A Lésbica do Guindaste

Não, isso não é um meme do twitter. Em época de plena quarentena pelo coronavírus, uma lésbica alugou de verdade um guindaste em Brasília para pedir que a ex-namorada volte com ela. Por sorte, nossa colega decidiu fazer isso no melhor estilo “carro de som” e o povo não perdeu a chance de filmar.

E eu, como boa fofoqueira e amante da intensidade lésbica que sou, decidi organizar e compartilhar esse momento icônico da história lésbica brasileira com vocês.

Lésbica do Guindaste - 01

O Vídeo

Aproveitei essa thread do twitter aqui e reuni os principais vídeos desse barraco no instagram do Flexões, com destaques e comentários:

Um Resumo

Juntando informações da thread com os vídeos e fofocas de amigas de amigas, o que aconteceu foi o seguinte:

O Início

Paula, a lésbica do guindaste, e Elaine se conheceram em alguma rede social e mantinham uma relação a distância por Skype. Paula, moradora de Curitiba e aparentemente evangélica, então pediu ao Espírito Santo para aprovar o financiamento do carro para poder ir para Brasília viver com Elaine – e o Espírito Santo atendeu!

O Casamento

Segundo informações de testemunhas, Paula trabalhava em home office enquanto Elaine trabalhava fora de casa. Então, ela fazia todas as tarefas domésticas e Elaine supostamente não contribuía muito. Para piorar, Paula queria sair para jantar, ir no cinema, no parque e Elaine só queria ficar em casa.

O Fim

Alguma briga muito feia aconteceu, provavelmente envolvendo limpeza, já que Paula diversas vezes diz que Elaine é preguiçosa e relaxada. E que não tem zelo, nem capricho.

Mulher Envergonhada
Suponho que não seja a forma mais eficiente de pedir uma ex de volta…

Suponho também que envolva algo como Elaine querendo ter filhos e Paula querendo pagar os boletos do porcelanato do banheiro primeiro.

De qualquer forma, uma briga feia aconteceu e Elaine saiu de casa e foi para a casa do Marcelo, seu irmão, onde aconteceu toda a cena maravilhosa do guindaste.

O Fim da Cena do Guindaste

Parece que, além do guindaste e do carro de som, Paula também contratou fogos de artifício. Isso fez com que um grupo de mães ligasse para a polícia, já que o barulho acordara os bebês delas.

Depois de todo o show, Paula desceu e contou até 20 para Elaine ir receber um buquê de flores. No meio da zona, alguma briga de cachorro também aconteceu.

Ainda não sabemos se o casal voltou!

Inclusive, se você tiver alguma informação sobre o caso, compartilha com a gente!

Melhores Frases

“Eu sou sáfica, eu sou lésbica! Eu assumi para minha família, assumi para o mundo!”

“Eu queria planejar o banheiro para você não escorregar no porcelanato!”

“Quem que paga uma porta de box mais de 12 mil reais? Ninguém, mas isso eu estava fazendo por você.”

“Brasília, me perdoe por eu ser essa pessoa!”

“A Paula? A Paula troca a toalha de banho de 2 em 2 dias. Ela troca o lençol de 2 em 2 dias.”

Recepção

Não precisa ser um psicólogo para reconhecer que Paula é uma pessoa assim meio… descompensada. Como sinal de sanidade mental da comunidade, a maioria das lésbicas com quem eu falei reconhece que a cena não é uma “prova de amor”.

Algumas lésbicas também acharam absurda a “exposição da intimidade” da Elaine. Bem, certamente Paula diz algumas coisas não muito gentis sobre a ex, mas sério mesmo que alguém confiaria que isso é verdade?

Minha Opinião Pessoal

Sinceramente, se eu estivesse no lugar da Elaine ia apenas dar risada da loucurada toda… e dizer “adeus”. Não iria nem voltar com Paula, nem transformar isso num grande trauma de vida.

Já Paula… Nossa, colega, que vergonha! Se valoriza! Imagina uma futura pretendente vendo você tão apegada com a ex?

Gosto também de criar minha teoria da conspiração em que a cena toda foi uma “vingança” da Paula. Imagine se ela só aparecesse num guindaste para ofender a Elaine? Seria presa em um minuto. Mas sendo um pedido de desculpas com algumas ofensas ali meio diluídas, ela consegue se eximir de alguma responsabilidade jurídica.

De qualquer forma, para a comunidade lésbica, esse é um vídeo que merece ser apreciado de forma leve, para dar risada da situação. E, claro, fica como um raro registro da intensidade lésbica.

Guindaste
E eu que achava que o caminhão era o nosso grande símbolo.

Gostou? Comente e segue a gente! (Tô bem ativa no Insta👀)

🏳️‍🌈 🔝 TODOS OS POSTS DO BLOG 🔝 🏳️‍🌈

🏳️‍🌈 🎞 FILMES LÉSBICOS 🎞 🏳️‍🌈


8 respostas para “A Lésbica do Guindaste”

  1. Quando a gente pensa que já viu de tudo, a sapatonice tem algo novo para nos mostrar! Kkkkkk amei a Paula aí e, sinceramente, se eu tivesse no lugar da Elaine, eu catava um vinho e ia beber com a doida varrida dentro do guindaste ao som de Ana Carolina

    1. Infelizmente meu signo, aquário, me proibiria de fazer algo assim, mas certamente a cena ficaria ainda mais interessante ahahahha

  2. Eu estava em algum mundo paralelo que não vi isso. Se fosse comigo, eu daria um jeito de sair do lugar. Deixaria ela falando sozinha… Aliás, se fosse comigo só poderia ser vingança porque eu deixo bem claro que não curto essas coisas. Nesse nível então, jamais.

  3. Gente que babado. Eu não consigo imaginar minha reação se fosse comigo. Sou mega discreta. Se existe um problema, é resolver entre nós duas, não entre plateias. Mas sinceramente iria pedir ajuda para alguém chamar ou encaminha-la para o hospital psiquiatra. Precisa de tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *