Lésbicas e as Divas do Pop – Parte 01

Não é segredo para ninguém que nós, lésbicas, não somos exatamente a letra com mais fãs das divas da música Pop na comunidade LGBTT. Mas ainda assim, nós temos uma relação toda especial com elas.

Lady Gaga - Britney Spears - Katy Perry - Madonna - Rihanna - Beyonce

Quem aqui nunca ouviu um rumor sobre possível bissexualidade de uma diva do Pop? Ou sobre suas “quedinhas” por algumas mulheres? Será que elas realmente sentem alguma atração ou é apenas marketing? Elas são a favor da nossa causa?

Aliás, gostaria de deixar claro que não sou especialmente fã de nenhuma em específico e, por isso, não conheço o trabalho completo de ninguém aqui. Mas acredito que isso seja até uma vantagem, pois tenho condições de avaliar o mais mainstream de cada uma.

Madonna

As mulheres do mundo ocidental inteiro devem à Madonna. Com músicas como Like A Virgin (polêmica: não ser mais virgem), Erotica (polêmica: sexo, sexo e S&M), Express Yourself (polêmica: preferir um homem “saradão” ao invés de um rico) e Papa Don’t Preach (polêmica: gravidez indesejada na adolescência), Madonna rompeu barreiras e trouxe à tona assuntos até então inexplorados na sociedade. #blablabla-introdução-chata

Madonna in Like A Virgin album

Aliás, Tarantino estava completamente errado sobre Like A Virgin. A música é sobre uma mulher que já havia feito sexo com homens, mas se sentia incompleta até fazer sexo com uma mulher. Por isso, ela se sentia como uma virgem por ter descoberto um novo (e melhor) tipo de sexo.

Não sei se você reparou, mas as músicas que eu citei são paleozoicas. Isso porque Madonna entrou numa fase (entrou numa fase tipo… de 1997 para cá) em que simplesmente deixou de causar polêmica e passou a fazer músicas que falam sobre dançar na pista, sobre a música do DJ ser boa, sobre ir para a balada e coisas inovadoras do gênero.

Madonna in Confessions on a Dance Floor

Olá, Sr. DJ. Coloque o disco de vinil na vitrola porque eu quero dançar com meu bofe. Quando a música começa, eu não quero parar - me deixa louca.

Mas ninguém vira rainha só com músicas de ritmo legal, não é mesmo? Por isso, Madonna precisava causar shock value novamente, voltar às capas de revistas, fazer uma geração nova conhecê-la, vender uma imagem de inovadora e pisar na cara das pé-rapada que estavam roubando o posto de rainha do Pop.

Eram tempos pós-t.A.T.u. e Britney Spears bombava magramente. Foi então que Madonna teve a seguinte idéia:

Lesbian - Madonna - Britney Spears - Cristina Aguilera

Na época eu tinha 13 anos e não dei muita importância para a cena (nem desconfiava do meu futuro), mas foi um tremendo Big Deal. Ou vai dizer que você lembra alguma coisa no MTV Music Video Awards de qualquer ano além da Madonna beijando Britney Spears e Cristina Aguilera? Ou vai dizer que você nunca soube que isso aconteceu?

Em termos lésbotecnicos, o beijo de Madonna foi bem sem-graça: mal-e-mal tocou nos lábios da Britney. No pouco que a gente viu do beijo com Cristina, já percebemos que é um pouco melhor – mas a MTV preferiu filmar a cara de ciúmes do Justin Timberlake a passar todo o beijo.

Justin Timberlake VMA Madonna Britney Spears Kiss

"Biatch!!! Um dia serei eu quem vai se aproveitar da fama da Madonna em alguma música dançante com letra nonsense!!!"

No mesmo ano Madonna ainda fez um clipe quase-lésbico com um quase-beijo com uma Britney quase-despirocando (veja abaixo) e, um ano depois, deu um outro beijo rápido em uma dançarina. E essa é a vida lésbica dela.

Vejam quão descolada eu sou com uma guitarra no colo, uma bebida alcoólica em uma mão e uma soft-butch na outra.

[/assédio sexual no trabalho]

Eu estava já pronta para dar meu veredito condenando Madonna ao inferno das heteros-que-beijam-mulheres-para-aparecer quando, por obra da pedreira do destino, eu esbarro em três fatos/notícias:

1- Madonna era “amiga” (leia-se, há rumores de ser ex) da atriz/cantora/lésbica Sandra Bernhard;

Lesbian Sandra Bernhard Madonna

Long, long, loooong, loooooooong time ago. Mas sabe que histórias com ex são como fantasmas: de tempos em tempos voltam para te atormentar.

2- Madonna dá um selinho em Nicki Minaj [/procurando chifre em cavalo para provar que Madonna é bissexual];

3- Madonna chamou uma fã brasileira de gostosa em entrevista (vai saber para que tipo de situação ela aprendeu a falar isso, não é?);

Conclusão: Madonna é mente-aberta e há chances de ela ter tido algum caso de verdade com uma mulher, embora eu aposte mais em reles marketing. De qualquer forma, indiretamente, Madonna abriu espaço para nós, lésbicas, vivermos um pouco mais livremente! (Madonna = liberdade sexual feminina = mulheres tendo o direito de ficarem com mulheres, got it?)

Britney Spears

Como eu já falei, em busca de se firmar na música Pop, Britney procurou fazer alianças com Madonna assim como Nicki Minaj está fazendo atualmente. Além do beijo lésbico no VMA, elas fizeram no mesmo ano uma música+clipe com um conteúdo lésbico: Me Against The Music (que ficou melhor na versão Brittana).

Lesbian - Madonna - Britney Spears - Me Against The Music

Lésbicas em 2003 com internet discada esperando 2h para carregar o vídeo em baixa-resolução para NÃO ver um beijo entre Britney e Madonna.

Sério, a relação delas é completamente igual a da Leonie e Pombinha em O Cortiço – mas sem a cena de estupro sexo. Ambas precisam uma da outra em termos financeiros e profissionais e fecham um acordo via sexual. E depois da titilação nunca mais absolutamente NADA acontece.

Depois de 2003, quando Britney já tinha toda a atenção da mídia para ela, deixou de ser interessante fazer essas insinuações lésbicas e nunca mais na história da humanidade se duvidou da heterossexualidade da Britney.

Crazy Britney Spears

Britney Spears: provando desde 2004 que não são só lésbicas que são loucas, psicóticas e carecas.

Conclusão: Britney definitivamente não é bissexual. Nem se você tocar Me Against The Music em loop eterno enquanto dorme para tentar sonhar com ela te pegando, querida. Mas sim, quando ela precisou, não hesitou em usar um pouco de apelo lésbico.

Katy Perry

Diferentemente de Madonna e Britney Spears, que só deram um up na carreira beijando mulheres, Katy Perry iniciou sua carreira abusando da lezploitation mais vil que nós poderemos presenciar em vida.

Katy Perry - I Kissed a Girl

Oops, eu beijei uma garota. Espero que meu namorado, com quem eu tenho uma relação de verdade, não descubra. E sobre a garota que eu beijei... tô nem aí pro que ela pensa! Sequer sei o nome dela...

Eu gosto do ritmo da música, eu gosto da uma partezinha da letra dela, eu gosto de cantar ela bem alto quando começa tocar no som do carro da minha namorada quando paramos num sinal e nossa janela está aberta, mas convenhamos: Katy Perry nos ofendeu.

Lembro que uma vez, na época, eu li que a intenção dela era lançar primeiro Hot N Cold, mas seu produtor decidiu por I Kissed A Girl. Preciso concluir o raciocínio?

Katy Perry

Aiiin, sabe como é, néam? Ser hetero e beijar mulheres é suuuuper IN. Mas ser lésbica é total OUT.

A música estourou e muitas lésbicas aguardavam ansiosas para ver o clipe, afinal se você tem uma música sobre beijar uma mulher, você faz um clipe beijando uma mulher. Mas o clipe foi uma baita decepção para todo mundo.

Katy Perry - I Kissed a Girl

Agora todo mundo sabe o que eu faço à noite com minha namorada: a seduzo com um leque de rendas da minha tataravó e depois comemos um bolo cheio de gordura cor-de-rosa cremosa.

Já que ela criou uma música que fez sucesso por si, não precisava de um clipe escandaloso, não é mesmo? Vamos deixar as coisas como estão, vamos mostrar que a música é totalmente comercial, vamos quebrar a cara dessas lésbicas que acharam que estavam tendo alguma representação na mídia.

Katy Perry

Querem essa bolseta em troca de toda a grana que eu ganhei explorando sua sexualidade?

Muito se especulou se Katy de fato beijou uma garota e ela disse que não, que era sobre uma fantasia que ela teve olhando uma revista. Depois ela desmentiu e disse que, sim, tinha ficado com uma, mas muita gente duvida disso – gente com argumentos bem convincentes.

Mas Katy Perry não é de todo mal. Para provar que ela não tem nada contra as lésbicas especificamente, ela decidiu dedicar ao gays a música Ur So Gay!

Katy Perry  Ur So Gay

"Você não come carne e dirige carro elétrico. Isso é praticamente a mesma coisa que dar a bunda! Você é tão gay, mesmo que não goste de homens (mas não importa, vou te xingar de gay porque essa é a maior ofensa a um homem)."

Aliás, ela até mesmo usa essa música para ofender o coleguinha popular da escola que não queria sair com ela.

Sério, Katy Perry…

Neil Patrick Harris - I'll keep my eyes on you
…tô de olho em você, sua aproveitadora barata!

(reparem que eu estou me esforçando para não chamar ninguém aqui de vadia por ser um termo que reprime a sexualidade feminina blablabla)

Conclusão: Katy Perry pode ter músicas com ritmos legais, pode ter uma voz super boa, pode fazer clipe estereotipado sobre mulheres no exército, mas ainda soa falsa para mim. Verdade é que ela está pouco se lixando para lésbicas, gays e whatever.

(Continua…)

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Mídia e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

76 respostas para Lésbicas e as Divas do Pop – Parte 01

  1. niqui disse:

    adorei :)!!!!!!

  2. Aninha disse:

    Conheço Madonna, mas a Neide e a da franjinha eu não conheço nada… Pô Jac… me senti velha agora…

  3. Caroline disse:

    Britney <3

  4. tay disse:

    Muito bom adoei=)

  5. Camila disse:

    Jac adorei o post, tanto suspense mas vlw a pena a espera. Bem legal msm, até pelo fato de eu ser fã de todas elas qe vc citou. Mas uma coisa eu vou ter qe te corrigir, a katy pode até realmente ser isso tudo qe vc falou. Mas existem rumores de um possivel affair entre ela e rihanna.

  6. Kyka Ximenes disse:

    Gostei muito do post, também nunca fui muito fã de nenhuma musa do pop, independente da música, década ou musa :]

  7. Morango disse:

    Kkkkkk
    adorei mto….
    Seu blog é o melhor…pra ser um espetaculo vc podia atualizar tds os dias né?! Fico roendo as unhas ansiosa esperando rsrss te adoroooooo Jac
    bjuxxx de sabor morango!

  8. Morango disse:

    Ansiosa pelo próximo post…
    Lady GaGa adorooooooooooo
    bjuxxx

  9. Lá pelos idos dos anos 80/90 eu fazia parte de um fã clube da Madge. Tinha um tesão louco por ela, adorava tudo que ela fazia e tudo que eu queria era come-la. Tinha 4 pôsteres gigantes no meu quarto, um lookbook com varias fotos da carreira e também algumas fotos do álbum SEX. Caraca!!! Me acabava vendo algumas fotos dele e tinha duas que eu amava: Uma que ela era braçada pela Isabella Rosselini e uma outra que ela está nua pedindo carona! Uau! Eu achava Madonna uma bissex libertina, mas nunca a vi como sapatão. Não sei por que!

    Hoje em dia, eu a vejo como uma senhora que tem um corpo legal, mas exagera no botox and preenchimentos, melhorou muuuuuito a voz (basta ouvir Like a Virgin original pra entender) e faz uma ou outra musica legal e só…

    Eventualmente aparecerão cantoras querendo explorar o filão GLBTT. Isso sempre aconteceu. Enquanto elas trouxerem pelo menos visibilidade para a causa e uma boa musica pra ouvir e dançar, ta ótimo. Rsrsrsrs

    O link pro livro SEX http://www.beautifulmadonna.com/madonnasex/index4.html

  10. Paty Passos disse:

    Adorei o post e o blog.
    Parabéns, acabou de ganhar uma nova seguidora! ^^

  11. Morango disse:

    D+ o post vc é incrivel senhorita Jac…
    So vc para pensar em assuntos tao interessantex… Bjuxxx sabor morangow S2

  12. Nossa, não vejo a hora de ler o próximo, excelente, amei!!

  13. fran disse:

    Otimo post. Eu nunca levei muito a serio essas moças que aparecem fazendo insinuações lesbicas só pra causar geral. Mas, para o bem ou para o mal, é um tema que nunca deixa de provocar a polemica desejada (mesmo as custas de uma minoria underground).

  14. Fernanda disse:

    Wooow citações do livro O Cortiço… ai sim heim… Cultura mode On(x) Off( )

  15. Gabby disse:

    Eu acompanho a carreira dessas cantoras a muitos anos.Sobre a Madonna, ela é sim bissexual. Não é lésbica. No início da carreira Madonna “pegou” muitas mulheres, e muitas famosas. Mas obviamente não era nada assumido.A Sandra Bernhard, foi a que mais chamou a atenção na época, por ser assumidamente lésbica. Com a Britney, houveram fortes rumores que ela chegou a ter um pequeno casinho. A Britney, antes de casar com o Federline e ter filhos com ele, e antes de ficar careca, era uma porra-louca tresloucada. O próprio Federline disse várias vezes que a sua adorável esposa amava transar com outras mulheres na frente dele…Hoje em dia ela melhorou bastante no quesito “mau comportamento” afinal ela tem 2 filhos pequenos. Ou ela tomava jeito ou ia despirocar de vez. E pode parecer absurdo pra quem não é fã ou não acompanha a carreira da Britney , mas a maioria esmagadora das fãs e dos fãs são bi ou gays. Aí muita gente se pergunta: mas como? Se ela nem bissexual é? Ora, por causa do apelo sexual que é explícito em tudo que ela faz, seja nas músicas, nas roupas, na dança, nas letras – apesar de que as letras das músicas da Britney serem quase 99% héteros. A Lady Gaga, essa sim usa explicitamente o marketing pra atingir o público gay, ao contrário da Madonna ou da Britney que atingiram esse público involuntariamente. Sei que tem fãs que não irão concordar e falar dessas coisas causa imensa controvérsia.
    E ainda digo mais, quando me descobri lésbica, foi muito por conta do trabalho da Madonna e da Britney Spears. Mas nenhuma das duas são lésbicas, são bi. Disso ninguém duvide. Da Katy Perry e outras cantoras pop da atualidade não sei muita coisa. E tenho a mesma idade da Britney e adoro seu trabalho.

  16. JULIA disse:

    Dalêe Jac nelas.. Kkk
    =)

  17. kamila. disse:

    Por isso que eu prefiro as brasileiras.. Ana Carolina, Ângela Ro Ro, Gal Costa, Bethânia, Adriana Calcanhotto, etc. Pelo menos elas assumem o que são e não ficam com esse bla, blá, blá.. E as músicas, convenhamos, são muito melhores. Porque.. P-p-p-poker face, p-p-poker face é ruim de aguentar!

  18. Carla disse:

    Devo confessar que nunca fui muito fã da Madonna. Acho que porque eu acabei pegando a fase mais pop dela. Mas já ouvi altas lendas sobre ela no passado. hehe
    Já a Britney, como a maior parte do povo da minha geração, cresci ouvindo. Mas nunca vi ela como tendo uma atenção especial no público homossexual.
    I kissed a Girl. Confesso que quando foi lançado eu vivia cantando. Era tão fácil cantar sobre beijar garotas por aí, sem que ninguém nem desconfiasse da minha sexualidade. Depois que eu entendi o que ela significava (e não digo a questão de entender o inglês, mas sim toda a desmistificação da homossexualidade feminina), parei de cantar. Nunca tinha ouvido Ur so Gay. Agora que ouvi, mais um motivo para eu não gostar da Katy Perry. “Tão defensora dos direitos homossexuais” e ainda caindo na ignorância de usar sexualidade como ofensa, sério?
    E eu sei que meio que foge um pouco do contexto, mas ainda estou indignada pela versão de Glee de I kissed a Girl. De quem será que foi a ideia de colocar as personagens lésbica e bi cantando uma música sobre garotas hetero se beijando para chamar a atenção de caras, em uma performance provocativa, onde o maior foco foi nos caras assistindo babando e não nelas cantando? Triste…
    LOL, desculpa pelo comentário enorme. E aguardo a segunda parte.

    • Jac disse:

      [OFF] Glee consegue estragar minhas músicas preferidas IRL. Nem lembrava de I Kissed A Girl na série, mas uma que me deixou puta da vida foi Girls Just Wanna Have Fun que é uma baita música feminista… que foi cantada pelo pior personagem masculino da série.

      • Carla disse:

        É, I Kissed a Girl foi cantada exatamente no mesmo episódio de GJWHF, e este foi, na minha opinião, o pior episódio que já exibiram. Os autores falaram que iriam dar à Santana a mesma atenção que deram à storyline do Kurt se assumindo, mas tudo o que eles conseguiram foi serem ofensivos e machistas.
        Sim, sim, Finn é o pior personagem da série, e o fato de que eles tentaram vendê-lo como herói do coming out dela (quando na verdade, foi exatamente o contrário) foi bem ridículo.
        Eu, por mim, prefiro até esquecer que esse episódio chegou algum dia a acontecer.

  19. Reginalda Rossi disse:

    Na boa, admirar essas ai é coisa de caminhoneira desocupada e que ta no armário, só pode.
    Bando de bisca que só ficou com mulher pra causar polêmica e aparecer mais na mídia.
    Cago e ando pra elas.

    • L disse:

      É… tbm acho, esses artistas estão sempre tentando criar polêmica em torno de si para se promoverem, a intenção é aparecer na mídia.

      [Quando vi seu nick, fiquei imaginando o Reginaldo Rossi na “versão” mulher… muito engraçado kkkkkk]

      • L disse:

        Quero dizer… concordo que elas queiram apenas chamar atenção, mas acho todas essas citadas no post muito talentosas, e adoooro Madonna e Beyonce.
        Se são “biscas” ou não, e a sexualidade delas para mim pouco importa, portanto que as músicas sejam boas.

  20. Mylena disse:

    Vale lembrar que há rumores que Katy Perry tenha beijado a Lady Sovereign…

    • Gabby disse:

      Lésbica BRASILEIRA a maioria é tudo caminhoneira sem um pingo de beleza e feminilidade com exceção de pouquissimas famosas. Ao contrário de outros países onde encontrei mulheres lindíssimas e femininas e que são lesbicas. E sou fã mesmo da Britney ,da Madonna, da Lady Gaga, e muitas outras e sou lésbica e me identifico profundamente com elas. Vcs acham que eu vou me identificar com uma Maria Gadu que mais parece um homem? Que eu vou me espelhar ou querer ser igual a uma Zélia Duncan, Maria Betânia e etc? Ou pior, vou me vestir e me comportar como a Joan Jett que eu adoro as músicas? Claro que não! Deixo bem claro, sou mulher, e sou lésbica. E GOSTO DE SER MULHER antes de tudo. Sou vaidosa, bonita -sem falsa modéstia- e muito feminina. Não tenho a menor paciência ou o menor interesse em lésbicas que se comportam como homens e querem ser como eles. A mentalidade das lésbicas brasileira sobre tudo isso só vai mudar quando por um milagre passar The L Word em canal aberto, mostrando lésbicas bem-resolvidas, lindas e femininas. Aí veremos se aqui no Brasil ainda há esperança. Do jeito que está nem dá vontade de ir a lugares gls com tanta mulher feia e masculinizada gritando que é “sapata”. Pela amor né gente? Sejam lésbicas, mas sejam tb mulheres lindas!

      • Letícia disse:

        Quanto preconceito e falta de informação, tsc.

      • Daniela disse:

        Concordei plenamente com a Letícia… quanto preconceito… prefiro uma mulher com conteúdo… aparência é o de menos… aproveita a sua beleza porque ela passa………..

      • Gaby disse:

        Pois saibam que passei uma temporada em LA e em Chicago e conheci muitas lésbicas e cada uma mais linda que a outra e sem um sinal sequer de masculinidade como vemos por aqui no Brasil. Não estou dizendo que não exista isso por lá, claro que existe, o que digo é que são a minoria e aqui no Brasil acontece exatamente o contrário. Por isso citei o The L Word pq apesar de mostrar o “mundo ideal” para quem é lésbica, é muito próximo da realidade em alguns lugares por lá. Portanto, não me venha com conversa mole e dizer que é falta de informação. Isso é papo e desculpa das feiosas e que se irritam por alguém chegar e dizer a verdade na lata.
        Não gostou, deita na BR….

  21. Caroline disse:

    Concordo com tudo!
    Rihanna não me engana, mas a Beyoncé, pra minha infelicidade, é muito hétero rs
    O caso mais crítico é da Lady Gaga mesmo..
    Esperando ansiosamente pelo próximo!

  22. Lyane disse:

    Tem uma cantora de mpb chamada Céu que é muuito linda, assim como a Roberta Sá q tbm é lésbica(q eu saiba), as duas são muito femininas. Pegaria fácil fácil.
    Será q aquelas meninas do T.A.T.U são?
    E a Nicki Minaj??

    • Jac disse:

      Tá desatualizada, hein, colégam? t.A.T.u fingiam ser lésbica, mas na real eram heteros (deu o maior bafafá na época – dá até hoje)

      • L disse:

        Elas mesmas já desmentiram serem lésbicas. Disseram que tudo foi um golpe publicitário, inclusive elas têm namoradOs.
        São héteros querendo aparecer às custas do que nunca foram.
        Quanto a Nicki Minaj… não faço idéia se é ou não, p/ mim ela é a cópia da Lady Gaga.

  23. Letícia disse:

    Agora vou ficar imaginando pra sempre a Jac cantando “I kissed a girl” toda louca no carro.

  24. kah. disse:

    A Roberta Sá é hétero, casada com o Pedro Luís. Casal muito bonitinho, adoro os dois..

  25. Cristofer disse:

    Não acredito que as cantoras citadas sejam gays, acredito que é uma forma de chamar a atenção do público gay que hoje é enorme. vamos a qualidade as únicas cantoras que realmente sabem fazer algo relacionado a preconceitos, e algo relacionado a realidade é a Madonna, Christina aguilera, e Mariah carey essas sim merecem ter elogios por serem DIVAS

  26. Cristofer disse:

    DIVAS! Mariah carey, christina aguilera, Madonna, Beyoncé. o resto é cantoras que retardados alienados. e sem anexos

  27. Gaby disse:

    Eu comentei duas vezes e me chamaram de preconceituosa Haahaha Não, não sou preconceituosa Só não sou hipócrita. Só pq sou lésbica, isso não significa que eu tenha OBRIGAÇÃO de me identificar ou de achar “bonita” as “gadús” da vida e muito menos me espelhar nelas. Uma coisa que não quero pra minha vida e para o meu futuro é exatamente isso. Reafirmo, sou lésbica, sou feminina e gosto de mulheres lindas e femininas. E “conteúdo” não é vir aqui com discurso politicamente correto e muito menos defender a hipocrisia dos outros. Tem muita mulher feia e lésbica , estou mentindo? Cheias de “conteúdo” mas feias e PRA MIM, desinteressantes. Eu poderia passar horas conversando assuntos interessantíssimos e complexos pra maioria das pessoas, cheios de “conteúdo” e de sentido filosófico. Só não sou hipócrita. E se eu disser que me sentiria atraída por qualquer mulher feia e masculinizada e cheia de “conteúdo” eu estaria MENTINDO DESCARADAMENTE PRA PARECER MUITO LEGAL. E eu prefiro ser honesta comigo mesma ok?
    Quanto as cantoras que acompanho, só posso afirmar que tanto a Madonna quanto a Britney são BI e isso só quem não sabe é quem não acompanha de fato a vida delas.

    • Bia disse:

      Quem achar a Gadú atraente OBRIGATORIAMENTE ñ poderá achar a Angelina Jolie atraente tbm? É tudo questão de gosto mesmo. Se vc ñ gosta, pelo menos respeite, e pare de ofender as lés masculinas(caminhoneiras), como se elas ñ pudessem ser atraentes p/ algumas pessoas. Acho q vc generalizou, provavelmente deve ver no seu cotidiano lésbicas masculinas, mal educadas, cheias de pêlo nas axilas, sem higiêne, e coçando o saco imaginário e acha que todas são assim(e até tem quem goste delas).
      Olha não se esqueça que a beleza é sim essencial mais tbm é passageira, um dia a imagem se desgasta e o que fica é a essência, o conteúdo. Quero saber depois ao passar dos anos se vc estará pensando assim: “Cheias de “conteúdo” mas feias e PRA MIM, desinteressantes”.
      Sua companheira ñ será eternamente linda, aí quando vc perceber q ela ñ está tão bela(ao seu gosto) irá trocar?

      “A beleza está nos olhos de quem vê”, essa frase já diz tudo.
      E vamos respeitar os outros e os gostos alheios.

      • Gaby disse:

        Bia

        Eu não discordo de vc. Talvez tenha parecido que eu generalizei, mas o que eu disse é que a MAIORIA aqui no Brasil é assim. Tem quem goste? Claro que tem. E eu respeito isso. Mas deixei bem claro que PRA MIM não é legal.
        Beleza, com certeza, é um conceito subjetivo. Sei bem disso. Minha namorada é linda por exemplo. E claro que ela vai envelhecer, perder o viço e mesmo assim quero passar o resto da minha vida ao lado dela, envelhecer e ficar de bunda e peito caído juntas kkk Mas eu seria muito hipócrita se eu dissesse que não foi a beleza que me atraiu a ela, entende o que digo? As outras qualidades dela, eu descobri depois, com o tempo.
        E sim, no cotidiano aqui no Brasil, o que tenho visto são exatamente as lésbicas masculinizadas. E não estou falando apenas a lugares gls – que eu não frequento exatamente por causa disso. Encontramos essas pessoas nos supermercados, nas feiras, nos parques, nas praias, nos clubes, em todo canto.
        Querem saber onde encontrar lésbicas lindas e femininas? Nos lugares mais improváveis, como baladas héteros. Eu encontrei o amor da minha vida numa festa hetero. Aí dirão,que são as enrustidas kkkk Mas eu nunca escondi de ninguém minha condição sexual e sempre frequentei os lugares com meus amigos heteros tb sem o menor problema.
        Quando dizem que fui preconceituosa, prestem bem atenção no que vcs mesmas pensam e vejam que não sou eu quem está sendo preconceituosa. Basta ler com atenção a cada frase que escrevi. Posso estar enganada, mas eu percebo em muitas lesbicas uma certa raiva de ser mulher, e tentam a todo custo se negar a feminilidade e principalmente a sensualidade.

  28. Gaby disse:

    Só mais uma coisa pra acabar com esse assunto e essa hipocrisia: se acham tanto que estou errada assim, então parem de achar lindas e babarem pela Angelina Jolie, a Kristen Stewart, a Amanda Seyfried, a Megan Fox, a Britney,Bettes,Tinas, Carmens, Helenas, e sei lá quantas mais lindas por aí já que gostam TAAAANTO assim das “gadús” e cia. Ponham as fotos das “gadús” e cia no pc e bons sonhos.

    Mentir para os outros todo mundo pode, mas mentir pra si mesmo….

    • L disse:

      Gosto não se discute, meu bem.
      Enquanto vc se sente atraída pelas lindas, femininas e sem conteúdo, eu me interesso e sinto-me muito atraída pelas carinhosas, decididas, cheirosas, romanticas, inteligentes, simpaticas, engraçadas entre outras coisas, indiferentes de serem femininas e masculinas. O que me interessa são questões de personalidade e não aparência. Todas nós temos gostos diferentes, o que é bonito p/ vc, pode não ser p/ mim e vice-versa, vamos viver a vida, e viva a diversidade e ao respeito. Não é hipocrisia, é gosto!

      • Daniela disse:

        Falou e disse, L!
        Mania de achar que se alguém gosta de uma mulher masculina é porque não tem opção
        Legal que você goste de mulheres femininas… enjoy… Eu acho as masculinas um charme…
        E se não existem no exterior, graças a Deus nasci aqui…
        Boa sorte pra você na sua busca quase impossível, (segundo você mesma numa frase extremamente preconceituosa: “Lésbica BRASILEIRA a maioria é tudo caminhoneira sem um pingo de beleza e feminilidade com exceção de pouquissimas famosas.” )

    • jan disse:

      Gaby, você disse tuuudo que eu queria!
      Não é preconceito, mas sim, questão de gosto como alguns mesmo falam. É só eu expor meu gosto por apenas e somente por femininas, que falto ser crucifixadas.
      Pra mim, as bofes (NÃO ESTOU GENERALIZANDO!) são a mesma coisas que os homens, aqueles tipo que não aceitam que mulheres rejeitem eles. Já tive até que ouvir que, por eu ser feminina teria que ficar com uma bofe. E depois sou eu quem sou preconceituosa!
      Sei que gosto é gosto, e que existe gente que goste, porém nem todo mundo é obrigado a ter tesão. Dizer do que gosta e o que pensa também não é crime. Eu hein!
      Deve ter uma explicação pro Brasil ser essa bosta. Acredito que seja pelo país ser muito machista como todos já sabem. Essas mulheres acabam achando tudo que é masculino, superior ao feminino. Vêem a imagem feminina como “inferior”, e que só vão conseguir respeito como “homens”. Devem pensar que representando masculino “pegam mais mulheres”. E dai querem ser homens a todo custo.
      Ser bofe por questão de estilo eu acho interessante, mas aqui tenho quase que certeza que tudo é por questão de puro machismo delas mesmas.
      Eu não engulo isso nem outra questão que uma mulher já sentiu tesão ou já teve qualquer outro tipo de afetividade por homens e depois abrirem a boca pra mim e dizer que são LÉSBICAS. Acho esses os piores da comunidade lésbica/Bi. Pra mim ser lésbica é ter nascido assim e continuado assim até então. Sentir tesão/amor/paixão e afins por pessoas do sexo oposto, pra isso já existe um nome: bissexualidade.

    • jan disse:

      Gaby, você disse tuuudo que eu queria!
      Não é preconceito, mas sim, questão de gosto como alguns mesmo falam. É só eu expor meu gosto por apenas e somente por femininas, que falto ser crucifixadas.
      As bofes (NÃO ESTOU GENERALIZANDO!) são a mesma coisa que os homens, aqueles tipo que não aceitam que as mulheres rejeitem eles. Já tive até que ouvir que, por eu ser feminina teria que ficar com uma bofe. E depois sou eu quem sou preconceituosa!
      Sei que gosto é gosto, e que existe gente que goste, porém nem todo mundo é obrigado a ter tesão. Dizer do que gosta e o que pensa também não é crime. Eu hein!
      Deve ter uma explicação pro Brasil ser essa bosta. Acredito que seja pelo país ser muito machista como todos já sabem. Essas mulheres acabam achando tudo que é masculino, superior ao feminino. Vêem a imagem feminina como “inferior”, e que só vão conseguir respeito como “homens”. Devem pensar que representando masculino “pegam mais mulheres”. E dai querem ser homens a todo custo.
      Ser bofe por questão de estilo eu acho interessante, mas aqui tenho quase que certeza que tudo é por questão de puro machismo delas mesmas.
      Eu não engulo isso nem outra questão, a que uma mulher que já sentiu tesão ou já teve qualquer outro tipo de afetividade por homens, e depois vir abrir a boca pra mim e dizer que é LÉSBICA. Porra, ser lésbica é ter nascido assim e continuado assim até morrer. Sentir tesão/amor/paixão e afins por pessoas do sexo oposto, pra isso já existe um nome: bissexualidade, então além de foder com a imagem das lésbicas que lutam contra o machismo e contra a homofobia, essas pessoas ainda não sabem o que são de verdade. Ou alguém acha legal uma menininha que foi apaixonada por um carinha, ou já deu horrores pra ele e gostou, depois vir gritando pro resto do mundo que é lésbica? Pro cara que acha que “lésbica é assim porque um homem de verdade não pegou elas” ou por causa de “desilusões com homens”?! Mas ai, já é outra questão, né…

      • Jac disse:

        Gente, qualquer novo comentário sobre lésbicas masculinas eu vou excluir porque já está desviando MUITO do tema do post. E teremos um post específico pra vcs ficarem discutindo depois.

  29. miry disse:

    Kero ver a da lady gaga. Hehe

  30. Candida Portinari disse:

    É Gaby, são BI mesmo, bi que só namoram sério homens, casam com homens, mas quando estão sumidas da mídia, aparece um boato de que elas estavam acompanhadas de um affair feminino… a vai pasta com essas mulheres, ser bi é uma coisa totalmente diferento do que essas mulheres ai são. Tinham que arrumar um lote pra elas capinarem, antes de encherem o saco! E esse trem de que não sabe quem não acompanha a vida, tá muito EU LEIO FABÍOLA REIPERT, LÉO DIAS, LEÃO LOBO, sei nome e sobrenome = sei tudo da vida da pessoa, mas os bastidores, são outras coisas, outras, além do que a mídia pode publicar.

    ps: Concordo contigo no ponto de não curtir caminhão. Odeio maria gadu, ana carolina, angela roro, zelia duncan. O jeito marrento, másculo, machudas, é muito brochante. Elas poderiam ter o melhor papo do mundo mas nunquinha que despertaria meu interesse. Adriana Calcanhoto é meio menininho, mas tem uma classe e elegância, que talvez quem sabe se fosse mais bonita eu me interessaria. Agora tammy gretchen pra baixo já é demais. Muito mal gosto. Pensa, você acaba de fazer amor e a mulher senta e vai fumar um charuto?? Cruzes, saia correndo!!! Na verdade nem entraria nessa. E sim, tem muita lésbica feia, muita mesmo, boate gay aqui na minha cidade é o erro, nunca consegui ficar com nenhuma. Agora na Royal top das top, aaaah outro nível, e nem é boate gls, mas a ferveção e pegação com as enrustidas, são outros 500.

    • Gaby disse:

      Camila

      Concordo totalmente com seu p.s kkkkk

      Sobre as cantoras, a Madonna e a Britney são casos até bem comuns. Lembro-me de uma época, quando a Britney andou meio pirada, que em LA os paparazzis ficaram alucinadamente caçando as escapadas dela pela madrugada e ia sempre as boites, fazia danças sensuais totalmente bêbada, e invariavelmente saía dos inferninhos acompanhada por…mulheres; E dentro dessas boites o que se sabe por relatos de pessoas que trabalhavam no local e que não podiam nem mesmo olhar diretamente pra ela, era que ela se pegava MESMO com as meninas e não eram só beijinhos inocentes pra atiçar os marmanjos não… E depois sumiam pela noite e o resto já se sabe né? O ex dela, o cara que quase acabou com a vida e a carreira da popstar, contou os “podres” pra os amigos e os amigos dos amigos abriram o bico, o que deixou o empresário dela na época doido tentando abafar o escândalo. Felizmente isso não repercutiu muito. Quando se vê os ex seguranças dela abrindo o bico e contando as escapadas tem gente que pensa que é só um meio de arrancar dinheiro dela pra manter a boca fechada e é mesmo kkkk Hj ela tá mais comportada, admito, mas não duvidem que a Femme Fatale é um verdadeiro furação sexual kkkkkkkk A Madonna então tem um extenso currículo como pegadora. É a mestra… e como disse a Britney respondendo ao convite da Madonna pra subir ao palco e beijá-la de novo….é “tentador” kkkkkkkkkk

  31. kah. disse:

    Ter preferência por um estilo não é ter preconceito, assim como alguém preferir chocolate branco a chocolate preto não é racismo. Agora, ofender é. Nenhuma lésbica tem obrigação de gostar da Maria Gadú. Eu mesma não suporto aquele estilinho dela e aquela voz abafada que parece que canta com uma batata quente dentro da boca.. Deixem as caminhoneiras serem felizes! Parem com essa coisa de “mulher tem que ser mulher e ponto final”, “se eu quisesse ficar com um homem, eu ficaria com um homem!”.. Vão procurar suas turmas, cada um com o seu estilo e deu. Ninguém tem obrigação de agradar ninguém, porra. Se algum dia as masculinas quiserem ficar um pouco mais femininas elas ficarão e não será por ninguém, mas sim por elas mesmas.. E outra: lésbica masculina não é sinônimo de lésbica feia. Taí a Justin Bieber que não me deixa mentir.

  32. natalia disse:

    Nossa amiga que piada boa essa do justin. Rindo litros e litros aqui, mas vou da um tempo na graça, pra rir mais amanhã, tá??
    beijos e stand up te espera! risos

  33. L disse:

    Beleza é algo muito subjetivo. Como já disse em outro comentário o que é bonito p/ mim, pode não ser p/ vc e vice-versa.
    E além disso, o que faz as pessoas se atrairem umas pelas outras é algo muito superior e não-material, que está muito, mas muito além do que se pode ver… no entanto, pode-se sentir.
    E conheço lésbicas masculinas muito atraentes, educadas e lindas. E além disso, ás considero guerreiras por assumirem o seu estilo sem dar a mínima para a ignorância, a intolerância e o julgamento.

    • Daniela disse:

      Pois é… eu acho o cúmulo preconceito por parte de quem já sofre preconceito… é o fim da picada…

  34. Caroline P. disse:

    Só faltou a Christina Rocha aqui pra apimentar mais os comentários. Hahaha. Gente, gosto não se discute né? É como disse a L aí de cima: “o que é bonito p/ mim, pode não ser p/ vc e vice-versa”. Só vamos respeitar umas as outras independentemente se é Gadú, Ana, RoRo, Shane ou Angelina. Se uma não faz o tipo que a outra gosta, simplesmente falar que é feio ou não, não irá mudar o gosto de ninguém seja em Los Angeles, Rio de Janeiro ou em Xoxotópolis . Só é respeitar que tudo fica bem.

  35. Xoxopolitana disse:

    “XOXOTÓPOLIS”???

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  36. Xoxopolitana disse:

    “Xoxotópolis”??

    kiakiakiakiakiakiakia

  37. kah. disse:

    Tá bom, a piada foi ruim.. Eu já tava sabendo disso. Mas o resto do comentário foi sério.

  38. Caroline P. disse:

    Azamygas desinformadas,

    Bem vindas a Xoxotópoilis. Dizem que a entrada lá é hiper aconchegante kkkkkkkkkkkk
    OI?
    http://www.curtoegrosso.net/wp-content/uploads/2009/02/xoxotopolis.jpg

    • Karol disse:

      Desculpe minha ignorância… não conhecia Xoxotópolis… deve ser um lugar BEM agradável. Tive um ataque de risos pq fiquei imaginando como seria (mente poluída).

  39. Caroline P. disse:

    Obs: Essa cidade não existe mãaas… o que importa é que vocês entenderam a intenção né?!

  40. jacdemais (@jacdemaais) disse:

    Acho digno colocar a versão brittana do clipe de britney spears e mandanna, é muito boa, por isso q assisto glee sempre, apesar de glee ter demorado de colocar as duas se beijando. Adoro katy perry,mas o pior é q tudo q cê disse ai é verdade. Muito bom o post, como sempre.

  41. Rafaela disse:

    Menção da Brittana version de Me Against the Music. Adogooo

  42. Gaby disse:

    Apreciem com moderação:
    Britney Spears Beautiful
    [youtube http://www.youtube.com/watch?v=2xFZeuZWsiI&w=420&h=315%5D

    Britney Spears – Breathe on me
    [youtube http://www.youtube.com/watch?v=AviPcRy1C5o&w=420&h=315%5D

  43. Lua Bonadio disse:

    Eu acho que ficar causando midia em cima da homossexualidade é uma tremenda facada nas costas de todas nós. Tipo, é quase que iludir agente, agente espera compreenção nas musicas, achando que elas vem de boas intenções, mais no final é tudo questão de mídia, só pra chamar a atenção. ~porque nao procura midia dando o c* nos clipes né

  44. Wall disse:

    Só tenho uma coisa a dizer Me Against The Music ficou muuuuito foda na versão Brittana *-*

  45. Bárbara disse:

    AHHAHAHAHAHAHA, acabei de descobrir esse site. Eu tô (literalmente) gargalhando aqui! Adorei o senso de humor! Concordo com
    “Conclusão: Britney definitivamente não é bissexual. Nem se você tocar Me Against The Music em loop eterno enquanto dorme para tentar sonhar com ela te pegando, querida. Mas sim, quando ela precisou, não exitou em usar um pouco de apelo lésbico.”

    … e sobre a aproveitadora barata Katty Perry. Mas quanto à Madonna, eu realmente acho que ela curte mulheres. Os boatos são muitos! Parabéns pelo site! (-:

  46. Ashily Ower disse:

    GENTE EU AXEI O POUSTI MUITO LEGAL,E BEM COMPOSTO,MAIS SÉRIO! A KATY NÃO É APROVEITADORA COMO VCS ESTÃO DIZENDO AI! VCS NEM CONHECEM ELA DIREITO PARA TAREM FALANDO MAL DELA,UMA COISA ELA É BI SIM,CONFIRMADO POR ELA MESMO VARIAS VEZES,E TAMBÉM OS PAIS DELA SÃO DE IGREJA.MUITO CONSERVADORES! E CONVENHAMOS,POR ELA SER BI NÃO QUER DIZER QUE ELA TEM QUE SEMBRE MOSTRAR ISSO,FALAR DISSO PARA O MUNDO TODO.E SE ELA AINDA NÃO SE APAIXONOU POR UMA MULHER, PACIÊNCIA.GENTE, OLHA SÓ,SE ELA FICASSE FALANDO PARA TODO MUNDO E DEMONSTRANDO QUE ELA É BI,ISSO SIM SERIA UMA OFENSA PARA NÓS BIS E LÉSBICAS!POIS DAI SIM ELA ESTARIA TIRANDO PROVEITO DA OPÇÃO SEXUAL DELA!! DEIXEM ELA LA QUIETINHA ,FAZENDO AS MUSICAS MAIS PERFEITAS DO MUNDO,SEM TIRAR PROVEITO DE NÓS!!

    ELA É TÃO DIGNA DE NOSSO RESPEITO QUANTO NÓS DELA! @_@ BEIJO OBRIGADO PRA QUEM LEU!

  47. Loris Milloni Simon disse:

    Achei estranho falar da Britney e não comentar os boatos lésbicos dela como o envolvimento com a Paris Hilton e músicas como If U Seek Amy. Ex.: http://www.drfunkenberry.com/wp-content/uploads/2009/07/britney.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *