Projeto Filmes Lésbicos – 001

Depois de um bom tempo, sigo com meu projeto de assistir e comentar todos os filmes lésbicos relativamente conhecidos existentes nesse universo. Começamos com The World Unseen, Yes or No, Bitter Moon e When the Night is Falling.

Bitter Moon Dance

“Slave to (lesbian) love… nah nah nah nah…”

Filme: The World Unseen

the-world-unseen

Gênero: Straight-Meets-Lesbian; British; Você-Já-Viu-Isso-Antes; Lésbica-Destruindo-Casal-Hetero;

Sinopse by Jac: Em uma África do Sul com mais apartheids do que julga nosso vão conhecimento de história, uma dona de casa exemplar conhece uma lésbica rebelde que mudará sua vida e blablalba.

The World Unseen - Lisa Ray and Sheetal Sheth

“Sério, vocês não precisam ficar esperando que a Shamim Sarif crie um filme para vocês se agarrarem! Vocês podem se pegar fora das telas também!”

Opinião: Diferentemente de I Can’t Think Straight (filme irmão, com mesma diretora e atrizes), The World Unseen demora um século até chegar no romance entre as protagonista. Às vezes até parece que o foco são as discriminações raciais na África do Sul (inclusive não sei porque diabos o país ajudou a produção do filme, já que eu fiquei com uma péssima imagem da AdS). Quando finalmente chega no romance, é tudo muito devagar, com poucas cenas de pegação. Mas temos lados positivos: 1- independente de fatores lésbicos, o filme é bom; 2- ele tem bons coadjuvantes e boas histórias paralelas; 3- Lisa Ray está tão, tão, tão bonita; 4- Lisa Ray fazendo cara de apaixonada (isso é sempre um ponto positivo).

The World Unseen - Lisa Ray

Aiiii, Lisa Ray! Deixa que eu te ensino a dirigir!

Final: Depois de muito blablabla, quando finalmente eu ia ver um pouco de pegação inédita da Lisa Ray com a Sheetal Sheth, o filme acaba! Sério, esperava mais de você, Shamim Sarif.

Nota do Filme: 7
Nota do Romance Lésbico: 7
Nota da Lezploitation: 4

///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\

Filme: Yes or No (Yak Rak Ko Rak Loei)

yes-or-no

Gênero: Oriental; Adolescente; Garotas-Descobrindo-O-Amor-Juntas; Você-Só-Assiste-Por-Ser-Lésbico;

Sinopse by Jac: Pie se muda de dormitório e vira nova colega de quarto de Kim, uma lésbica masculina. That’s where the magic happens.

Opinião: Aiii, que filme fofo!!! Bem do tipo que eu gosto: cheio de cenas das protagonistas interagindo e muito nhenhenhe. E eu não sabia que Tailandesas podiam ser tããããooo bonitas e fofinhas! A Pie é toda lindinha, enquanto que a Kim passaria perfeitamente como aqueles ídolos de JPOP com um monte gurias gritando por ela.

Yes Or No

Fazendo um esforço inicial para ver a Kim como mulher e não como homem.

Eu teria comprado o casal 100% se não fosse um detalhe: Jane. Às vezes eu fico meio revoltada com esse tipo de história: Jane desde o começo aceitava Kim do jeito que ela era enquanto a Pie a chamava de sapatão. No final, Jane levou um pé na bunda. Really, lésbicas? Qual o problema em ficar com quem nos ama ao invés de nos aventurar pelo mundo cruel das heteros em busca de uma perdida?

Yes Or No - Jane and Kim

Um dia quero ver uma lésbica dar o troco na hetero-que-a-tratava-mal e ficar com a lésbica-que-a-trata-bem no final do filme.

Final: Nah, nada inesperado…

Nota do Filme: 8
Nota do Romance Lésbico: 9
Nota da Lezploitation: 4 (não tem pegação alguma, porém é muito bom o filme se focar só nas protagonistas)

///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\

Filme: Lua de Fel (Bitter Moon)

bitter-moon

Gênero: Contem-cenas-lésbicas-mas-não-é-filme-lésbico; Até-Que-Não-É-Tão-Underground;

Sinopse by Jac: Um casal porra louca misterioso encontra um casal certinho em um cruzeiro e tudo começa a virar um grande “Quem Tem Medo de Virgínia Woolf?” sexual.

Opinião: Ah, por esse filme ninguém esperava, já que não é tão conhecido nem do mundo lésbico, nem do mundo cinéfilo. Mesmo sendo do Polanski (nada contra o cineasta, só contra a pessoa), eu não pude deixar de amaaaar o filme. É simplesmente incrível! Amei a história e amei a reviravolta lésbica no final – apesar de poder ter sido melhor.

Bitter Moon - Lua de Fel

A dança delas foi meio freak, mas olhando com o contexto da história… oh boy! Saltitei do sofá de alegria!

Final: Se eu pudesse fazer um final, faria Mimi fugindo com Fiona e ambas vivendo felizes para sempre. Mas como isso não é Imagine Me and You e a morte é sempre o final mais impactante, meus sonhos lésbicos para o casal foram por terra. De qualquer forma, gosto de acreditar que as duas tiveram um caso for real porque…

1-“Não há nada que você faça que eu não faça melhor”. Palavras da Fiona.

Bitter Moon - Lua de Fel - Mimi Fiona

“Entendeu, Hugh Grant?”

2- Oscar percebia que Mimi estava mudando de interesse e se envolvendo em outra história, mas imaginava que fosse com Nigel. Quando vê Fiona com sua esposa, ele se corrige. Por aí dá pra deduzir que a) Mimi estava encantada por Fiona; b) A “interação” das duas havia começado bem antes da cena da dança.

Nota do Filme: 9
Nota do Romance Lésbico: 7
Nota da Lezploitation: 8

ps. Não consigo lembrar das duas juntas sem Slave To Love começar a tocar na minha mente. Vale a pena conferir pelo menos o vídeo da dança!

///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\

Filme: When the Night is Falling – Quando a Noite Cai

when-night-is-falling

Gênero: Straight-Meets-Lesbian; Você-Já-Viu-Isso-Antes; Você-Só-Assiste-Por-Ser-Lésbico; Antigo; Lésbica-Destruindo-Casal-Hetero;

Sinopse by Jac: Professora católica e noiva de homem encontra lésbica sedutora e rebelde que mudará sua vida e blablabla.

Opinião: Um dos pouquíssimos filmes lésbicos com protagonista negra. Mas além de ela representar uma categoria com menos visibilidade (lésbicas negras), Petra é linda, sensual, fofa, decidida e blablabla. Apesar de todas as mil e uma qualidades, gostaria de atentar para o manual de conquista dela:

1- Encontre uma estranha na lavanderia chorando pela morte do cachorro;

2- Ignore o sofrimento dela e bole um plano de troca de roupas para vocês terem motivos para se reencontrarem;

When the Night is Falling - Petra

“Yeah, yeah… Cachorro morto. Mas vem cá, você estaria aberta à novas experiências sexuais, gata?”

3- Convide ela para tomar whisky no seu trailer de circo;

4- Se o assunto não evoluir muito rápido, seja direta com ela. Tão direta quanto dizer “eu adoraria te ver sob o luar, com sua cabeça para trás e seu corpo pegando fogo”;

5- Se por um acaso ela achar que foi too much falar sobre poses eróticas para um primeiro encontro, mande para ela em uma flecha com uma foto sua sob o luar, com a cabeça para trás e corpo pegando fogo fazendo sexo com sua ex;

Pergunta

“Que lésbica não ia querer ver uma foto da sua amada fazendo sexo com a ex?”

Pronto, isso foi o suficiente para ela correr para os seus braços! E você fica aí de nhenhenhe com sua amiga hetero há mais de um ano!

Mas, manuais de conquista a parte, uma das coisas que eu mais gostei no filme foram os anéis da Petra. Sério, nenhum outro filme na história do cinema lésbico se preocupou com esse elemento tão caro às sapas!

When the Night is Falling - Petra - Rings

Vamos fazer um acordo, Petra. Você me dá seus anéis e eu deixo você tirar o resto da roupa!

A cena da massagem foi épica também. O que é a Petra sentando em cima da Camille e tirando a roupa dela aos poucos? E o diálogo?

-This makes me nervous.
-Me too. I think it’s supposed to.

Mas fora Petra e pegação e massagem, a histórinha da Camille é meio fuén (blablabla Igreja blablabla noivo blablabla). E lembrando que Pascale Bussières fez outro filme lésbico (Le Repetition).

When the Night is Falling - Lesbian Massage

Bla bla bla, mas enfim… Já comentei sobre a cena da massagem?

Final: Nah, nenhuma novidade.

Nota do Filme: 7
Nota do Romance Lésbico: 8
Nota da Lezploitation: 7

///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\

Download: The World Unseen, Yes or No, Bitter Moon e When the Night is Falling.
Próximos filmes: And Then Came Lola, In Her Line of Fire, Thelma & Louise e talvez mais algum a ser decidido.

Compartilhe com a irmandade!Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
Esta entrada foi publicada em Mídia e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

30 respostas para Projeto Filmes Lésbicos – 001

  1. Lei de gaga disse:

    HAHAHA! Best reviews ever!
    Uma compilação dos melhores ‘Manuais de conquista’ de filmes lésbicos seria de grande utilidade, em teoria. Mas ‘Quando a noite cai’ conseguiu provar que eu não sei absolutamente nada de sensual seduction.
    Também gosto de ‘Lua de Fel’. E Kristin Scott Thomas… what a woman!
    Estou ansiosa por ‘Passion’, do Brian De Palma com Noomi Rapace e Rachel McAdams.

    • Jac disse:

      Nem sabia que ia sair esse filme! (saiu? vai sair?)

      Anyway, decidi ver o que deu origem a ele (Love Crime)! Edit: Love Crime não é lésbico…

  2. Isadora disse:

    “Que lésbica não ia querer ver uma foto da sua amada fazendo sexo com a ex?” Eu não entendi a ironia porque sou hétero… rss

  3. Lisa disse:

    Destes filmes comentados assisti “The World Unseen”, que particularmente gostei, pois diria que não foi centrado apenas à discriminação racial, abordou o feminismo também, para a época vinculando o fato da personagem interpretada pela Sheetal Sheth ser lésbica. No início do movimento feminista toda mulher feminista era logo taxada de lésbica! Quando a suavidade da relação delas deve-se a época e provavelmente por estarem inseridas historicamente na luta contra o racismo, feminismo e sua orientação sexual!
    Também assisti “Quando a noite cai”, concordo com que mencionou, acrescento apenas quanto à Petra e aqueles lábios carnudos! rsrs

  4. Jen disse:

    Já que o assunto são Filmes Lésbicos.
    Alguém sabe se Girltrash: All Night Long, já foi lançado, ou já tá disponível ??

  5. Ane disse:

    Por que só romance, Jac? Que tal um terror “lésbico”?
    Acho que o filme francês Haute Tension se enquadra na categoria.
    =P

    • Jac disse:

      90% dos filmes lésbicos SÃO romances! E eu vou falar de uns 200 filmes, então preciso distribuir os 20 filmes espaçadamente, ué.

      • daiane disse:

        um filme que nao eh terror terror mais quebra o galho um poquinho eh garota infernal

      • Nath disse:

        O filme DEBS, é ação, comédia e lésbico, é descontraído alem das atrizes lindas, se está procurando um filme diferente, fora de romances clichês é uma boa opção.

  6. Ju disse:

    O único filme lésbico que eu assisti foi “Imagine Me and You”, mas já tinha ouvido falar de “Lua de Fel” porque adoro Polanski. De qualquer forma, não sou muito chegada a romances (seja lésbico ou hetero) e, por isso, apoio a ideia da Ane :b

    Ps: “Que lésbica não ia querer ver uma foto da sua amada fazendo sexo com a ex?” Isso é sério? 😮

  7. SexyPie disse:

    Jac, faz um post de ” como arrumar uma namorada” plmdd …”em 10 passos” ou menos…rsrs
    eu sou nova nesse universo lesbico e estou completamente perdida
    hahahah
    …………………………………………
    post 10! assistirei lua de fel com certeza

  8. Dany disse:

    Dos filmes citados ainda não assisti Lua de Fel, mas agora to afim de conferir. Yes or No, tem o segundo filme (acho que saiu este ano), será que a Kim vai dar o troco na hetero-que-a-tratava-mal? Bom eu assisti online e gostei (embora alguns trechos não entendi nada porque a legenda e qualidade do vídeo cam não era boa). Pra quem curtiu o primeiro vale assistir esse também, mas como já sabemos filmes online e legendados são difíceis de encontrar. Só comentando pra quem não acompanha o blog, a Jac está resumindo os filmes conforme ela vem assistindo, e também tem o blog ao qual ela posta os mesmos. Curti bastante o blog pois muitos dos filmes presentes no http://cinelesbica.wordpress.com/ eu nem conhecia e nem sei se um dia poderei assistir, pois é tri difícil achar links on bara baixar, comprar então nem se fala já que os mais tri legais são antigos. Tu ta de parabéns guria pelas iniciativas presentes no blog e pelo conteúdo ser super divertido. Bah! Era isso, um quebra costelas.

  9. Daniela Alf disse:

    Adoro seu site, que antes era blog…é uma pena que está namorando há taaaaaanto tempo… Vc é linda!

    • Gabriela disse:

      Não que eu seja super ciumenta, mas se eu não sentisse mais nada lendo as cantadas, sinal de que alguma coisa não estaria certa.

      Então… agradecemos a preferência! Contudo, não acho uma pena que tenha um relacionamento estável… Trata-se da futura mãe dos meus filhos, se tudo der certo ;]

  10. Ana disse:

    Até sou lésbica, mas em Quando a Noite Cai, boa mesmo é a cena de sexo da professora com o namorado/noivo dela. Voltei umas 5 vezes.

  11. ioioio disse:

    saving face. deserves to be here.

  12. carolina disse:

    na minha humilde opinião when night is falling tem umas das melhores cenas de sexo entre todos os filmes lésbicos (e olha que não assisti poucos), a do tribadismo e tal rs por isso daria 10 no lezploitation

  13. Eu AMEI seu blog… não vejo a hora do próximo post!!

  14. Isadora disse:

    Assisti a “Flor da Neve e o Leque Secreto” (“Snow Flower and the Secret Fan”), sobre duas chinesas do passado (século XIX) que juraram lealdade de 10.000 anos (o voto das laotong, ou irmãs de almas) e duas chinesas do presente. É um filme lindo, na minha opinião. Muito sutil, lezploitation zero, muito bonito pra pensar na lealdade entre mulheres e no quanto uma mulher pode se sacrificar pela outra, enquanto essa outra muitas vezes parece que está fugindo por um homem quando, na verdade, não é bem isso. Quem nunca, né? Ai, um filme muito bonito, com conteúdo histórico, muito bom para sairmos um pouco desse lesbianismo século XXI e cosmopolita. Se puderem ver, recomendo. Fora que quem não gosta de orientais, né (eu diria a mesma coisa de negras, brancas, enfim, quem não gosta de mulher)?

  15. Joh disse:

    Só não sei o porque de tanto drama da Pie, em ‘Yes or No’, com ela dizendo que estava com medo das provocações dos amigos, se os amigos dela eram uma menina lésbica que ficava dando em cima da -linda- Kim e um menino gay… E também uma menina nerd de sexualidade não definida no filme, mas isso não vem ao caso u_u
    Hey, Jac, sua ryca, põe o Google Adsense aqui, por mais que se ganhe um porcaria com essas coisas de contar os cliques nas propagandas, ao menos fica mais fácil de pagar o domínio do site depois

    • Jac disse:

      Good point sobre Yes or No!

      Mas sobre o adsense, eu já tinha ele e minha conta foi suspensa pelo conteúdo PORNOGRAFICO (imagens explícitas e afins) do blog. Porque você sabe, né? Só putaria aqui, só vídeo pornô, foto de mulher pelada! ¬¬

      A conta pode voltar a atividade se eu retirar esse conteúdo PORNOGRAFICO, mas o problema é .descobrir o que é pornografico no Flexões… desconfio que qualquer coisa associada a lésbicas eles já considerem conteúdo impróprio, porque né, a única razão de lésbicas existirem é para classificar um tip de porno de homem hetero.

      Enfim, sigo pagando por volta dos R$30,00 mensais simplesmente pra manter o site no ar (y), sem publicidade mesmo (e ouvindo que o prêmio do Miss Lésbica é muito pobrinho).

  16. daiane disse:

    jac poderia me ajudar com um conselho,minha namorada tem vontade de sair de casapara morarmos juntas mas ela nao é assumida e a mae dela ja disse que ela so sai de casa casada (com um homem) pq se falamos no mundo L com ela a mae dela ja começa a falar curuiz credo e num sei mais o que rs…e minha namo ja disse que nao vai passar por cima da mae dela…
    eu amo demais minha namo mas queria sair de maos dadas com ela sem ter medo subir em um banco e gritar ao mundo que a amo sem que isso cause consequencias,viver no mesmo teto que ela.. 🙁 alguem ai pode me ajudar…

    • Lígia disse:

      “pra que tanta pressa de chegar, se eu sei o jeito e o lugar”
      Tempo ao tempo, no fundo você sabe o que tem que fazer e sabe que não pode fazer agora. Se não consegue esperar por ela só pode partir pra próxima, e se não consegue partir pra próxima só pode esperar por ela…

      • daiane disse:

        valew ligia 🙂 como vc disse dar tempo ao tempo por mais que seje dificil (e coomo eh) um dia eu ainda me formo e fujo com ela kkk

  17. daiane disse:

    o problema eh a facul de arquitetura acabar logo 🙁

  18. Patrícia disse:

    Jac você observou um ponto que é bastante relevante a imensa invisibilidade das lésbicas negras. Sou negra e sempre notei claro , levando em conta a minha experiência pessoal que o mundo lésbico é um tanto massacrante com as mulheres negras. Pensei durante anos que minha percepção poderia estar equivocada porém , quando conheci uma das minha amigas ( também negra e lesbica) comprovei que esse pensamento que ao longo dos anos foi sendo formado não era apenas exclusividade minha. Queria a opinião de outras participantes do blog não importa a cor que tenham , somente quero saber se há outras pessoas que tiveram experiências que corroborem que existe sim uma invisibilidade das lesbicas negras ou orientais, enfim.

  19. Jô Melissa disse:

    Patrícia, eu concordo com você! Apesar de não ser negra, eu adoro mulheres negras, e por isso vivo buscando filmes e sites com negras lésbicas, porque gosto muito de admirar a beleza negra. Mas na verdade, acho difícil encontrar espaços na web. A Petra, em quando a noite cai, é linda demais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *