.

Spoiler do Gay: O protagonista escolheu um X, mas ao ver que o Y que ele tinha mandado pastar era super pegável e com aparência máscula, apesar da voz afetadíssima, não pensou nem 5 segundos para trocar. E mais! Um outro candidato eliminado W falou que pegava o X, que foi rejeitado no final das contas. E o X aceitou ficar com o W… Então tivemos dois casais no final… formados pelo simples gosto pela aparência.

E também a May era minha candidata preferida já que parecia ser a que mais se importava de verdade com a Nayara, apesar da timidez. Sem contar que ela é muito mais mulher que a Tha que ainda parece muito criançona pro naipe da Nayara.

E por último, mas não menos importante, não me acho melhor que ninguém, nem tenho nada contra ninguém que participou do programa. Só dei minha opinião como audiência que não conhece ninguém lá e teve um julgamento superficial delas. Então, já que há uma chance de conexão entre o blog e as participantes, não quero me envolver em dramas.

PS: Alguém ouviu a palavra “lésbica” durante o programa? Não estou lembrada de nenhuma vez… Só ficavam usando “gay”, “gay”, “gay”…

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Cotidiano e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

60 respostas para MTV Luv – Alvo: Nayara

  1. Essa Nayara eh muito lindinha <3 nenhuma das 4 valia a pena, digologo

  2. Bell disse:

    Também gostei da May ter sido escolhida : )

  3. Minerinha disse:

    uauuuuu adorei o post, concordo a May foi a melhor, era a + mulherão la, cabelo lindo, boca tb rsrsrs e + madura em relação as outras candidatas…Tha realmente devia t 16 anos estourando 17…as atitudes condenam…rsrsr e a apresentadora….q vestido hein kkkkkkkkkkkkkkkkkk amo roupas brancas, ainda + vestidos rsrsr

  4. Alyne Resende disse:

    O post ficou ótimoo!!!! Parabéns, Jac.. eu ri muito aqui!
    E preciso confessar que, apesar de tudo, eu gostei mais da Mi..

    • Juliana Roam disse:

      Concordo com vc! A Mi foi a que mais me agradou. Mas me respondam: Por que este povo e tao monossilabico? Mi, May, Tha, Lyn. Sera que a capacidade mental nao se adapta a algo maior?rsrsr. Desculpm-me pois meu computador e estrangeiro e o teclado ainda esta desconfigurado. Bj a todas.

  5. Z. disse:

    Não conhecia o LUV e confesso que morro de preguiça de assistir a programas desse tipo. Sei la. Me bate uma vergonha alheia. rsrrsrs
    Mas a partir do que vc descreveu do show, acho que a Nayara escolheu bem.

    Bom vc ter voltado a escrever, Jac. Gosto bastante dos seus textos!

  6. vrockerv disse:

    Nossa parabéns, como sempre texto nota 10, boa critica , muito bem elaborada
    continue assim e feliz ano novo

  7. Gabriela disse:

    Ameeei o selo do deselegante! HAHAHAHA e o post tbm baby, ficou ótimo!

  8. Cacau Zis. disse:

    Pow, eu gostei do beijo (tipo, mó inveja)…
    Hahaha.

  9. Ingrid disse:

    Eu tbm pensei: “Nossa!!! Que foda!!! Ela vai dar os dois primeiros CDs da Banda Eva autografados para a guria!!! Super presente!!!”.Depois ela falou que nao ia dar eu ri muito,que menina nada a ver e infantil!!

  10. dry disse:

    Nossa!! Jac como vc é exigente viu!rsrs

  11. Di disse:

    Jac, gostei muito do post, venho acompanhando o blog há algum tempo e realmente seus posts são muito bons. Sempre me divirto muito lendo! Assisti a este programa e aos meninos tb e concordo em tudo, acho que o das meninas ficou mais legal, a escolha foi muito bem feita, de ambas as partes. A Ellen dava dando muuuuuuito mole pra Nayara, acho que é por isso que ela ficou na dúvida no final… Beijos!

  12. Bethinha disse:

    Ri muito com esse post, hauhauhauhau

    E concordo sobre as considerações finais… o Luv Gay terminou de forma tensa e o Luv Lésbico deu um ‘orgulhinho’ pela Nay não ter mesmo se deixado ir pelas aparências (ou quase, né? Aquele micro suspense me deixou pé atrás com ela…)

    PS: …falar “c’azamigas” me irrita… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    PS2: … sem querer ofender as artistas, mas a Tha parecia a Mallu Magalhães misturada com a Maria Gadú do avesso, com sorriso sem graça e atiradinha… menos, muleca… hehe

  13. Fer disse:

    Concordei com a escolha da nay, e realmente pela primeira vez consegui achar uma ~~lambida~~ no rosto sexy, porém achei o beijo do final o mais caminhoneiro que eu já vi na vida, aquela levantadinha que a may deu na nay.

  14. M disse:

    a tha tem 18 anos, haah dei uma stalkeada na internet

  15. Lo disse:

    Eu ri da levantadinha também, acho que esse pode ser um motivo para a ficada delas ter parado por ali. (ainda que eu goste dessas pegadas)

  16. Vivi Côrtes disse:

    Haha, o post ficou ótimo. Eu também sinto certa “vergonha alheia” pelas pessoas que vão a esses programas xP Mas, enfim, achei a escolha da Nayara super plausível xD

  17. poeminho disse:

    Gostei do post. Até acho divertido esse programa, mas só pra assistir, ir numa coisa dessas, né, francamente kk

  18. MeLT disse:

    Não curti as meninas… Só a Nayara. Rs
    Se eu fosse ela falar assim no final: Não quero nenhuma das 4… Quero você, Ellen, sua linda! Vem p/ mim!

    E o beijo no final também me deixou meio sem graça p/ elas… Estava maneiro até a tal da “levantadinha”. P/ que?? Rs

    • Eve disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Não vi o programa, não, mas pelas fotos só a Nayara valia a pena. Putz, “ah, se eu te pego…!” rsrs Nenhuma das 4 valia a pena, eu tb pegava a Ellen Jabour, ainda mais que ela estava tão atenciosa… rsrsrs

  19. charucas disse:

    Conheço alguém que vai participar desse programa! hahaha

  20. Julia disse:

    KkkkkkKkkkkk como sempre arrasando no post…
    Eu tbm largaria as 4 candidatar rodadas no palco e ia “passear” com a Ellen Jabur pelo JARDIM GUANABARA!!
    #sou doida por mulher e cervejada todo dia…

  21. Bia disse:

    também acho que nenhuma das quatro valia a pena , rs;

  22. Iara disse:

    Tava torcendo pra Tha .. ela é super simpática e muito engraçada. E a Nay nem ficou com a May depois, elas ficaram só no programa, Nay já ta até com outra mina (Isso me leva a crer que a Nay só queria era aparecer na tv.)

  23. larissa disse:

    Hétero que joga futebol, presente o/
    Pronto, Jac, agora é só esperar Ana Paula Arósio aparecer 😛

    Muito engraçado o post, adorei. Tive praticamente as mesmas reações durante todo o programa, com exceção das chances da Mi, desde o começo achei que ela seria a primeira a vazar. E vou ter que discordar também da irrelevância da cena entre Natalie Portman e Mila Kunis em Cisne Negro, mas cada um interpreta de um jeito mesmo.

    Eu ri da Ellen Jabour “interagindo” com a Nayara, e Nayara retribuindo rsrs. Adorei também os comentários da Carol Ribeiro durante o programa, mas que foi ignorada pelo recap 🙁

    • Jac disse:

      Aham… hetero, sei… hahahaha

      Eu gostei dos comentários da Carol Ribeiro também, mas não achei que fosse tão relevante para colocar no recap. Meu único comentário é que ela estava super lésbica com aquela roupa!

      • larissa disse:

        HAHAHAHA
        Mas pode crer que sou hétero mesmo, não tava zoando. Hoje eu não jogo mais, mas jogava quando criança e gostava muito. Acho que gostava mais da diversão e da competição de uma atividade de grupo do que do futebol em si, até porque não gosto de futebol, *odeio* assistir jogos, acho entediante.

        Não quis entrar em detalhes para te deixar na ilusão rsrs. Mas tem mulher hétero que joga e é fã de futebol sim… eu acho… bom, tem que ter, né, pelo menos uma vai ter perdida por aí LOL

      • Jac disse:

        Hetero num blog lésbico & com foto com lápis formando arco-íris? Sorry, but I don’t buy it xD

      • larissa disse:

        LOL
        Mas é verdade, menina XD
        Pra falar a verdade eu nem lembro mais como cheguei no seu blog, faz tanto tempo. Provavelmente foi procurando sobre o concurso de Miss, porque eu gosto de assistir só que sempre esqueço quando vai passar e porque não lembro de ter lido um post antes desse. Achei engraçado e fiquei! Tem sido muito divertido, é toda uma “cultura” nova rs

  24. Esfinge disse:

    Sugestão para próximo post: Análise Gaydar em % do perfil das participantes do BBB12. Dizem as más línguas que são 3 que nos representam!!
    Eu sinto longe o cheiro de couro!

    http://www.youtube.com/watch?v=jUabxJXMfbo

  25. bruna disse:

    pow deixado msn de novo!!!!!!
    brunarafaelavidalasp@hotmail.com

  26. Beatriz disse:

    Olá Jac, tudo bem?

    Eu sei que você não aguenta mais esse tipo de comentário, mas preciso de uma ajuda, na realidade uma confirmação, de uma situação minha. Por motivos pessoais não tenho face, e queria saber se posso encaminhar nesse e-mail do gmail ou se você pode me passar por e-mail algum outro que eu possa entrar em contato com você.

    Obrigada.

  27. MARCELLA disse:

    UHAHUAHUAHUA

    MELHOR POST EVER (pensando em comédia)
    ri do começo ao fim!!

    por acaso assisti ao programa e tb torci pra May… e fiquei com mta raiva da Tha, porque ela era mto caminhaozinha estereotipada que sai pra beijar geral ¬¬ … os papinhos dela me davam vontade de cortar os pulsos HUAHUAHUHUAHU

    mas puts ficou perfeito os comentarios e as legendas nas fotos! #morri

  28. Pat disse:

    Gent alguém ai quer falar cmg ? huiahiuaaih
    to alone tbbb ://

  29. Anonima disse:

    aah eu assisti, Nayara é muito linda Mesmo, mais essa May não é bonitinha, que me conher pesoal rsrs me add tais2019@hotmail.com sou de são paulo

  30. Nubhya disse:

    qual e nome da Tha?

  31. Juselly disse:

    Putz foi bm legal,quando eu vi esse.programa a Nayara escolheu a pessoa certa 😀

  32. Michely disse:

    Nosa a nayara e uma limda a doraria ficar com ela limda!

  33. Mary disse:

    Não achei muito interessante,na boa ok?
    Só não vejo nada prestativo nesses programas de arrumar um “pega”.
    Amo seu site
    ps:minha mãe quase me pegou vendo…eu ia morar na rua rs

  34. mah disse:

    Ñ gostei muito dos seus comentarios, achei muito superficiais, bem infantis. Mas ri de algumas coisas, vc ate q é engraçadinha as vezes!
    Ah…tb achei bem idiota vc querendo dizer q a menina do coment ali em cima era gay. Tem lesbica q é mais preconceituoso do q as proprias heteros, tipo, ja q ela é hetero ela ñ pode ver meu site né, afinal se ela é hetero ela tem q ter muito repudio desse tipo de site. Serio me irrito com essas infantilidades lesbicas, as vezes parece q elas mesmo ñ se aceitam e precisam ficar provando toda hora q são lesbicas memso. hahahaha…..tao bobo isso !!
    Mas ñ to aqui só pra criticar, gostei de algumas piadas, valeu a pena ler tudo !

    • Mariana disse:

      Com todo respeito, acho que você se enganou um pouco com o que leu. Na verdade, a Jac só falou daquele jeito porque a menina pareceu mesmo ser, ainda mais usando aquela imagem “coloridinha” que, querendo ou não, é um símbolo que se liga muito ao homossexuais.

  35. FERNANDA LIMA disse:

    OOO UMA NAYARA DESSA TAVA NAS NUVÉNS

  36. Dani disse:

    Nossa!!!
    Há muito que não lia nada tão elaborado e ácido ao mesmo tempo… muito bom…
    Já sou mais velha que a maioria das meninas que leem o blog, tenho pouca (ou nenhuma) afinidade com o formato da MTV…, mas seu texto me fez rir como criança… A-DO-REI (bem no estilo paulistano…)!!!

  37. Luci Araújo disse:

    Bem, acabei esbarrando no blog, depois de conferir o perfil da Jac – que havia feito um comentário no blog da Lola (“EscrevaLolaEscreva”).
    Fuçando as postagens antigas do blog, eis que encontrei essa sobre o LUV – que até então eu nem conhecia.
    Gostei dos comentários, pois a autora explorou o lado cômico da situação que envolveu as quatro moças, mas não posso deixar de pontuar duas coisas:

    a) O comentário final, sobre o fato da escolha da garota ter sido mantida, apesar da questão física que poderia ter levado a jovem a escolher outra participante do programa, não sei, mas pareceu um tanto quanto moralista.Afinal, as pessoas que participam deste tipo de programa nem sempre têm “ambições matrimoniais”.Estão ali para aparecer, paquerar, conhecer gente bonita e interessante, quiçá, dar uns beijos de boca.Só;

    b) O fato dos rapazes do “Luv Gay” escolherem os caras que eram mais atraentes para eles, de modo algum deve implicar numa imagem negativa para o público gay.As pessoas de bom senso devem entender que um comportamento individual não representa uma comunidade.Foram quatro rapazes que escolheram aquilo que era mais agradável para eles naquele momento, isso não quer dizer que todo gay se comporta deste modo.Cada cabela é uma sentença.O ditado é clichê, mas é válido neste e em outros casos.

    Era isso que eu tinha para dizer.No mais, quero parabenizar pelas postagens.

    Att.:

    Luci Araújo.

    @Luci_ARAUJO
    Luci Araújo Beuavoir (Facebook).
    Lucisaraujo_hist@yahoo.com.br

  38. Lady Dany disse:

    De boa, nao gostei de alguns dos seus comentarios, sei la, me pareceram bastante preconceituosos! Não concordo com o que disse sobre a Tha, ela é bofinha sim, mas não achei extremamente masculina, eu até a achei meiga e tenho certeza de que muitas tambem a acharam. Só pq ela foi a mais safadinha vc acha isso? Quer dizer q pra ser uma lesbica feminina tem q ser passiva e deixar sempre a outra fazer as coisas? Sabe ja to cansada desse preconceito, de q a ativa da relação é o boyzinho, o ‘homem’ da relação,, isso tudo é uma grande palhaçada!!! Mulher é mulher, como disse a Nayara, se prestou atenção nisso, vamos pensar: o q importa é como ela é por dentro, não importa o q ela veste. Existem as lesbicas femininas e aquelas mais ou menos, mas jamais deixarão de ser mulher! Confesso que aprecio bofinhas, porem aprecio aquelas q não ficam fazendo muita questão de parecer macho, mas algumas é apenas estilo, não interferindo NADA em sua essencia ou personalidade. prefiro uma bofinha delicada do que uma pseudo lady caminhoneira. Ademais, não achei a Tha feia e muitas meninas pagaram pau pra ela, outra coisa que vejo q é pura hipocrisia e confirma td que digo, muitas dizem “prefiro lady, prefiro feminina” e por que será que logo depois aparecem namorando uma bofinho?? Eu vou dizer o pq:é puro preconceito com elas mesmas em assumir q curtem bofinhas e medo do que as outras vão dizer e achar que tem obrigação de dizer que curtem lesbicas femininas do tipo barbie! Se vc assisstiu o 2º filme em desejo proibido irá entender o q quero dizer. Pra mim mulher pra ser mulher não precisa se embonecar todo dia, mas basta que ela se cuide, se goste como mulher, se veja como mulher, independente de sue estilo. Me desculpe, mas essa é minha opinião. Acho tambem q se preocupou demais em falar mal do programa e das meninas do que ver as coisas legais. E quer saber, eu adorei a parte do bailinho, e quanto ao varal, EM TODOS os programas os participantes levam roupas intimas, entenda-se lingeries, eu disse TODAS as edições, mesmo as não gays! Correção, a Tha não tem 16 anos, e sim 18, e vi as fotos do face dela, ela tem um corpo lindo e feminino sim. E se o problema for aparelho, a Lyn tb usava, e vc tb não curtiu a Lyn por isso? Sei q sao suas opiniões, mas discordei de algumas pq achei de mau gosto e cheias de preconceito. E eu curti o programa como um todo, tanto que até baixei o video, ta se for pra dizer algo q não curti foi a levantadinha no final… os outros comentarios, tipo gosto musical, achei taxativo, pq toda lesbica tem que venerar o repertorio de Ana Carolina e Cassia Eller, só pq sao lesbicas? Eu curto a cantora por suas composições, posso até admira-la por ser lesbica, mas dai a escutar algo pq é simbolo lesbico sem gostar das musicas dai nem tem sentido e acho falta de personalidade, parece q querem afirmar a sua lesbianidade por gostar de MPB. o q tem de mais gostar de avril lavigne? Outro preconceito, lesbicas podem ser ecleticas e não se limitar a MPB. Enfim, seja menos taxativa e rigida em suas colocações.

    • Jac disse:

      Você leu da forma que você quis o post… Mas vamos às explicações…

      >>> “Não concordo com o que disse sobre a Tha, ela é bofinha sim, mas não achei extremamente masculina, eu até a achei meiga e tenho certeza de que muitas tambem a acharam.”
      Eu não disse que ela é extremamente masculina. E no meu conceito de butch não interessa se ela é meiga ou não justamente porque eu sei que butches podem ser meigas (e a maioria é).

      >>> ” Só pq ela foi a mais safadinha vc acha isso? Quer dizer q pra ser uma lesbica feminina tem q ser passiva e deixar sempre a outra fazer as coisas?”
      Aonde eu falei que considerava ela butch por ser safada? Tá louca? Eu considero uma mulher butch pela vestimenta, pelos trejeitos, pela forma como ela conversa e pelo cabelo (sendo este quesito o menos relevante). Só aí você já pode cortar metade do teu comentário onde você assume que eu acho que femininas tem que ser passivas.

      >>> “Confesso que aprecio bofinhas, porem aprecio aquelas q não ficam fazendo muita questão de parecer macho”
      Isso sim me parece bem preconceituoso com as butches! Você pode ser UM POUCO butch, mas não pode “parecer macho” (seu termo sobre os motivos de butches serem butches). Isso não difere em nada do “você pode ser lésbica, só não pode parecer uma”.

      >>> “Ademais, não achei a Tha feia e muitas meninas pagaram pau pra ela, outra coisa que vejo q é pura hipocrisia e confirma td que digo, muitas dizem “prefiro lady, prefiro feminina” […]”
      Aí você tá puta com alguma outra mulher porque eu tenho certeza que você nunca viu uma declaração minha falando que prefiro femininas. Inclusive se você reler a descrição sobre o que eu não resisto a uma mulher, não encontrará nada referente a um estilo específico.

      >>> “Acho tambem q se preocupou demais em falar mal do programa e das meninas do que ver as coisas legais.”
      O que eu achei legal no programa eu falei. Mas de forma geral achei mais coisas a criticar do que a elogiar, fazer o quê?

      >>> “e quanto ao varal, EM TODOS os programas os participantes levam roupas intimas, entenda-se lingeries, eu disse TODAS as edições, mesmo as não gays”
      Mais uma prova de que você leu meu texto sem prestar atenção e já com a idéia formada de que eu sou preconceituosa. Leia o trecho do varal novamente: “Como eu não assisto MTV nunca tinha assitido o Luv, imaginei que seria uma prova em que as gurias iam mandar o casaco/calça/blusa mais descolado(a).” Eu disse que eu NUNCA TINHA ASSISTIDO AO LUV – NENHUM TIPO DE LUV- eu não disse que só por ser um Luv lésbico elas iam mandar roupas íntimas. Eu meio que critiquei o programa – não o programa lésbico especificamente.

      >>> “Correção, a Tha não tem 16 anos, e sim 18, e vi as fotos do face dela, ela tem um corpo lindo e feminino sim.”
      Mais uma prova que você leu mal o texto. Se você voltar vai ler “ninguém informou a idade dela mas eu dou uns 16 anos”. Eu não disse que a idade dela é 16 anos, eu disse que dava pra ela 16 anos.

      >>> “E se o problema for aparelho, a Lyn tb usava, e vc tb não curtiu a Lyn por isso?”
      Outra prova que você leu mal pra burro o meu texto. Veja o que eu escrevi: “mas aquele papo de futebol + piadinha sobre sexo logo de cara + aparelho nos dentes não me agradou nem um pouco.” Eu falei só em aparelho? Não. É o aparelho MAIS PAPO DE FUTEBOL MAIS PIADINHA DE SEXO LOGO DE CARA (e se você me conhecesse saberia que aparelho é o menor dos problemas).

      >>> ” os outros comentarios, tipo gosto musical, achei taxativo, pq toda lesbica tem que venerar o repertorio de Ana Carolina e Cassia Eller, só pq sao lesbicas?”
      Oi? Aí você reclama com as participantes, não comigo porque não fui eu que escolhi o gosto musical delas. Inclusive, apesar de eu tirar sarro da situação, sei perfeitamente que as lésbicas não escutam Ana Carolina e afins porque elas são ícones lésbicos. Ana Carolina e afins são ícones lésbicos JUSTAMENTE por um monte de lésbicas gostarem delas e as ouvirem (então é normal a gente ver lésbicas que gostam delas).

      >>>”o q tem de mais gostar de avril lavigne? Outro preconceito, lesbicas podem ser ecleticas e não se limitar a MPB.”
      Última prova de que você leu mal o meu texto. O que eu disse: “Fiquei chocada que a Nayara gostou porque, cá entre nós, lésbicas normalmente tem repúdio a música popular e de modinha, não?” Eu fiquei surpresa porque lésbicas NORMALMENTE tem bom gosto musical e escutam normalmente coisas não são popularescas (de modinha). Onde que eu falei que lésbicas tem que ser isso ou aquilo e escutar só isso? Se você ler a página Autora saberá que eu particularmente tenho um gosto musical bem eclético.

      >>> “Enfim, seja menos taxativa e rigida em suas colocações.”
      Quando você for ler um texto, leia o texto – não assuma que qualquer texto se encaixa sempre em outros textos clichês que você lê por aí.

      • Lady Dany disse:

        Mas vc usou termos preconceituosos no seu texto, como caminhoneira e piazinha” foi o q mais me deixou chateada. Quanto as outras respostas, obrigada pelos esclarecimentos, inclusive eu ia dizer pode me dizer se eu estiver errada, mas eu realmente vi palavras q achei taxativas em relação as bofinhas e isso me irrita demais, esse preconceito de algumas lesbicas com elas e com as bi, mas deixa pra la. Mas fico feliz que vc as tenha achado meigas (as butches) realmente queria estar errada sobre vc ser preconceituosa com elas. Quando falei sobre ter criticado muito é q achei certas criticas irrelevantes e me ative mais as coisas boas do programa.

        • Jac disse:

          Se você der um ctrl F na página e buscar por piazinha, vai ver que eu não chamei ela assim… Falei que, sim, ela parece um “piá de 16 anos com os hormônios a flor da pele” não porque ela é butch, mas sim porque o comportamento dela é assim.

          E com relação a caminhoneira esse é o meu uso no texto: “Professora de Educação Física, instrutora de rapel e escalada, adora fazer trilhas e luta judô. Você lê tudo isso e pode jurar que a guria é uma baita macha, butch, rainha das caminhoneiras, mas para surpresa da nação ela é assim:”

          E olha só quem usou um termo que ela mesmo acha preconceituoso: “prefiro uma bofinha delicada do que uma pseudo lady caminhoneira.”

          E agora o mais importante: por que caminhoneira é preconceituoso, mas está tudo bem você usar bofinho? Bofinho é okay, caminhoneira não – é isso? Talvez porque bofinho é algo mais light que caminhoneira né? Humph…

  39. Lady Dany disse:

    Sem contar que muitas falam mal das bofinhas, e quando não aparecem namorando uma dizendo que é o amor da vida delas e tudo mais, se portam de maneira pior.

  40. Aninha disse:

    HAHAHAHAHAHAHA eu ri muito com esse post. Os comentários foram super pertinentes.
    Ahazou! [sapatanês]

  41. jan disse:

    E dai se ela não gosta de bofe? Qual o problema nisso?
    Virou lei no mundo lésbico sentir tesão em caminhoneiras? Cada uma…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *