Gaydar: Elsa (Frozen)

Damares tem razão? Será que a Elsa do filme Frozen é realmente lésbica? O ship com a Bela Adormecida é real ou fanfic? Chegou a hora de ligarmos nosso gaydar e bater o martelo sobre o assunto.

Frozen - Elsa Lesbian

Finalmente esse governo nos trouxe uma boa notícia. Damares Alves, chefe do Ministério da Mulher Evangélica, da Família Hetero e dos Direitos Para Alguns Humanos, afirma categoricamente que a Disney está produzindo Frozen Is The Warmest Color.

Mas como nada nesse governo tem credibilidade alguma, precisamos analisar a personagem antes de acreditar que Disney terá sua primeira princesa lésbica (bem, tecnicamenta ela não faz parte da franquia de princesas da Disney, mas enfim…).

Então, Elsa é realmente lésbica?

História

A história de Frozen começa com Elsa já demonstrando seus poderes de congelamento que são de nascimento, isso é, não foram uma maldição de alguma bruxa.

Tradução: Elsa nasceu com algo esse ímpeto de gostar de mulheres e isso não foi influência de alguma outra lésbica malvada mais velha.

Maleficent
Se fosse o caso, claro que seria ESSA a bruxa influenciadora.

Inicialmente, quando muito pequena, ela mantem seu poder sob controle e ele não afeta a vida dela. Mas, com o tempo, os poderes vão crescendo e ficando incontroláveis.

Tradução: Elsa entrou na adolescência e começou a olhar diferente para as caleguinhas do colégio.

Frozen - Elsa
“Você só está confusa. É uma fase.”

Os pais buscam orientação de trolls mágicos e decidem lidar com os poderes de Elsa ensinando ela a se isolar de todo mundo, incluindo sua irmã menor, e não revelar para ninguém o que ela tem dentro de si. Ela tem que encobrir, não sentir e não mostrar.

Tradução: Os pais procuraram psicólogos fajutos que recomendaram a Cura Gay. Para sorte de Elsa, a recomendação não era eletrochoque, mas somente repressão social e emocional. Inclusive isolaram Elsa de sua irmã menor para evitar que ela influenciasse Anna a “virar” lésbica. Como aquela sua ex que não gostava de discutir a relação, cara leitora, Elsa aprende a encobrir, não sentir e não mostrar.

Frozen - Elsa
Uma lésbica que não pode lesbianar é como uma flor que não pode florir.

Obviamente Elsa cresce uma pessoa triste e solitária achando que é errado ela ter poderes de congelamento e que ela pode prejudicar sua família por ela ser como ela é.

Tradução: Elsa virou uma adolescente sofrida se descobrindo e permanecendo no armário. Sente muita culpa por ser lésbica e, assim, ela se distancia da sua família por achar que está errada e que causará sofrimento a todos.

Frozen - Elsa
Se isso não é uma representação de um quarto de uma adolescente lésbica não assumida, eu não sei o que é.

Depois de uma discussão com Anna sobre não dar a benção ao casamento dela com um homem que ela recém conheceu, o poder de Elsa é revelado diante de todo o vilarejo. Um velho babaca começa a gritar que ela é um monstro e ela foge da cidade com medo.

Tradução: Acham que a Elsa é heterofóbica porque não aprova o casamento da sua irmã e descobrem que ela é lésbica. Então ela diz adeus a sua família, como muitos LGBTs são obrigados a fazer.

Frozen - Elsa
“Chega dessa cidade. Não tem uma lésbica decente no Tinder.”

Elsa foge do seu vilarejo e constrói um castelo de gelo glamoroso onde ela finalmente se sente livre pra usar seus poderes. Em uma música linda ela fala que nunca mais será a garota perfeita, que o passado é passado e que o frio nunca a incomodou realmente.

Tradução: Elsa faz 18 anos, sai da casa dos pais, vai estudar em uma universidade federal onde conhece outros LGBTs e passa a se sentir muito bem em sua nova família. Claro que morando sozinha, ela finalmente pode receber suas crushes em casa e sua qualidade de vida aumenta absurdamente. Afinal, ela ficar com uma garota nunca foi uma ideia que a incomodou realmente.

Frozen - Elsa
Quando a família visita de surpresa e você tem que esconder seus cds da Ana Carolina.

Anna reaparece e quer se aproximar de Elsa que fica relutante achando que seu estilo de vida não é mais compatível com ter uma família. No final, ela descobre que sim, é possível estar em paz com seus poderes, manter suas relações familiares e até contribuir para a cidade com uma pista de patinação.

Tradução: Quantas vezes LGBTs não criam também uma resistência que os fazem se afastar da família? Nem sempre a família é aquela que vai te expulsar de casa e dizer coisas horríveis. Anna, na verdade, é aquela irmã amorzinho que te aceita como você é.

E temos um plus feminista aí também. Anna é a mulher hetero da história que se envolve com boy lixo e Elsa a ajuda a ver isso. E no final, temos uma sociedade diversa em que cada membro pode contribuir de forma diferente para o bem estar geral.

Frozen - Elsa Lesbian
Então, se você quer ter uma pista de patinação no gelo na sua cidade, aceite e acolha as lésbicas!

Eu acho que está bem claro, mas não acaba por aqui!

Visual

Bem, convenhamos que Elsa tem uma beleza bem padrãozinho, né? Loira, olhos azuis, cabelo comprido e vestido. Mas o que isso representa? Quem aqui na vida nunca usou uma roupa mais feminina para disfarçar a caminhoneira interior que temos em nossos corações?

Elsa tentou a passabilidade hetero, mas a sapatonice aflora pelas brechas do nosso ser. Como nossa própria Ministra diz:

Damares
“Meninos vestem azul, meninas vestem rosa!”
Frozen - Elsa
“Adeus, rosa!”

Uma menina se vestindo como menino? Claramente lésbica.

Além disso, quando ela foi para o seu castelo de gelo, ela claramente passou a assistir muito mais RuPaul’s Drag Race e isso influenciou ela a ficar tão feminina, mas tão feminina, que só um homem conseguiria igualar.

Frozen - Elsa
Sissy that walk!

Mas agora com a maturidade de uma lésbica pós-adolescência, Elsa está mudando o visual. Afinal, imaginem se fossemos amaldiçoadas a permanecer para sempre com o estilo da nossa adolescência?

Emo Girl
(Colocando a foto dessa guria, mas quem me dera ter sido tão bonita assim na adolescência.)

A Disney liberou uma prévia de Frozen II em que vemos Elsa de calça esportiva (!) e com um blazer (!!). Além disso, ela ainda aparece atlética (!!!) e super angry dyke bad ass (!!!!).

HELL YES!!!

Poder

O poder da Elsa se manisfesta pelas mãos. Quer simbologia melhor para a lesbianidade?

Além disso, a história de Frozen é sobre ela achar que tinha algo indesejável em suas mãos, enquanto na verdade ela tinha um verdadeiro poder!

Frozen - Elsa
Não precisa nem de Halls preto…

Dubladora

“Nossa, mas o que a dubladora tem a ver com a Elsa ser ou não lésbica?”

Indício inegável de sapatonice é que a dubladora de Elsa é a Idina Menzel. Não conhece? Atriz-cantora da Broadway, Idina já participou de Glee, uma das séries mais viadas do mundo, e ainda fez essa personagem aqui:

Rent - Idina Menzel

Se não conhece é porque não está acompanhando meu projeto de filmes lésbicos. Clique aqui para ler. Compartilhe, comente e se inscreva no nosso canal. Beijos!

E qual a opinião de Idina sobre se Elsa deveria ou não viver sua sua plenitude lésbica?

Frozen - Idina Menzel

Gente bem resolvida e feliz com a vida não se incomoda com a vida dos outros, não é, mon amour? Aqui o link da matéria.

RESULTADO

Gaydar - Elsa

Claro que é, né, gente.

Mas Damares não está satisfeita. Ela quer saber também sobre o ship com a Bela Adormecida. A gente responde!

Gaydar - Elsa e Aurora

Bem, eu normalmente me considero uma pessoa bem informada sobre o mundo lésbico. Tenho um blog sobre o assunto há quase 10 anos. Respeitável, né? Mas não descobri EM QUE CANTO ESCURO DA INTERNET DAMARES ESTÁ LENDO ESSA FANFIC.

Tentei pesquisar nas minhas fontes, dei uma olhada se tinha essa história em Once Upon a Time e não encontrei nada. Mas bem, cada lésbica com seu ship… mas já aviso que esse é um ship bem ruinzinho, hein?

Aurora, a Bela Adormecida, é meio sonsa, hetero e casada com homezzzzz – o que torna ela pouquíssimo interessante. E ainda já tem a sapatão velha lá Malévola/Angelina Jolie que tá correndo atrás agora que se separou do Brad Pitt. Olha o drama, amiga! Elsa merece muito mais que ficar na geledeira de hetero. Xô, encosto!

Sleeping Beauty - Aurora
Fora que ela é a definição real oficial de uma pillow princess!

No filme Frozen II que estréia em Novembro com a Elsa super empoderada, vemos uma personagem nova meio tomboy que não parece ser a Anna. Algumas línguas maldosas (não a minha, claro) dizem que vai ser a namorada da Elsa. Esperamos que sim porque a gente gosta mesmo é do canônico. Lesbianidade reconhecida no cartório com firma e tudo.

Frozen II

Mas se Damares tem direito ao ship dela, eu também tenho direito ao meu. Inclusive o meu faz muito mais sentido e com uma personagem mais bonita, mais inteligente, com mais atitude e ainda sem nenhum rolo com macho.

Dêem uma olhada nessa maravilha aqui:

Elsa e Moana
Reparem na troca de olhares!

Se Elsa canta sobre se aceitar, Moana canta sobre descobrir quem ela é. Uma é tropical, da praia e do mar. A outra é do frio, das montanhas e do gelo. Imagine um filme com as duas se conhecendo e se apaixonando?

Então, Damares, não sei que tipo de interesse você tem em mulheres dormindo, mas aprenda a fazer ship com quem sabe. Stop trying to make Elora happen. It’s not going to happen.

Frozen - Elsa 07 Let It Go

Deixe um comentário se você concorda que Elsa é uma lésbica se decobrindo (mas claro que você concorda) e qual é o ship para ela (porque você com certeza tem um). =)


FacebookGrupo do Flexões no FaceTwitterInstagram


Lista de Posts do Blog

Obrigada por compartilhar e comentar! É o que me incentiva a continuar postando =)
error

17 respostas para “Gaydar: Elsa (Frozen)”

  1. Ai que saudade que eu tava de post <3
    Nessa bagunça desanimadora que estamos vivendo, seu bom humor é um presente!

  2. Dos últimos filmes que assisti, só Capitã Marvel tem mais lesbianidade. Espero que um dia nossa querida ministra/fiscal perceba que dar spoilers é inaceitável, principalmente com um ship errado desses. E obrigada por postar, estava com saudade de ler um comentário inteligente e bem humorado sobre a política brasileira.

    1. Spoiler? hahahaha Vai ver é por isso que o Bolsonaro viaja tanto para os EUA – para espionar os planos da Disney e contar tudo pra Damares depois.

  3. Eu entendo a Damares. Às vezes, vc não tem muito conteúdo sapatônico de boa qualidade pra consumir e acaba se perdendo nas fanfics por aí. Tem uma hora que a gente só mistura tudo e nem sabe mais o que leu.
    Ahhh. Antes que eu esqueça: acho sim que a Damares é sapatão. Não é pq ela usa o anel de coco. Mas a implicância me lembra várias garotas homofóbicas que conheci, que apenas eram pessoas enrustidas com sérios problemas de auto aceitação. Acrescento ainda aquela tentativa desesperada de mostrar heterossexualidade no episódio com o deputado Túlio Gadelha.
    Enfim, carluxei…

    1. Olha, se for lésbica mesmo, meus pêsames. Que vida mais triste ser lésbica enrustida homofóbica. Mas acho que muito provavelmente ela seja só uma fundamentalista louca homofóbica mesmo.

  4. Jac, tudo bem?

    Só você mesma pra trazer leveza nessa situação maluca das inventividades da Damares. Me diverti com texto e agradeço as boas risadas. Curti também o ship Elsa e Moana, pela sua descrição elas combinam mais que aqui na minha imaginação curtia Elsa e Mulan, meu outro ship.

    Agora uma curiosidade, vi no final do layout do blog um sticker da personagem da Sandra Oh citando killing eve e a segunda temporada da série. Você viu a série? Vem post novo sobre depois que esta temporada acabar? Posso aguardar essa alegria? 🍀

    Não queria passar o vexame de shipar a Villanelle sozinha. Essa série mexeu com a minha sanidade por me encantar tanto por uma psicopata. Ela vai encerrar a temporada neste final de semana e já me vejo na bad.

    Um cheiro

    1. Oi!

      Eu já vi a primeira temporada e antes que eu fizesse um post toda revoltada saiu a segunda. Então vou correr atrás agora de ver a segunda e postar minhas impressões =)

      Mas pelo que eu to vendo Killing Eve é a série ‘lésbica’ do momento – não é só você no ship heheh

      Bjs!

  5. Análise excelente!

    Eu sempre achei que Elsa fosse do vale mesmo =p A única coisa que ficou faltando ali foi um anel de coco, mas acho que não quiseram deixar tão na cara assim kkkkkkkk Gostei do ship com Moana 😉

    Obs. : Dizem que a menininha de divertidamente é bi, porque os bonequinhos da cabeça dela são 1/2 a 1/2. Tipo os do pai são todos homens e da mãe só mulheres. Não sei o que isso acrescenta, mas queria trazer essa curiosidade kkkkk

    1. Bi? Mas por essa regra ela teria que ser genderfluid, não? hahahaha Mas realmente nunca parei pra dar um significado a essa diferença as emoções dela e a dos pais.

  6. Vale a pena estar aqui após acompanhar esse recanto lésbico maravilhoso por 10 anos! <3

    Gente, esse post é um serviço de utilidade pública! Deveria ser impresso (em papel reciclado pro tapa na cara da sociedade ser ainda mais impactante) e ser distribuído em praças públicas, escolas, hospitais (????), presídios… Você quer, Gideões? AUSHAUHSAUHS'

    Mas gente, a Damares parece uma fanfiqueira daquelas que ama a sapatagem mas não tem noção nenhuma de coerência, escrita ou noção no geral mesmo, aí escreve uma fanfic que na cabeça dela faz todo o sentido, mas aí você, cara sapatão, vai ler o troço pra tentar saciar sua fome por histórias com lesbianidade e sai dali com os olhos sangrando por ter sido acertada por uma das várias pontas soltas que ela deixa no roteiro, sem falar no enredo todo cagado, mas no final a gente entende porque foi feito com amor e com o tempo ela vai melhorar. (Posso ter falado um pouco de mim nesse exemplo? Talvez…)

    Jac, que saudades… Não deixe o flexões morreeeer, não deixe o flexões acabar, o vale precisa do flexões, porque no Brasil é rir pra não choraaaar! Tô inspirade!

    Enfim… Vai ter lerigou sapatão sim, durmam com essa, haters! Eu confesso que shippava a Elsa com a Merida, mas mudei de ideia porque a Merida é muito menininha birrenta e a Elsa é um mulherão da porra, precisa de alguém tão madura quanto ela, então aí está MOANA DE MOTONUI! *-* Esse ship é tão perfeito!

    Enfim… Meu textão tá quase dando um post então vou indo, beijos!

    1. Ah, só sapatões conhecem plenamente as dores e os sabores das fanfics ahahhahaha (Mas confesso que não gosto quando é assim com personagens existentes, acabo só lendo “inéditas”).

      Essa musiquinha me inspirou para fazer uma para o próximo post ahahhah Não vou deixar o Flexões morrer, às vezes ele fica moribundo é verdade, mas morto jamais.

      Bjs!

  7. Excelente post! Aliás, o blog como um todo é sensacional. Obrigada por compartilhar coisas tão úteis para a minha vida lésbica cheia de dramas e de htmls.
    Ps: quero uma namorada! Sou de BH. Alguma menina de BH por aí?

  8. hahahaha tô lendo ainda, mas eu sou a Elsa… Cara, adoro seus comentários! É esse o senso de humor, com essa pitada de observações interessantes hahahah

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *