Como uma hetero deve agir com uma amiga lésbica?

Que a sociedade, as leis, a política, as religiões, os esportes, a polícia e as grandes mídias não estão preparadas para lidarem com lésbicas isso nos já sabemos. Mas será que nossas amigas estão?

Amigas conversando e tomando café

"Ai, olha que gat... Ah, deixa pra lá, você é lésbica!"

Uns meses atrás, eu recebi um e-mail de uma mulher hetero contando que ela fez amizade com uma lésbica, mas não sabia como deveria se portar diante dela. Situações como trocar de roupa na frente de uma lésbica e tal.

Mulher Gritando em reunião

O quêêê!? Você acha que lésbicas são diferentes de outras mulheres? Você acha que tem que diferenciar seu tratamento com amigas heteros e lésbicas? São por causa de pessoas que insistem em ver diferenças, como você, que lésbicas ainda são tratadas como pessoas indignas, erradas e promíscuas!

Eu entendo completamente você, leitora hetero. Eu não poderia exigir que uma mulher hetero tratasse exatamente igual uma lésbica sendo que eu mesma tenho comportamentos distintos entre heteros e lésbicas.

Mulher rezando

"Mea culpa, mea maxima culpa!"

Mas já que a igualdade é utópica, vamos tentar fazer a desigualdade o menos traumática possível. Para isso, conto com o vídeo Shit Straight Girls Says to Lesbians como um ótimo checklist.

Situações Complicadas

1- Trocar de roupa

Provavelmente essa é a situação mais delicada. Falando por mim, se uma amiga hetero trocasse de roupa eu poderia ter duas reações:

  • Se eu não tivesse nenhuma quedinha por ela, eu estaria pouco me lixando;
  • Se eu tivesse uma quedinha por ela, eu ficaria bem assanhada envergonhada, sem jeito e constrangida.
Trocando de roupa

Claro que quanto mais ~bonita~ for a amiga hetero, mais ~constrangida~ eu ficaria...

Entretanto muito provavelmente você, amiga hetero, não sabe se a sua amiga lésbica tem uma quedinha por você. Ou talvez você mesma fique constrangida de trocar de roupa na frente de uma lésbica. Mas não se preocupe, tenho ótimas notícias para você! Nós, lésbicas, não exigimos que nossas amigas heteros fiquem peladas na nossa frente!

Mulher sentindo alívio

"Ai que bom, você tirou um peso imenso das minhas costas."

É okay que você vá se trocar em outro lugar, desde que não deixe na cara que está fazendo isso unicamente porque sua amiga é lésbica.

Vamos imaginar duas amigas no quarto da hetero e esta tendo que trocar de roupa para ir na balada. A forma correta é a hetero pegar as roupas e naturalmente ir no banheiro se trocar como se ela fizesse isso sempre com qualquer amiga. A forma incorreta é a hetero pegar as roupas e fazer aquela cara:

"Aqui estamos nós nessa situação de trocar de roupa. Você pode virar pra lá? Eu não quero você, uma lésbica, olhando pro meu corpo extremamente sexy & irresistível."

2- Na Balada ou Finge Que É Minha Namorada

Esse problema já aconteceu comigo. Estava eu num certo lugar badalado com mais 3 amigas (uma hetero, uma bi e uma de sexualidade duvidosa) e meio que fingimos ser casais para nos livrarmos do assédio.

Paparazzi

"Com licença, com licença!"

(Quem lê pensa que eu tenho vida social e sou super assediada)

Essa coisa de “finge que é minha namorada” na verdade faz um baita mal para a imagem das lésbicas porque logo logo todo mundo vai duvidar que duas gurias juntas são lésbicas a menos que se sejam claramente butches. Mas sabe como é, né?  Vodka in, análise social out.

Resultado: a minha “namorada” não manteve a pose nem por 3 minutos, contou que era hetero e o carrapato que estava nos seguindo grudou com força na gente.

inconveniente

Muito inconveniente!

Ou seja, se você é hetero, nunca use a sua amiga lésbica para ser sua “namorada” quando te convém. Eu sei que nós vivemos em um mundo em que muitos homens não acham que NÃO é NÃO e que nós precisamos dar um motivo “real” para não ficar com eles (“eu sou lésbica”, “eu tenho dono namorado”), mas usar lésbicas para se livrar de caras inconvenientes é empurrar o seu problema para as lésbicas.

Explicando

"Além de ser muito perigoso! Existem homens maus por aí que betem em lésbicas, então prometa que nunca mais vai usar suas amiguinhas, Clara."

3- Contato Físico

Se você conhece um pouco do mundo lésbico, sabe que existem mais lésbicas apaixonadas por melhores amigas do que gente querendo ser rica nesse mundo. Não que sua amiga lésbica esteja automaticamente apaixonada por você, mas certos contatos físicos podem dar uma impressão errada e causar um futuro drama.

Lésbicas se tocando

Então, a menos que você não seja tão hetero assim, evite abraços prolongados, mexer nos cabelos, sentar no colo, cheirar o pescoço, dar um tapa na bunda, pegar no peito ou qualquer um desses contatos físicos que são um tanto quanto íntimos.

Amigas se abraçando

Mas claro, não estou falando que você jamais deverá encostar, abraçar ou cumprimentar com beijo de bochecha sua amiga.

Tente imaginar um nível de contato físico entre os que você tem com homens e com mulheres hetero que tudo vai ficar bem.

Coisas Que Você Não Deve Fazer

  • Assumir que em um casal de lésbicas há um “homem”.
  • Ficar cheia de dedos (cof cof cof) com uma amiga por ela ser lésbica.
  • Comentar com alguém que sua amiga é lésbica a menos que ela diga que é okay você comentar.
  • Assumir que lésbicas são quase a mesma coisa que gays.
Lesbica sorrindo

"Por favor, pare de me chamar de "bee" ou "mona", okay?"

  • Abusar da amiga lésbica        (pausa dramática)       e obrigá-la a ouvir você reclamando de homens.
  • Assumir que sua amiga lésbica é sua personal sex shop seller.
  • Assumir que é muito mais fácil ser lésbica do que hetero.
  • Ficar se explicando por você não ser lésbica. Eu posso apostar que ninguém te perguntou isso.
Mulher com nojo

"Não é que eu não possa me envolver com uma mulher... Mas é que eu sentiria que algo não se encaixa... E a idéia de duas mulheres se beijando de língua... Eca!"

  • Procurar explicações para sua amiga ser lésbica. Exemplo: “você se tornou lésbica por causa do canalha do Pedro Augusto, não é?”
  • Perguntar para sua amiga se ela ficaria com você. (Just don’t do that…)
  • Informar para sua amiga o quanto você ama as genitálias masculinas.

Coisas Que Você Deve Fazer

  • Algo que eu acho legal que minha amigas heteros fazem: perguntar como anda o relacionamento amoroso da amiga lésbica. You know, sapas amam pessoas que acham seus relacionamentos válidos e dignos de lembrança.
  • Fora as situações que exigem um pouco mais de tato, lembrar-se que não é preciso diferenciar o tratamento entre uma amiga hetero e uma lésbica!

Amigas se divertindo

///\///\///\///\\///\///\///\///\

Nota: Quem quiser dividir alguma experiência ruim que teve com uma amiga hetero, pode postar nos comentários. Pouco do post é baseado em experiências pessoais minhas, já que minhas duas amigas heteros são just amazing!

Lembretes:
Cine Lésbica
– Twitter do Flexões
Perfil no Facebook
(NOVO) Página do Flexões – A partir de agora darei pinta no Facebook aqui. Curtam! (lembrando que rola um alerta armário lá)

Sim, estou toda analista de mídias sociais wannabe. Sim, o blog passará por mudanças. Não, não será nada que afete o conteúdo – don’t get too excited worry.

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Conselhos, Hetero X Lésbico e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

116 respostas para Como uma hetero deve agir com uma amiga lésbica?

  1. Camilla disse:

    então, maybe eu precise de um help, e maybe você possa me ajudar Jac (:
    O fato é que eu estou ‘apaixonada’ por uma girl hetero ~cof cof~ .. e tipo, ela gosta de um cara e tal que mora em São Paulo (somos ambas de BH/MG) a questão é… ela sabe das minhas intenções, BUT.. ainda sim é toda mimimi (tipo: ‘vamos nos casar então u.u’)… BUT²… ela me deu um cut quando nós fomos conversar de fato sobre isso… só que ainda sim ela disse que sentia algo por mim (que ela não sabia o que era ~aham~) mas que não queria sofrer e nem me fazer sofrer já que ela gosta do guy de Sampa e eu ‘gosto’ da minha ex que também é de lá (lesbicas e seus namoros á distância)… enfim, deu pra entender a linha de raciocínio??
    Ela não quer, mas OPS… sente algo inexplicável por mim. ‘-‘
    ~como lidar?~
    O fato é que eu não sei o que fazer now. Help? (or try)

  2. Vivian Pott disse:

    hahahahaha amei o post…
    e tem outro detalhe que odeioo que as héteros (amigas ou não) costumam fazer: Contar p/ as outras amiguinhas (heteros) dela, que “ACHA” que você a amiga (lésbica) está dando em cima ou no mínimo com atitudes estranhas (flertivas) pra cima dela…Arrggghhh como odeioooo issoo..

    ***Baseado em fatos reais oO***
    Dou carona (de Biz) pra uma colega de sala da facul, quase todos os dias, a não ser qdo o namoradO vai buscá-la…Certo ok… é quase caminho e não me dá trabalho nenhum, minha namorada ^^ não liga e eu nem vou mto com a cara da colega..mas como um dia tb já fui a carona sei como é ruim ficar a mercê de busão e pé2..masss um belo dia levando a guria embora errei a rua da casa dela e isso já foi motivo pra ela comentar no dia seguinte com uma outra amiga que eu tinha errado a rua de propósito pra tentar alguma coisa com ela escondida… Vê se pode??!! “vc” além de tentar ajudar ainda leva fama de sapa killer e ainda por cima burra né?…¬¬ Poxa, posso não ter bom gosto, mas não é porque somos lésbicas que agarramos qualquer ser com cromossomo XX cacete. =/

    Enfim, =)
    valeu pelo post, muito bom se nossas migas (amadoras de salsichas) lessem de vez em quando.
    o/

  3. iasmin disse:

    a garota lesbica me perguntou qual era a pessoa q eu achava mais bonita da banda fake number eu disse o baterista e fiz a mesma pergunta de voltar e daii ela me respondeu a vocalista serio e depois ela tentou inverte e me colokar como lesbica e eu fikei cafusa e lokaa e fora q meu irmao viu tudo e me perguntou se eu era lesbica

    • Jac disse:

      Essa história nem faz sentido, girl.

      Hetero -> o baterista
      Lésbica -> a vocalista

      E a lésbica te chamou de lésbica? WTH?

      • Zeli disse:

        Eu li, reli e reli novamente e nao entendi bulhufas do que postou a bixa ai de cima.
        Oo

      • Daniela disse:

        Acho que eu entendi.
        achar mais bonito o bateirista == ser hetero.
        achar mais bonita a vocalista == ser lésbica.
        A iasmim acha o bateirista bonito ( é hétero). A amiga lésbica acha a vocalista. Entretanto a amiga lésbica disse pros outros que a iasmim achava a vocalista mais bonita, implicando que ela seria lésbica. Enfim, adoro resolver quebra-cabeças inúteis.

  4. Daniela disse:

    Minha amiga hétero, apesar de ser uma ótima amiga, com quem eu posso falar sobre a temática lésbica, me disse que era ‘óbvio’ pra quem me via na rua que eu era lésbica e ficou me incitando a usar brincos e acessórios femininos. Ela também disse que achava que eu estava sendo ‘visivelmente’ lésbica pra agredir minha mãe. (vou supor que o que ela quis dizer com aparência lésbica seja cabelo curto e falta de acessórios óbviamente femininos, tipo brincos, colares, maquiagem, etc. Fora isso eu tava com uma roupa normal, calça jeans, blusa, nada necessariamente 100% butch.)

    • Débora disse:

      Visivelmente lésbica foi paia. Mas eu ri, desculpa! Enfim, vc se veste da forma como vc quiser e isso não é só pelo fato de ser lésbica. As amigas heteros confudem isso as vezes. Adoram generalizar hábitos lésbicos, rotulando, como se aquilo indicasse sua sexualidade quando na verdade é um comportamento comum em todas as “esferas” das sociedade (?). Acho que me perdi na minha resposta! haha Deixa pra lá =P

      • Daniela disse:

        Não precisa se desculpar por rir, na hora eu também ri, levei numa boa. A única coisa que me incomoda é a postura ‘normalizadora’ que incita que existe uma forma correta pra mulheres se vestirem e se portarem. E também, se existe um visual lésbico (não necessariamente das super mega butch) eu não me importaria de tê-lo, afinal de contas não tem nada de errado em ser lésbica. Mas geralmente incomoda mais quem desafia papéis de gênero, homo ou hétero.

        • Isa disse:

          Eu entendo como é.Não me declaro ainda uma Homo mas acho que quando vc sente atração por uma mulher pela terceira vez,acho que já é o suficiente…Meus “anigos” da escola desconfiam,pq minha última paixão foi parar no ouvido da metade da escola…Mas não entendo…Se minhas colegas já sabem de tudo,pq ficam mandano eu usar coisas que “todo mulher deve usar).Odeio roupas curtas e maquiagem…Só…E mesmo assim pegam no meu pé.Será que é exatamente por terem ouvido a história minha com a última paixão que elas querem me mudar?

          P.S.Antes de a história ir parar no ouvido da escola praticamente toda…Algumas pessoas(meninas) me tratavam de um jeito(me faziam elogios,me tratavam até de um jeito que pareciam interessadas)depois passaram a me tratar friamente,dizer indiretamente que não gosta de mulher(acho que para eu ouvir) e até zombar de mim,fazendo piadinhas,botando apelidos(garotos tbm)…

          Enfim..O que acha?

    • Raquel disse:

      Que absurdo! o.o Mas você enlesbianou muito rápido Thammy Gretchen style ou sempre foi assim? De qualquer maneira, mande ela rever os conceitos, porque né? Esse negózdi querer “agredir” a mãe com aparência é balela, ninguém faz isso, hello, as pessoas se vestem como se sentem bem e FIM, mané agredir mãe… hahaha

      Aliás, eu só vi uma vez isso, um conhecido se assumiu guêi pra mãe e ela ironizou “opa, vai querer virar traveco agora e rodar bolsinha na rua?”, ele subiu pro quarto, pegou o batom dela e passou, deu um beijo na bochecha dela antes de ir pra faculdade e disse “não me espere, mais tarde eu vou dar o koo!”, hahahaha.

      • Daniela disse:

        A única coisa de diferente que eu fiz foi cortar o cabelo curto. O resto sempre foi do mesmo jeito. Eu nunca fui muito feminina, mas também não sou caminhoneira style. Eu gosto de desafiar um pouco as normas de gênero do que é ser feminina, mas mais por uma questão pragmática. Algumas coisas não práticas, tipo caminhar 30min pra chegar na aula de salto alto. Tenho alergia a metais, então não uso acessórios tipo brinco, anel, etc. Mas pra algumas pessoas isso é muuuito errado, porque o certo é obedecer às regras do que é ‘ser mulher’.

      • Ana Raquel disse:

        LMAO cara eu mijei de tanto rir da história do seu conhecido, adorei!!!

      • Wendy disse:

        Raquel, ri litros com sua história!
        “não me espere, mais tarde eu vou dar o koo!”,

        hauahauhauahuahauhauhuah!

        • Jaque disse:

          Sou hetero e nem por isso ando por ai de salto alto, cheia de coisa pendurada em mim e com o rosto todo pintado. Sou muito mais um jeans, tenis e camiseta (;

  5. Sheilla disse:

    Amei o post, parabéns! Vou contar um pouco de mim…
    Já tive uma péssima experiência com “amiga” hétero. Na faculdade, eu me destacava muito e nunca precisei de ninguém pra me dar bem nos trabalhos, então ela me pediu ajuda pra formar dupla. Ao final do semestre, ela chegou a plagiar minhas técnicas de escrita e foi pega, punida e tudo mais. No semestre seguinte, ela começou a desconfiar de mim e lançar indiretas. Eu nem conhecia Shane, TLW e o resto (acho que ela pegou aquelas listinhas de “como saber se minha amiga é lésbica”) e daí falei: – “se quer saber algo de mim, fale na cara!” Perguntou se eu era sapatão e eu disse SIM! Tudo desmoronou depois disso. Eu nunca senti atração alguma por ela, apenas admiração pelo esforço e tal, mas nada que não sinta por qualquer outra pessoa. O pior é que ela é casada com um brutamontes anencéfalo e ficava falando merda de mim pra ele quando chegava em casa. Ela começou, então, a se vestir de forma atraente só fazer chacota contra mim. Outra vez, ela me perguntou se eu ficaria com ela, eu disse que não; daí ela perguntou se não era boa o suficiente. Eu disse que não era e a primeira coisa que mudaria nela era o caráter. Chegamos num ponto de brigar tanto, que me afastei dela. Vivia dizendo pra deus e o mundo que eu era afim dela, mas a interesseira desde o início foi ela. Certo dia, no final do curso, o marido veio me bater. Pior, ele se diz evangélico. Ela começou com esse papo de exorcismo e eu fiquei muito chateada com ela, até ri quando ela pôs a mão na minha cabeça pra orar pra um “deus” e tudo mais. A situação ficou muito feia, porque ela não tinha argumentos contra mim na minha frente. Passei como mentirosa pra muita gente, fui agredida, humilhada; enquanto ela saiu como a “sexy”, santinha e vítima. Hoje, Jac, tenho certeza de uma coisa: Hétero na vida de sapatão = Problema. Poucas são as mulheres HT que conseguem ter uma amizade saudável com sapas. É mais fácil ter amigos gays! Homofobia, a gente vê por aqui!

    • Daniela disse:

      Bah, marido evangélico vir querer exorcizar ninguém merece… E aliás, ela me pareceu talvez meio mal resolvida essa hétero aí, porque parece que ela queria muito que tu gostasse dela. Na verdade o que incomodava ela era a tua rejeição.

      • Débora disse:

        Caraca, que coisa horrível que te aconteceu. Isso de ser exorcizada aí também foi o cúmulo do absurdo. E concordo com a Daniela, pelo que vc contou ela tava uma hetero muito capenga. Ela queria que vc a desejasse = ou ela é muito narcisista, ou ela tava afim de vc! É realmente complicado a relação(amizade, claro!) heteros vs. lésbicas, mas de vez em qdo dá certo! Não perca as esperanças!

      • Ana Raquel disse:

        I agree u.u

    • Maria disse:

      Não generalize. Não é todo mundo que a freak religioso ou homofóbico. Espero que outra menina hetero seja de fato tua amiga e desfaça essa má impressão :/

    • vrockerv disse:

      colocar anencéfalo no meio é pecado!rsrs

  6. Elis disse:

    Nossa, Jac, estávamos precisando mesmo de um post desses.
    Conheci uma HT que fez quaase tudo o que não é para se feito.
    Coloquei um check em todas as coisas que você listou, menos a parte que elas dizem amar a genitália masculina… hahahah
    Foi foda na época, espero que ela tenha se tocado.

  7. Daniela disse:

    A minha história nem é de amiga hétero, mas enfim… na época, meu melhor amigo era gay. A gente era unha e carne desde a época da escola… eu era hétero. Certo dia me apaixonei por uma mulher e começamos a namorar. Ela é mais butch e talz… Meu amigo simplesmente cortou relações comigo… Teve preconceito ao extremo por ela ser mais masculina e achou um absurdo que nós namorássemos… resultado, faz anos que nós perdemos o contato e minha amizade de 15 anos com ele acabou… o namoro continua!
    Vou morrer sem entender… o preconceito vem de qualquer lado…

    • Daniela[1] disse:

      É que nem eu falei no meu outro comentário, maior que preconceito contra homossexualidade é o preconceito contra o não cumprimento de papéis de gênero.

      • Jac disse:

        “Preconceito contra o não cumprimento de papéis de gênero” = machismo.

        Aliás, é o machismo a origem da homofobia.

      • Daniela disse:

        pois é… mas partindo de um amigo de infância gay, foi mais ainda o fim da picada… sou chocada até hoje com isso…

  8. Luiza disse:

    Minha amiga hetero as vezes age de maneira mt incoveniente.Ela fala coisas como :

    – quando vc decidiu ser lesbica?
    -vc nao parece ser.
    -vc é minha amiga, lesbica,e eu hetero.isso prova que pessoas como vc e eu podemos ser amiga.
    -sem ofensas,mas beijar mulher…urgh.
    -vc so ouve ana carolina e maria gadu ne?
    -se eu fosse lesbica,eu te pegava.(pior frase ever)

    Passamos por varias situacoes.uma delas foi quando estavamos sozinhas na cabine de estudos,de porta fechada e ela me disse que tinha lido todo o meu mapa astral..e me contou em detalhes coisas que ela tinha lido.ate de sexo falou.

    Eu relevei…ai uns minutos depois,ela falou que tinha uma musica linda pra me mostrar.A musica era “Nua”…e realmente eu comecei a ficar com calor la.

    Por ultimo…estavamos la ainda quando acabou a luz.E ela comecou a falar coisas aleatorias,perguntar se eu a achava bonita e se ficaria com ela.Eu usei todo meu auto-controle pra nao fazer nada.afinal ela so era uma amiga minha.

    Ela tem umas atitudes muito ambiguas,nao sei se ela acha que eu to afim,ou nao sabe msm como agir.As vezes eu esqueco que ela é hetero.

    Acho que vou pedir pra ela ler esse blog.kkk.Vc escreve mt bem.

    Bjs.

  9. Vanessa disse:

    Eu tenho uma BFF e andamos para cima e para baixo juntas… tenho a mania de qdo vou busca-la na porta do prédio dela de puxa-la e dar 371730170172731 beijos em sua bochecha, só pq uma vez ela reclamou q eu sou fria…então faço sempre, mesmo ela reclamando que os porteiros do predio ficam pensando besteira ou q ela se envergonha…

    Ela tem a mania desagradavel de ficar passando a mão em minha pessoa, nos seios, na bunda, na coxa… sempre fez isso, antes mesmo que eu contasse q era lez, até gostei q n parou depois que soube.. tudo continuo como antes… e apesar de pedir para parar, ela disse q n para pq adora como eu fico nervosa e revoldata…

    Contudooooo… essa semana fui busca-la no salão e fomos comer algo… conversa vai, conversa vem… ela falou algo q eu n gostei e eu de brincadeira faleiii: só por causa disso vou de encher de beijos na porta do predio novamente…

    Então ela emendou: para! eu sei q eu sou seu sonho de consumo… mas tá ficando foda…
    Eu conclui: Querida… eu realmente n penso em vc assim..
    ela: pq??? vai me dizer q nunca me olhou com outros olhos….

    AGORA EU PERGUNTOOOO: o que fazer com essa peste de mulher!! Ela é super HT, eu n sinto nenhuma atração por ela… e ela fica ofendida por isso!

    • Jac disse:

      Use a máxima:

      “Você sente atração por todos os homens do universo, já que você é hetero? Não? Então por que você acha que eu vou me interessar por tooodas as mulher?”

    • Daniela disse:

      Eu tô començando a ficar com a impressão de que HT’s tem fetiche por ser o objeto de desejo de lésbicas. Aliás, eu já tinha visto isso em outros HT’s, aquela amig que disse que eu tava sendo lésbica pra agredir minha mãe, que se recusa a ir em baladas gays comigo porque o noivo dela não ia querer (eles só iriam os dois juntos, né), mas que ele provavelmente ia fazer sucesso com os gays, ‘porque ele é arrumadinho’. Muita fantasia isso aí de que fulano ia fazer sucesso com os gays. Mesma coisa as amigas HT que ficam incitando o desejo das lésbicas (isso se são HT’s de fato).

      • Daniela disse:

        Dani de cima, eu sempre brinquei com a minha namorada que quando alguma mulher hétero fica sabendo que a gente é lésbica, podem ter duas reações:
        -Ah! vc é lésbica né? Ahhhh que nojo, aposto que você gosta de mim!!!
        ou então
        -Ah! vc é lésbica né? mas porque você não gosta de mim??? eu não sou atraente o bastante????
        huehuehuehueheu

      • Isabela disse:

        Nooooossa, Daniela’s é a mais pura verdade! Não tem condição, é muito egocentrismo pra uma mulher só! u.u’

      • Mariana disse:

        Eu sempre tenho a impressão de que as heteros pensam que lésbicas são “máquinas de teste”. Tipo, “fica comigo pra eu saber se eu sou também?”. Como se essas coisas fossem definidas com beijo.

        Quando isso acontece, eu pergunto: “você sente atração por alguma mulher, sente vontade de ficar, beijar, ir pra cama”. Só assim pra desistirem.

        Já conheci uma que dizia “ah, mas você é minha amiga.. deveria fazer isso por mim, pra me ajudar a saber o que eu quero da vida”. E aquelas que querem ficar com a gente depois que descobrem traição do namorado porque “decidiram” não querer mais homens?

  10. Path disse:

    Eu tenho mais amigas HT do que amigas lésbicas, conheço muita lésbica, mas sem contato algum, amigas mesmo são HT, e por incrível que pareça elas me tratam com uma amiga normal, perguntam sobre meus rolos, namoros e tals, como se fosse a coisa mais normal do mundo, nunca me questionaram sobre o porque de eu ser lésbica ou coisa do tipo, enfim nunca tive problemas com amigas héteros, e cá entre nos eu gosto quando elas trocam de rouca na minha frente e elas sabem, mas não é problema nem pra elas e nem pra mim e nunca foi… o prevalesse entre a gente é o respeito.

    • Daniela disse:

      Que bom ouvir relatos de pessoas que são mais evoluídas. Tira um pouco a carga do ‘marido evangélico que tentou exorcizar a lésbica.’

  11. Marina disse:

    Eu não tenho absolutamente nenhuma amiga lésbica, só heteros. No máximo, converso com a galera lá no grupo do Facebook. Então, tenho que lidar com um monte de coisas desse tipo. Quanto ao contato físico que fala aí, por conhecê-las há tempo, antes de saber que era lésbica e tal, não tenho nenhum problema (mas acredito que teria caso tivesse acabado de conhecer a garota e contado que era lésbica), nunca vejo com malícia. E eu discordo totalmente disso de não abusar a amiga para reclamar sobre homens… Quero dizer, eu também abuso de volta, falando de mulheres e tal. Se é pra ser amiga mesmo, é pra abusar (no melhor sentido que a palavra tenha, ok?).

  12. Gabriela disse:

    Não sei vocês, mas se eu desconfiasse que alguma amiga, hetero, está fazendo qualquer coisinha diferente comigo porque sabe que eu sou lésbica, não iria gostar. Acho que a coisa mais bonita em ser lésbica, que nos coloca em real vantagem, é poder ter um maior discernimento, consegue ver em mais ângulos a questão de gênero e etc… ou pelo menos deveríamos. E acho que isso nos dá muitas vantagens quando conseguimos pensar com calma, argumentar.
    O ponto crucial das relações entre amigas heteros e lésbicas é a definição. Não é porque achamos uma amiga bonita que nas primeiras perguntas q ela fizer nós já ficaremos pensando se estariam afim. Cabe a nós também definirmos as situações nas relações, oras. Por que é que sempre as lésbicas ficam sofrendo por heteros? Ironia do destino? Claro que não. Amiga é amiga, seja ela hetero ou não.

  13. Júlia disse:

    Eu tenho uma amiga que é bi pra se mostrar, sabe como é né. Daí ela faz milhões de comentários do tipo, ” mas pq você não fica com meninos de vez em quando?”, , “o fulano gosta de você, pega ele, ele é legal”, “meu, você é lésbica DEMAIS! Não seja tão radical!”.
    Tipo, WTF? Sou lésbica demais? Querida, não é todo mundo que pode “escolher” orientação sexual para o que for mais conveniente. É muito fácil dar uns beijinhos numa menina na balada e dizer que é bi para parecer cool. Eu também posso dar uns beijos em um garoto, mas pra quê? Pra eu dizer que sou “bi” e não “lésbica”, e chocar menos as pessoas, ser menos “radical”. Aff, afff. Adoro ela, mas tem coisas que são complicadas para héteros entenderem, por mais nossas amigas que sejam.

    • Daniela disse:

      Adorei o “lésbica demais”. Ela também faz campanha contra ser hétero demais? Pelo jeito sim, por isso é ‘bi pra se mostrar’. Alguma espirituosa por aí poderia fazer uma escala humorística pra marcar pontos e ver se a pessoa é lésbica demais, lésbica o suficiente, ou pouco lésbica.

  14. Tita disse:

    Minha melhor amiga é hetero, e sim, trocamos de roupa na frente uma da outra, ja dormimos na mesma cama, ja tomamos banho enquanto a outra escova dentes, enfim nao podemos acreditar que toda lesbica tem T por qualquer mulher… Amizades verdadeiras sao baseadas em respeito e confiança, se todos respeitassem verdadeiramente o outro, o mundo seria bem melhor… Leitora q escreveu a Jac, seja amiga, tenho certeza q isso sim fará sentido. Ah! minha amizade dura mais de 10 anos… Somos madrinhas uma da outra de casamentos e sou madrinha da filhinha dela…

  15. My disse:

    Depoimento de HT (fiquei rindo quando descobri o que era isso rs). Acho muito triste dizerem que não possa existir essa amizade; Tem três tipos de pessoas: homofóbicas, curiosas e normais, as normais, como eu, veem a amiga lésbica normal como ela. Minha melhor amiga é lésbica, namorei o irmão dela quando eu era adolescente e viramos amigas desde então, ela assumiu anos depois que terminei com o irmão dela e nada mudou. Cheguei a sair com elas algumas vezes, boate, pagode, carnaval e fiz amizades com suas amigas, que hoje são só virtuais, mas pelo óbvio gosto diferente para pares, cada uma passou a sair para o seu lado. Somos amigas há 17 anos, hoje sou casada e meu marido, que já foi homofóbico, hoje a considera irmã, são até do mesmo grupo religioso. Não vejo diferença. Como ela está solteira, ela sempre está aqui em casa, em reuniões com os amigos. Nunca houve dúvidas nessa amizade. Hoje estou querendo encontrar uma namorada para ela hahahahaha Vou divulgar este grupo de vocês, essa página lá no facebook.

  16. Lais disse:

    A melhor coisa do post (sem querer desmerecer o post, pq adorei) foi no vídeo a parte q a menina fala “vc gosta de Mel C, né?!”
    Sou completamente fascinada por ela desde os meus 7 anos de idade qndo conheci Spice Girls!! 15 anos depois cá estou eu, lésbica, vendo q não sou a única!!o/
    (na Inglaterra devem ter muitas!)rsrs

  17. Ana Raquel disse:

    Jac! novamente adorei o seu post, vc é o máximo e suas leitoras tambem. Ri muito e me identifico com muito do que foi relatado. Recentemente eu fui numa baladinha com uma amiga e ela disse que eu era namorada dela só pra espantar quem não a interessava (não curti mas tá bom). Me senti um peixe fora d’água quando ela começou a dar atenção a um certo sujeito e os caras que tinham levado o fora começaram a cochichar….
    Eu tenho uma outra amigona (ela não sabe que sou lez) que já me constrangeu com comentários em tom de nojo sobre meninas que gostam de outras meninas. Eu não sei, talvez se ela soubesse ela acabaria percebendo que não tem nada demais mas eu tive uma experiência traumatizante aos 16 anos (época em que eu era bem religiosa e nem desconfiava que era gay, fui me dar conta mesmo aos 19 anos). Eu era unha e carne com uma das irmãs do meu cunhado. Nos viamos somente aos finais de semana mas era super divertido, conversávamos muito, sempre andávamos de braços dados e sempre dava um beijão na bochecha dela e um bear hug quando a gente se encontrava. Eu sempre a convidava pra dormir em casa e eu fazia questão de fazê-la dormir na minha cama (de solteiro) e eu arrumava um ninho pra mim no chão ao lado. Ahh e gostava de preparar o café da manhã pra ela pq ela vivia dizendo que o meu café era o melhor. Enfim…vcs entenderam que a gente era super amiga..certo? só não nos trocavamos em frente a outra pq sempre morri de vergonha. Então, não sei se era pq eu era carinhosa demais ou pq as pessoas tinham inveja sei lá… só sei que no dia que alguem fez um comentário sobre a gente ser lez ela começou a se distanciar, me ignorar, fazer pouco caso…. quando eu fazia algo carinhoso ela procurava retribuir e depois ela passou a ignorar. Isso me machucou muito e as coisas mais ou menos voltaram ao “normal” depois que ela se casou. Acabamos perdendo contato….Eu deixo de ser “eu mesma” com muitos amigos e em especial amigas pq eu sinto fortemente que se soubessem de minha orientação não seriam “normais” comigo. Que coisa chata, mas eu acho que ou eu me escondo dos meus amigos ou eu meto as caras para o que der e vier. Quem sabe eles aprendem algo com isso(?)

    Continua escrevendo Jac e sempre que eu puder eu deixo um comentário, beijão!

  18. kah. disse:

    Serei breve.. Esses dias eu tava na casa de uma amiga minha, e a mãe dela tava junto (as duas sabem da minha condição). Papo vai, papo vem.. E elas me perguntaram como duas mulheres transam. Eu fiquei meio sem jeito com aquilo e tals.. Daí, a mãe da guria me sai com essa: “ah, são só preliminares, né?! não tem SEXO de verdade..”. Desviei o assunto e deixei por isso mesmo.. Teria sido muito grosseiro da minha parte se eu respondesse que as lésbicas também fodem?

    • Daniela disse:

      Eu acho que não seria grosseiro. Apesar de ser um assunto delicado, as vezes é bom poder mostrar pras pessoas que o mundo é um pouco maior do que elas pensam ser.

      Mais uma da minha mesma amiga aquela, mas nessa temática: Em um contexto em que se falava de sexo, ela falou algo sobre ‘as pessoas transarem, ou então sexo oral…’ pra me ‘incluir’ na situação, deixando implícito que, pra ela, lésbicas só fazem sexo oral. Claro, na mentalidade pequena das pessoas só existem 3 ‘tipos’: sexo oral, sexo vaginal e sexo anal (os dois últimos obrigatoriamente praticados com um pênis) então obviamente as lésbicas só fazem sexo oral, porque é o que ‘sobra’ , já que elas não têm pênis. Eu fiz questão de perguntar “como assim? Ah, pq do jeito que tu falou parecia que lésbicas só fazem sexo oral”.

      • Mariana disse:

        Essa de “mulheres só fazem sexo oral” é muito comum mesmo. Só fazem sexo oral e ele só rola se as duas estiverem deitadas, viu! Hahaha…

        Ai, ai… Sobre falar como acontece o sexo, kah, eu gosto de esclarecer. Já me perguntaram várias vezes e gays inclusive já falaram na minha cara “deve ser boooring porque com o homem tem o lance do corpo juntinho e tal”. Falam como se o sexo fosse online. :/

        Esse papo sempre me deixa com uma pontinha de vergonha e eu sequer posso responder “google it” para quem me pergunta porque 99% dos vídeos pornôs foram produzidos para o público masculino e pouco mostram da realidade.

    • vrockerv disse:

      devia falar p essa veia… vem aki q te mostro q minha lingua ti faz sua perva (fora o strap neh)

  19. Bianca disse:

    Concordo com a Kah!
    Realmente p/ mim essa é a pior das perguntas q as pessoas HT’s desenformadas e que só enxergam esteriótipos fazem…
    Ninguém merece viu?!

  20. Vãn disse:

    O namorado duma amiga terminou o relacionamento porque cismou que ela o trai comigo!
    E nós nos conhecemos ha varios anos, nunca pintou nem um climinha sequer.
    Aff.
    ps: adorei seu blog, o conheci atraves da sua plagiadora!

    • Mariana disse:

      Você tá bem ainda… Pior é quando o namorado da amiga te convida pra um menage.

      • Lis disse:

        Só eu fico puta com isso de ‘o namorado’ não ter ciúme se for com mulher?

      • Daniela disse:

        Eu também fico puta com essas coisas de namorados quererem menage. Uma amiga contou que topou isso aí, e dali a pouco o cara tava agindo como se tivesse 2 namoradas. Eles vieram com uma conversa de que a namorada queria experimentar ficar com mulher, mas no fim era mais um desejo dele de ‘ter duas mulheres’. Ela saiu correndo quando percebeu isso.

  21. JM disse:

    A maioria das minhas amigas são héteros e como vivo no meio universitário no nordeste (muuuuito tradicional) é muito complicado assumir minha orientação sob o risco não apenas de perder as amigas, mas também virar alvo de constrangimento por parte de alunos e outros (as) colegas.

    • Isabel* disse:

      Também sou do nordeste e faço faculdade, mas percebo que depende da área isso aí. Tem áreas muita machistas. As exatas e tecnológica, por exemplo. Se aparecer um gay ou lés, será o ‘gay da turma’ pro resto do curso. Por isso, sou bem reservada e não sou 100% eu mesma com eles.

  22. Mariana disse:

    Sobre experiência ruim entendo muito bem. De todas as minhas amigas, eu só não fiquei com minha melhor amiga (que é lésbica), com outra que mora longe e com as que conheci depois do início do meu namoro-casamento.

    As outras todas foram… vítimas? Não sei como nomear. A questão é que essas situações desagradáveis aconteceram com freqüência e uma dessas que provocou um rolo muito confuso entre mim e uma amiga. No final das contas, páramos de nos falar. Logo depois descobri que ela estava namorando uma ex minha e hoje (cof cof cof) a guria é hetero.

    Eu acho que você poderia reforçar esse post. Escrever uma versão sobre “está a fim da sua amiga lésbica? Tem certeza?”. Seria interessante.

    Pois bem. Difícil demais e eu sempre tive dificuldade em não conquistar. Não que eu seja irresistível, mas mulheres fazem amizades com muita intimidade e, no final das contas, a linha tênue que separa paixão de amor amigo é muito discreta e difícil de não ser ultrapassada.

    Pra vocês terem uma ideia, nunca namorei mulheres que já tivessem ficado com outras. Já fiquei com meninas assumidas, mas só namorei girinas.

    Adorei o post. Esse e tantos outros.

  23. LiLi disse:

    como faço pra convencer minhas amigas hétero que as brincadeiras q faço não passam de brincadeiras, e que as brincadeiras e mal intencionada ??? brincadeiras essas q são por exemplo: pegar na bunda, abrasar,fala que as minas são bonitas e etc..

    • Mariana disse:

      Pegar na bunda de amiga hetero é o fim. Não faça isso. Sobre abraçar, elogiar.. Não vejo problema. Se elas veem, talvez seja hora de reverem os conceitos. Carinho entre amigos é normal e elogio é ainda mais comum.

  24. Fern disse:

    A ultima hétero que tentou ficar minha amiguinha teve um super lance comigo , me deixou crazy in love , me trocou pela melhor amiga e virou lésbica, Na real , eu sou muito butch daí fica fácil pra uma hétero sentir-se atraída por mim porque elas se isentam da “culpa-gay”. Elas mentem pra sí mesmas com mais facilidade justificando da seguinte forma “oras , parece um menininho macio heheh veja como ainda sou hetero” e bem , com essa historinha aí eu acabo não conseguindo manter uma amizade hétero-lésbica. O que é terrível porque mulheres heteros conseguem ser ótimas amigas.

    • Mariana disse:

      Passo por isso constantemente. Na verdade, foi bem como eu disse num comentário acima: ” a linha tênue que separa paixão de amor-amigo é muito discreta e difícil de não ser ultrapassada”.

    • Line disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk raxei com a menininho macio

  25. Wall disse:

    Cara, tenho amigas lésbicas mas as minhas melhores amigas são hétero! Trocamos de roupa uma na frente da outra, conversamos sobre os lances delas e os meus, dormimos na mesma cama, andamos de mãos dadas, damos tapas uma na bunda da outra e pegamos uma nos seios da outra e saímos correndo (sim, sei que somos infantis :P), não tenho o menor problema com nenhuma das minhas melhores amigas. Elas simplesmente me amam, independente da minha condição sexual, assim como eu as amo…
    Quando me assumi tive problemas principalmente com uma ex- amiga. Ela era minha caloura de faculdade e vivia me perguntando se eu era lésbica, e eu sempre negava (ela era muito novinha, bobinha e eu preferia negar), anos depois contei pra ela e ela mesmo levantando a bandeira gay, cortou relações comigo. Não aceitava nenhuma menina que eu ficava, dizia seeeempre que eu era o “garoto” da relação (não sou 100% feminina e nem 100% butch), sempre perguntava se eu pegaria ela e eu dizia que não, aí começava a frescura: Poxaaaaa vc não me pegava??? o que tem de errado comigo??? ¬¬ Insistia que eu tinha um amor platônico por ela ¬¬ Seeeeeeeeeempre que eu dormia na casa dela, dizia pra eu não agarrar ela a noite e coisas do tipo… apesar dos pesares eu gostava muito da amizade dela, mas ela era ciumenta demais e realmente começou a ficar chato, começou a contar a todos sobre minha sexualidade e ainda ficava com raiva quando diziam que ela namorava/eraafim/tinha ciúmes de mim… acho que tudo vai da maturidade da amiga.

    • Mariana disse:

      A frase perfeita foi: “acho que tudo vai da maturidade da amiga”. Sim. Depende disso mesmo.

      Meu comentário ali em cima sobre não bater na bunda das amigas HTs foi em virtude do que a Fern falou: “faço pra convencer minhas amigas hétero que as brincadeiras q faço não passam de brincadeiras, e que as brincadeiras e mal intencionada”. Perceba que ela quer saber como “convencer”, logo não acho muito interessante que ela continue com o tapa na bunda, sabe… Mas isso é relativo.

      Eu não sou de fazer nenhuma dessas coisas. Fico muito na minha e brinco mais com uma velha amiga que é lésbica também.

      Penso que para continuar com brincadeiras ou começar a brincar é preciso ter bastante certeza de que a outra pessoa não entenderá mal.

  26. hambaca disse:

    Eu sou um pouco mais tranquila nas minhas relações com amigas heteros, nao temos todos esses cuidados. Trocamos de roupa na frente umas das outras, dividimos a mesma cama, falamos dos caras bonitos e das mulheres bonitas… beijos, abraços, carinhos para dormir, cabeça no colo vendo filmes…
    Enfim, acho que tudo depende do tipo da amizade e do tipo de pessoas com quem nos relacionamos… acho meio complicado ter um guia sobre isso, já que cada relação de amizade tem suas particularidades, alem disso muitas relacoes de amizade entre lésbicas, acabam sendo mais tensas e problemáticas do que amizades entre lésbicas e heteros…

    • Camila disse:

      Concordo.. não to nem aí pra amigas minhas trocando de roupa na minha frente, por exemplo. Por mais bonitas que sejam… não existe atração e pronto! E eu consigo separar isso… e minhas amigas também. Elas são super tranquilas… eu ouço os dilemas sobre os “carinhas” e elas ouvem os meus problemas com minha namorada… não se sentem constrangidas em me tocar ou serem tocadas por mim e nem mudam de recinto pra ficarem nuas porque sabem que por mais “apetitosas” que elas sejam, eu não vou ficar olhando torto e intimamente desejando qualquer coisa com elas! Mulheres não são assim… nós conseguimos ficar na presença de pessoas nuas sem agir como cadelas no cio…
      Entre amigas de verdade não existem segundas intenções… se começar a rolar, vai desandar… ou a amizade acaba ou vira namoro (se a menina for hetero, fim de amizade).
      Enfim, isso é de pessoa pra pessoa, amizade pra amizade… fato é que se começa a rolar conversas estranhas por parte da menina, uma curiosidade louca, comentários atravessados… é hora de sentar no cantinho e rever os conceitos dessa dita “amizade”…

      • Caroline P. disse:

        Comigo também é a mesma coisa. Não tem atração! Tenho uma amiga que dorme do conchinha comigo, sempre que ela tá aqui, se joga em mim no sofá, eu faço cafuné mas nunca houve nada entre nós. Nas conversas (até as mais íntimas) sempre soubemos agir bem uma com a outra. Ela tem o namorado dela e eu a minha. Cada uma aconselha, ouve, repreende a outra e assim a vida segue. 80% das minhas amigas são hétero e nenhuma delas agiu diferente comigo (pelo menos não que eu saiba).

  27. Carol disse:

    gente, sou obrigada a ouvir todos os tipos de posições heteros e quando vou falar de como foi fofo o beijo que recebi só escuto ‘ECA’. socorro x.x

    • Daniela disse:

      Diz ‘ECA’ pras posições hetero. Talvez eles comecem a entender. Um talvez bem talveeeezz assim, quem sabe, depois de anos insistindo.

  28. Alycia disse:

    http://www.youtube.com/watch?v=LWi7QiQYOSs Galera ae pra vcs o vídeo que eu fiz pra minha namorada Monique Silva e em homenagem a minha ídola Angelina Jolie deêm uma olhada lá! Bjos

  29. M@ disse:

    Verdade (como sempre néa?) que essa história aí de bancar a lez e depois desfazer pega bem não… Tipo esses dias, que estavamos eu, meu pai e minha mãe andando numa feira aqui…de repente, no meio das apresentações que tavam acontecendo, o apresentador fala: “Maçã do amor pros namorados!” aí uma guria da 1a fileira grita: “Eu e ela estamos juntas!”…tooodo mundo deu uma olhadinha tipo “meo deols, eles estão entre nós”…pior é que depois chegou um cara e deu um abração e um beijo nela….

  30. kah. disse:

    Na boa, esse negócio de hétero ficando com mulher “só pra ver como é que é” não me agrada nem um pouco. Ou tu é ou tu não é, porra.. Te decide. Eu prefiro alguém que tenha a sua sexualidade bem definida e ponto final. Depois vem gente falar que os gays é que são promíscuos. tománocu, viu..

    • Alycia disse:

      Tah certo q cada um tem seu ponto de vista, mas a questão é: Se vc nunca “experimentar” nunca vai saber e namoral cada louco com sua mania… Além disso é por isso q existe o termo heteroflex…! Eu acho super normal!..

      • kah. disse:

        Experimentar é uma coisa.. Sair por aí pegando todo mundo que aparece pela frente só pra dizer que já experimentou de tudo mesmo tendo certeza de que se é heterossexual são outros 500. Foi desse tipo de pessoa que eu falei antes. Não tô julgando ninguém aqui, cada um faz o que quiser com a sua vida e o seu corpo.. É só a minha opinião.

  31. Ceci disse:

    Adorei o post e adoro o blog! Rachei de ri com alguns comentários e fiquei chocada com outros, tipo o evangélico exorcísta, já que meus pais são evangélicos, acabaram de descobri que a filhinha que eles juravam que ia se casar de véu e grinalda tá dividindo o mesmo teto com uma mulher a 6 meses e juram que satanás está agindo sobre mim e provavelmente estão nesse exato momento pensando em um ritual de exorcismo para me livrar de todo o mau amém! e me trazer um homem de Deus que me faça feliz!! E pra completar a minha saga pelos comentários acabei de descobri no comentário da Mariana que eu sou quase uma girina, já que só tive a long, long time ago dois casinho com duas meninas e depois entrei em uma fase totalmente hetero e em seguida mergulhei de cabeça em um “casamento” (moramos juntos) hetero de 10 anos. Já tinha até adormecido qualquer lado Les que um dia existiu em mim, para a glória dos meus pais, amém!! quando resolvi experimentar com uma amiga Les que se declarou pra mim e voltou com força total. O casamento foi pro beleleu, já estamos juntas a quase um ano e com 4 meses fomos morar juntas. Agora me sinto completa e realizada e não pretendo (para a infelicidade dos meus pais) voltar a vida hetero nunca mais, até mesmo porque quero passar o resto dos meus dias ao lado dela, é aquela hostória: se reprimir volta em dobro, rsrs! Então… tomara que esses rituais de exorcismos não funcionem. E no final, dessa minha vida hetero restou as boas amizades hetero, que rola de tudo: tem a melhor amiga hetero que é ótma, me trata da mesma forma, mas passou umas boas semanas me perguntando o que aconteceu para eu virar lésbica e só aceitou o fato quando soube do meu pequeno passado lésbico e quando contei que durante todo o meu casamento tive diversas fantasias com mulheres… tem a amiga hetero que aceitou logo de cara com a maior naturalidade e que contou para o marido que, por sua vez, sugeriu um ménage, tem a amiga evangélica que me surpreendeu e que me deu todo o apoio e que não quer me ver beijando uma mulher, mas que liga todos os dias e que continua dizendo que me ama e tem as amigas que não sabem e que não saberão, pois são extremamente homofóbicas e que provavelmente logo, logo deixarão de ser amigas…

  32. Roberta disse:

    (Hétero aqui…)
    Bom,gostei muito do post 🙂 Muuuito bom msm!!
    Sou de uma família muito religiosa,nasci na igreja praticamente(vcs sabem oq os religiosos pensam a respeito disso),então sempre fui muito estupidamente homofóbica.Conheci uma pessoa q tds diziam q ela era lésbica e falavam pra eu parar de andar com ela,mas como eramos muito próximas não conseguia simplesmente deixar de falar com ela nem um dia sequer,detalhe:ainda não sabia se ela realmente era ou não.Tinhamos um amigo em comum(q sabia q ela era lesbica) e ele simplesmente a odiava por nao ter se assumido pra mim.Até q num belo dia ela resolveu se assumir pra mim,e acho q ela não esperava a reação q eu tive mas eu disse pra ela q já sabia,só queria ouvir dela.Isso contribuiu muito pra nossa amizade,hj em dia conheço a namorada dela (q morre de ciumes de mim) e gosto muito delas(faço td por elas).As respeito muito assim como elas me respeitam.Procurei não mudar a forma como eu a tratava e continuo a tratando da msm forma.
    Hj em dia,minha amiga vive aqui em casa e a namorada tb,minha mãe sabe da relação delas e gosta muito delas tb.Sempre achei q minha mãe me proibiria de andar com elas,mas ao contrario disso ela gosta quando saio com elas.Sinto isso como uma forma de confiança,minha mãe confia muito em mim e pelo visto nas meninas tb,por isso acho q ela as adora.
    Enfim,só acho q tds temos direito de ser feliz,e não adianta recorrer a bíblia,pois Deus já disse q não faz acepção de pessoas,e se Ele diz para amarmos o próximo,quem é o errado num ato homofóbico??
    Isso td mudou meu modo de pensam,já tenho varias amigas lésbicas e até apoio os seus relacionamentos,acho lindo esse meio e gosto muito de tudo isso…
    Então meninas,sejam felizes com as suas decisões e não se preocupem com o que os outros pensam,afinal eles não pagam suas contas (rsrsrsrs) Amem,beijem,fiquem a vontade para se pegarem que o importante é ser feliz =D
    Visito sempre blogs q falam disso,me ajudam a conhecer melhor com oq lido praticamente tds os dias.
    Continuem postando coisas assim q eu continuarei lendo…bjoo,Amo vcs 🙂

  33. Jaque disse:

    Tenho três amigas lésbicas (sou hetero). Mas situações assim são meio complicadas mesmo. Conheci todas elas este ano, e antes nunca tinha convivido com nenhum homo. E eu sou do tipo que agarro minhas amigas, nunca vi malicia nenhuma nisso. Abraço mesmo, durmo junto na cama… mas conversando sobre homens. E eis que uma desses minhas amigas não contou logo de cara que era lésbica (aliás, nenhuma contou né) e eu ficava de abraços com ela. Mas depois que ela me contou que era lésbica, meu jeito de tratar ela não mudou. E daí se ela gosta de meninas? Eu gosto de caras… ela sabe disso, eu sei disso, eu sei que ela curte meninas… porque é que eu não vou continuar abraçando ela super apertado do mesmo jeito? Além disso, ela tem namorada HEY! Minhas outras duas amigas lésbicas são namoradas. Converso com elas super de boa sobre esses assuntos, inclusive sobre dificuldades no relacionamento delas. Acho bobeira você querer tratar diferente uma amiga só porque ela não tem o mesmo gosto que voce (:

  34. Eduardo disse:

    Olá, Jac!

    Muito bacana essa matéria. Normalmente é assim: as pessoas não sabem ao certo como se portar diante de uma lésbica (ou gay) quando não estão acostumadas com o assunto ou com a idéia de que as pessoas que elas conheciam (há um bom tempo), de repente, revelam-se homoafetivos. Sei disso porque sou heterossexual (homem) e já passei por situações nas quais me perguntei se devia ou não devia olhar para uma garota lésbica quando a achava atraente. Muito embora não seja o tipo de homem que fica (desagradavelmente) encarando, de forma escancarada, uma garota bonita – cheguei a me perguntar se deveria dar uma “olhadinha” de leve. Bem, agora que tenho mais experiência, simplesmente me comporto como faria com qualquer mulher. Trato do mesmo jeito. Digo, inclusive, quando é o caso, que as acho bonitas. Mas não avacalho dizendo, no final, “que desperdício”. Sei que garotas gostam de elogios sinceros, mas, ao mesmo tempo, de que respeitem a opção delas. Contudo, evito fazer perguntas de cunho pessoal para as minhas amigas lesbo. Espero que a iniciativa parta delas. E confesso que adoro bater altos papos. Sempre tive curiosidade sobre o assunto. E elas são muito divertidas.

  35. Andhy disse:

    O pior é quando você não é assumida, parece que todo mundo ao ser redor vira preconceituoso, e você fica se aguentando.
    Eu até penso: “Tem alguém me testando nessa merda, fica calma”
    Porque alguns comentários são realmente maldosos e estúpidos.

    • Deb disse:

      Meus pais sempre foram homofóbicos,mas de um tempo pra cá eles estavam demais. Acontece que na verdade eles mexeram no meu celular e viram umas mensagens que eu troquei com uma ex. E eram comentários bem preconceituosos, e então eles perguntavam o que eu achava e eu só dizia que não sabia, até que um dia minha mãe me chamou num canto e perguntou se eu era, não tinha mais como negar… no começo eles nem tocavam no assunto, principalmente meu pai,mas depois ficou tudo bem…

  36. Regina Phalange disse:

    XD gostei! tenho q mandar isso pra umas amigas minhas!
    Desde que me assumi lésbica pra elas elas nem encostam mais em mim!
    Teve uma vez q uma delas tava com uma folha no cabelo, eu fui tirar e ela se esquivou como seu eu fosse tentar estuprá-la!
    fiquei chateada! =/

  37. Dwarf disse:

    Nossa, tudo MUITO real aí.
    Outro dia estava com a minha amiga de infância hétero, e estávamos vendo filme na cama dos pais dela.
    Ela simplesmente começou a me provocar de um jeito muito exposto e libidinoso, fora que meus pais estavam na sala ao lado (apesar do quarto estar fechado. Ainda bem que eu tive o autocontrole necessário, porque, pelo amor de deus!, hétero é um perigo.

    Não vou nem comentar da minha prima…

  38. Anna780 disse:

    Eu tenho uma amiga q eu gosto mt dela (como amiga) e como ela sabe q eu sou a melhor amiga dela ela fica me tratando como melhor amiga, mas ela está exagerando na dose ela me dá abraços prolongandos, tenta tocar no meu peito mas eu n deixo isso lógico. Um certo dia ela tentou me beijar eu só tenho apenas 12 anos (sei q vcs devem achar um absurdo eu estar vendo um blog desses, mas estou desconfiada com ela) e ela tb, mas fiquei na duvida de eu falar pra ela tipo “Ou vc para com isso pq eu gosto d homem e eu n vou gostar d vc me beijar.” fiquei com medo d magoar ela, então deixei ela me beijar mas eu n gostei disto e por causa disto a queda dela por mim aumentou pq ela acha q eu sou bi, mas eu n sou e n quero falar nd pq tenho medo d magoa-la. Por favor me ajuda a interagir com uma menina q quer namorar comigo e tb falar alguma coisa q n magoe ela.

    • saah disse:

      Anna nao iluda sua amiga,diga a ela que vc n gostou do que houve entre vcs e que vc quer te-la como sua amiga,mas diga a ela com jeitinho so que n esconda seus pensamentos,e ipor iludir e deixa-la criar falsas expectativas em algo que por sua parte n existe.
      bjoo seja sincera acima de tudo

  39. Sabrine disse:

    Oiie garotas,gostaria que me ajudassem please!!!!!!!!!!
    Tenho uma amiga e com a convivencia acabei me apaixonando por ela,fato neh rsrs. So que contei a ela sobre meus sentimentos e a principio ela ficou assutada,me precipitei eu sei mas detesto guardar sentimentos… Ai a L me disse que n curtia que sentia nojo e tals,no inicio nossa amizade ficou estranha mas com o tempo as coisas mudaram bastante… Ela me manda letra de musicas apaixonadas,pergunta o que fiz no dia,se saioela pergunta com quem sai que horas cheguei,fica com ciumes,me manda msg o dia todo e nas madrugadas tbm,eu dei um ursinho de pelucia pra ela e ela dorme com ele,minha blusa ela cheira dorme com ela tbm,e da ultima vez que saimos ela n desgrudava de mim,n gostava que eu saisse de perto dela,o ruin que n tive oportunidade de fiicar sozinha com ela,nisso eu decide pedir um tempo pra ela pra pensar e ela disse que nao,que n abre mao de mim que me adora e que n quer… Ai deixei esse tempo pra lah… Mas sera que ela gosta msm de mim ou quer se aproveitar de alguma forma? Sera que conto que ainda sinto algo por ela ou espero uma oportunidade de ficarmos sozinhas e ir aproveitando a situaçao?
    Nos 2 temos 16 anos,estudamos na msm escola so que n e na msm sala,conheço ela a uns 10 meses e sou a unica e primeira amiga lesbica que ela tem…
    leiam por favor,preciso de concelhos!!!
    bjos S

  40. TM disse:

    faz muito tempo, mais de2 anos que eu comece a gostar de uma amiga hetero do meu predio. Ela era e é ainda como irma pra mim. Esse tempo todo passou e umas duas semanas atras eu resolvi dizer a ela que eu realmente gostava dela. Ela entendeu e me disse que gostava de mim só como amiga. Mas toda vez que ela fala comigo, ela me trata diferente de qualquer um e consigo perceber um olhar diferente dela. Nao sei o que pode ser. Ainda tenho vontade de dizer o que eu realmente queria com ela mas ela me confunde porque tem vezes que ela parecer corresponder e outras nem liga.

  41. Ana disse:

    Preciso da sua ajuda 🙂
    Ps: Seu site é d +, ri mto com as legendas das fotos

    Oi, eu sou ht e minha amg bi, eu qr fikar com ela. Eu to começando a gostar dela e ela ta namorando com um menino q mora longe e eles nunca se viram! (e ela disse q trairia ele porque eles nunca se viram,mas isso seria difícil!!) e ela msm namorando topo ir cmg em uma balada gls
    Eu ja perguntei se ela fikaria cmg assim brincando e ela disse q nao tinha pensado nisso, mas q achava q sim ficaria.( isso foi em maio)
    Hj no passeio da escola a gnt ando de braços dados e as vezes demos as mãos quando nao dava pra passar de braço, e na ida ela deitou em mim, e na volta eu deitei nela como se fosse um nenem, ela fiko me dando comida na boca e talz.
    Um dia q tava mto friooo ela me deixou no ponto do onibus como sempre e ficou cmg , dai ela sentou no meu colo passou a perna na minha e colocou a minha mão na barriga dela pra esquentar.

    Será q ela sente um interesse em mim, por esse atitudes??? pq eu to gostando dela e to afins de fikar com ela!
    Como eu faço pra demostrar isso??

  42. Tati Hussaine disse:

    Sempre acontece situações chatas, a que mais me chateia é os namorados e maridos de amigas héteros que ficam enciumados, não sei o que acontece mais sempre tem um babaca que acha que vou pegar as mulheres deles. Ridículos.

  43. Sami disse:

    Bem, eu estou me descobrindo lez agora e me assumindo aos poucos. Na minha sala da faculdade parece que eu vou ter que ficar na minha até me formar mesmo. Faço psicologia, mas mesmo o curso tendo fama de liberal, parece que para meu azar a minha turma é bem mente pequena, então deixa pra lá, depois eu penso nisso. O problema é que já tinha dificuldade para fazer amigas/os porque custo a confiar nas pessoas, me apegar verdadeiramente e manter laços. É aquela coisa, sabem, muda-se de escola/trabalho/condomínio e vai perdendo o contato com as pessoas até acabar a amizade por completo. Então, me assumindo lez eu não sei como vai ser, tem uma amiga minha que continua me tratando do mesmo jeito, me ajuda com minha paixão (professora, AAAAAAAAAFF eu juro que dá vontade de voltar pro últero da minha mãe e começar tudo de novo só de pensar nos problemas que eu to tendo com isso hahahaha, mas isso é assunto pra outro comentário), enfim, tem uma outra que é suuuper homofóbica, e ela me fala na cara de pau mesmo, que acha errado, que sei lá o que, mas continua sendo legal comigo, mas não sei até que ponto isso vai, vou aproveitar as férias da faculdade agora para sair mais com as amigas e selecionar quem fica pra nova vida e quem vai embora… Eu não queria perder a amizade dessa menina, porque é minha amiga desde os 9 anos de idade, minha vizinha e talz, passamos muitas coisas juntas, mas sei lá, tá parecendo que ela nao vai me aceitar como eu sou e eu não vou ficar correndo atrás de amizade assim, migalhando atenção e carinho dos outros. O fato é que eu me sinto sozinha as vezes, as heteros não entendem 2+2 do que eu falo sobre o mundo gay, e eu tô mais perdida que criança do interior de Minas em Guarapari no Carnaval (ahahaha, essa piada é porque eu sou mineira mesmo 😉 Eu preciso mesmo ter amigas gays pra me ajudar, me dar uma luz com a minha pequena (prof), e sair comigo, ir pra vida boemia, boates gays, me apresentar amigas para eu me relacionar (porque eu to meia anti social, e já estou enjoando disso), etc… Eu moro em BH/MG, alguém pode me dar um help, me dizer alguma amiga/amigo que conhece daqui, ou me indicar lugares pra sair, conhecer gente, etc ? Acho que preciso mesmo balançar minha árvore da amizade para os frutos podres caírem…

    • Isabel* disse:

      Sami, desculpa usar teu comentário, maas a minha situação é a mesma. Só muda o lugar. Natal/RN

      Tô desistindo de procurar amiguinhas na internet :S tá difícil… sou bem quietinha e discreta

  44. xeniffer disse:

    eu tenho uma vizinha q me deixa louca só de olhar pra ela,nunca fiquei c uma mulher,mais sempre sentir atração,faz pouco tempo que me mudei,assim que cheguei de cara gostei dela,agente ainda n se fala,ela só faz olhar pra mim e eu o msm,eu sou muito timida pra falar c ela,eu tenho 16anos e ela é mais velha e tem uma filha,mais ela ta solteira,tipo ela tem um amigo gay e isso me pertuba muito pq fico em duvida se ela curti ou n,pq tem muitas minas que tem amigos gays e lesb e n curtem,sei lá,eu só sei que quando vejo ela dar um negocio dentro de mim,uma vez peguei ela olhando pra mim c um olhar bem safado quando eu olhei,ela virou e ficou conversando c o amigo dela,pow desejo ela todos os dias,mais tenho medo de dizer que to afim dela e ela espalhar pra todos,não to pronta ainda pra me assumir,tbm n quero ficar brigada cominha mãe agora e tenho medo da rejeição dela,n sei oq fazer fico sem reação,só sei que quero ficar c ela,pq desejo ela d+,eu acho assim se ela sentice algo por mim pelo fato dela ser mais velha e mais madura ela me falaria,mas ela só faz me olhar,vai entender,eu tento esquecer ela mais n consigo,as vezes me sinto uma idiota e o pior ela sempre aparece na porta dela de camisola bem curtinha e eu fico imaginando coisas,pf me ajudem vou acabar idoidando de vez.

  45. Camila disse:

    Não concordei com muita coisa, rs. Eu sou lésbica e minha melhor amiga é hétero. Nunca aconteceu dela deixar de fazer algo na minha frente por eu ser “assim”, ela sempre sai só de calcinha do banheiro e é como se fosse minha irmã passando na minha frente. A gente finge ser namoradas, chama de Amor, ela conversa com todas as minhas amigas sapas, até apresenta amigas que ela suspeita ssere do rolê haha. As vezes até perguntam se ela é sapa, coitada. Não sou apaixonada por ela nem nada do tipo, até porque se fosse, ia ficar super envergonhada se ela passasse só de calcinha na minha frente. Acho que eu tenho realmente a melhor amiga, e nos comportamos como tal, independente de eu ser lésbica ou não.
    Adorei o post! 😉

  46. Luana disse:

    Aparentemente sou HT,tenho 19 anos, nunca beijei uma mulher, ja tive curiosidade,pois convivi um bom tempo com um turma GLS, só que até então não tinha tido aqueeeela vontade ao ponto fazer acontecer . No trabalho sempre via uma menina de mesma idade que a minha ,ela sempre me olhava com cara de bundaa nos corredores e eu sempre olhava pra ela com a mesma cara, nós criamos ao começo por olhares uma barreira por ciumes de um amigo nosso em comum, Esse amigo sempre comentava que não entendia pq nós duas não nos dávamos bem e não curtiamos uma a outra sendo que nunca nem haviamos conversado… Ao começo ela trabalhava no setor desse amigo, ocorreram mudança nos setores onde trabalhamos, acabou que ela é do meu setor .. (..resumindo esse Odio todo sem explicação se tornou uma amizade ,começamos a conversar vimos que tinhamos muiiiito em comum e hoje em dia super nos damos bem , aprendemos a lidar com esse “probleminha” tosco e damos risadas em lembrar . Ultimamente vejo que nossa amizade não é apenas carinho de amiga, ando sentindo algo diferente por ela, e siinto o mesmo por parte dela em relação a mim. Ela me deixa muito intrigada por causa de algumas atitudes dela, comenta muitoo que sou muito cheirosa e gosta do meu pefume X, quando uso a roupa tal ,sempre rola as brincadeiras de mão sem necessidade, porem com aquela coisa meio sem graça * medo de tar dando pala* , sinto que o mesmo medo que eu tenho, ela também tem em se abrir, pois ela tbm se julga HT como eu kkk . Estouu muito confusa e não sei que atitudes tomar em relação a essa menina, a verdd é que, sim , quero beijar-la,mais estou muiito perdida, medo de dar tiro pro alto, acho que me apaixoneiii , não estou conseguindo identificar qual a dela, ou se estou viajando. Me da uma luz meninas !!!!!

  47. ATENA disse:

    Tenho uma amiga que é hetero, muito bonita e cobiçada, eu nunca falei de mim pra ela, mas sei que ela sabe de mim, pois já deu toques disso.
    Ela tem umas atitudes estranhas comigo, tipo: mostrar a tatuagem que fez em seu orgão genital após a depilação, me chamar para ficarmos em um hotel, me chamar para irmos ao cinema, ficar me ligando para saber como está o meu relacionamento com o tal carinha que na verdade é uma mulher, enfim, gostaria de saber se heteros tb fazem isso, pois como venho de um relacionamento de 15 anos, e só conheci essa garota que é minha namorada não tenho muitas experiências no ramo, assim, gostaria de saber se essa minha amiga está dando em cima de mim ou se é coisa da minha cabeça. Agora mesmo ela acabou de me chamar para vira o ano novo com ela, já fez isso 3 vezes, alguém experiente poderia me ajudar?

  48. Elaine Ferreira disse:

    A-DO-REI todos os posts e Jac, escreves muito bem!

    Tenho várias amigas héteros e na maioria das vezes nunca tive problema.
    Claro que algumas confusõezinhas mas sempre resolvidas..rsrsrs

    Grande bjo!

  49. Nandinha disse:

    Descobri que tenho uma amiga q se apaixonou por uma lés assumida. Passei um tempo para digerir isso, me sentia mau com essa situação. Por vezes tinha nojo dela me contar o sexo das duas. Mas depois foi que eu percebi a verdadeira razão para meu constrangimento.Nós nos beijamos uma vez, nada de mais só um beijo. Axo que esperava mais do que deixei transparecer na época. Axo que queria que ela tivesse se apaixonado por mim. Não posso dizer isso a ela, tenho medo e vergonha, ela pode entender mais não vai me corresponder, pois ama a outra. Mas também não me imagino com outra mulher, eu gosto de homem. Oque eu faço por favor me ajude??

  50. Fernanda freitas disse:

    Ja tives várias situações com amigas heteros, já me apaixonei por duas.
    Já fiquei com a maioria.
    Gostei muito do seu post jack, diz tudo kk
    E sempre digo isso para as minhas amigas hetero e encrenca..
    Por isso agora só tenho amizade com lésbicas, não e preconceito nem nada.. Mas elas acham que Pq e mulher temos a obrigação de desejá-las.

  51. Bonnie disse:

    Nossa, eu descobri isso tarde.. ano retrasado rsrs ” que elas acham que porque são mulheres temos obrigação de desejá-las”.
    Foi muito decepcionante pra mim porque estou com 25 anos, me assumi aos 23 e minhas amigas, TODAS, héteros, amigas de infância !! se afastaram de mim.
    Me cumprimentam somente e não temos mais amizade.
    Era um grupinho de aproximadamente 7 meninas do tipo que eu estudei desde o prézinho, daquelas que você aparece na fita do aniversário de 3 anos, que você conhece os pais delas desde sempre elas conhecem também sua família e frequentam sua casa a anos.
    Eu fiquei boquiaberta com a situação porque eu sou A MESMA PESSOA A 25 ANOS.. e elas me veêm diferente só por conta da minha opção?
    Eu me criei com essas meninas e isso me fez ser exatamente igual a elas, sou muito feminina, muito bonita.. mais que quase todas elas na verdade..kk, e acho que elas tãaãaão se achando !kk pego coisa muito melhor que os namorados delas. kk
    Eu discordo e acho muito esquisito essas ponderações desse post com coisas como ” ficar constrangida se a menina ta trocando de roupa na sua frente “, ” não manter muito contato físico “, ” não ficar falando de homem “.
    Eu não sinto a mínima atração pelas minhas amigas, nunca senti. Não ligo de se trocarem na minha frente e isso nunca me motivou.. Toda vez que alguma amiga minha trocava de roupa na minha frente eu era toda tédios.. e também trocava de roupa na frente delas. Nunca nem fiquei conferindo o corpo delas.
    Esse post pra mim realmente incita muito mais as héteros a terem medo de lésbicas do que a fazerem amizade com elas. Eu no lugar delas teria medo realmente se tivesse que me policiar em trocar de roupa, ficar sentando no colo ou na hora que tivesse vontade de mostrar um afeto por causa de amizade.
    A lógica é a seguinte: Vocês héterossexuais, só porque gostam de homem precisam ficar secando/desejando qualquer pessoa do sexo masculino que aparece na vida de vocês? Vocês querem agarrar todos os homens do mundo porque vocês são héteros e hétero gosta de homem? Exatamente, não. Então porque elas acham que todas as lésbicas do mundo querem ficar com elas??? Gente, to revoltada. kk
    Aposto que elas não ficariam com seus amigoss ( leia-se caras que elas consideram amigos) bommm, nósss também não queremos ficar com nossas amigas !! Amigos amigos amores à parte !
    Essa coisa de se apaixonar pela amiguinha é coisa de menina adolescente confusa. Eu to falando amiga de verdade gente ( que você partilha sua vida e tal), não aquela colega, amiga de balada que bebe e sai por aí querendo te lanhar kk. Daí tenha piedade né.
    Mais enfimm, essa coisa também de ” aiii não fala de homemm ” nada a verr. O próprio post mesmo depois diz que lésbicas adoram quando as amigas héteros perguntam sobre seus relacionamentos. Amizade é reciprocidade. Vocês querem que elas entendam o “nosso mundinho” perguntem da nossa vida pessoal mais que não falem das coisas delas? (coisas delas leia-se homens, homens, trabalho, homens..)
    Por eu ter vivido “no armário” até meus 23 anos, eu sempre dei muito palpite em rodinha, ouvi lamentações, detalhes íntimos que.. okkk pode parar aíí kk. Mais assim, não me abaala e super enoja. Cada um com suas escolhas. Não ficaria com um homem mais também não sou militante feminista ou anti-homens.
    O resumo do meu “pequeno” post é uma reclamação de ambas as partes.
    Oque ficou parecendo foi algo do tipo ” nós lésbicas achamos absurdo que essas meninas héteros pensem que a gente deseja elass só porque somos legais mais assimmm vamos impor limites na nossa amizade né.. senão não resspondo por mmimm 😉 ”
    E pro lado das heterossexuais, pelo que vi das minhas amigas.. não consigo acreditar até hoje que elas PENSAM que eu daria em cima delas. ÁÁi deus !! Até hoje eu acho que é mais porque elas são pessoas inseguras que ligam pra opinião alheia preconceituosa e acham que andando com lésbicas o povo vai começar a suspeitar que elas também são. Sim, dá pena.
    Então …lésbicass, parem de ser esquisitasss em alguns quesitos por favor e você hétero para de se achar a top das galáxiass todo mundo te quer, todo mundo te olha porque no fundo vocês se sentem barangas e loosers quando we dont give a fuckk !

    Beijosss my friendss ! Ps: Parabéns pelo blog !

  52. Ana disse:

    Olá, amei o post, muito mesmo, é que tenho uma “amiga” digamos assim, nem somos assim tãaao próximas mas eu acho que ela é lesbica, eu andei lendo sobre as características de meninas lésbicas, e essa amiga se encaixa muito, ela gosta de esportes (é prof de ed física), ela não pinta as unhas e deixa sempre curtas, nunca vi ela se sandalha, ou sapatilha, apenas de tênis e chinelo ela só usa em casa, adora animais, porém essa minha amiga não gosta de abraços, beijos nem que fiquem a tocando, seja homem ou mulher, e ela tem uma amiga que não sei se é pelo fato de serem muito amigas ou porque ela é lesbica, ela não liga que a amiga a toque, nem que mexa no cabelo, elas até tomaram banho juntas e agora eu estou confusa

  53. Helena disse:

    Eu tenho uma amiga, muito amiga mesmo que há pouco tempo se assumiu lésbica. Pra mim a nossa amizade não mudou nada, ela sempre foi e sempre vai ser minha amiga, somos muito grudadas, e algumas pessoas pensam que somos um casal. Isso não me incomoda, podem pensar o que quiserem, eu nunca deixaria de ser amiga da minha amiga pelo fato dela ser lésbica. Uma escolha sexual dela, ninguém tem nada a ver com isso e isso so diz respeito a ela, porém a namorada dela tem um pouco de ciúme de mim e eu não sei como agir com a minha amiga quando estamos com a namorada dela, mesmo sabendo que eu sou hetera.

  54. carolyna souza disse:

    Minha amiga é lesbica , mas nao assumida, porem certo dia ela me mostrou um dos seios no meio da sala de aula com a desculpa de estar ferido , realmente estva ,mas sei
    era desculpas ,fiquei. sem graçis estavamos em publico e ela ficava me pedindo beijos apesar de euja ter deixado claro q a respeito mas sou hetera , e ela vive a me assediar , e nao quero perder a amizade , o que faço???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *